Coluna do Mac Donald: Cartão único nos ônibus de Curitiba

Para evitar que o passageiro pague em dinheiro e o cobrador guarde altas somas; eis o motivo de implantar o cartão único no transporte público de Curitiba; a revelação é do colunista Ricardo Mac Donald, secretário Municipal de Governo, nesta sexta, que aponta os elevados índices de assaltos em estações e ônibus para adotar a medida; capitão do time do prefeito Gustavo Fruet relata ainda uma série de homenagens que a capital paranaense receberá em Paris, na França, em eventos relacionados à  mobilidade urbana e o transporte; Mac Donald recorre aos antigos generais romanos para pedir à  equipe que não se deslumbre; toda a glória é passageira!, cita; leia o texto e compartilhe.

Para evitar que o passageiro pague em dinheiro e o cobrador guarde altas somas; eis o motivo de implantar o cartão único no transporte público de Curitiba; a revelação é do colunista Ricardo Mac Donald, secretário Municipal de Governo, nesta sexta, que aponta os elevados índices de assaltos em estações e ônibus para adotar a medida; capitão do time do prefeito Gustavo Fruet relata ainda uma série de homenagens que a capital paranaense receberá em Paris, na França, em eventos relacionados à  mobilidade urbana e o transporte; Mac Donald recorre aos antigos generais romanos para pedir à  equipe que não se deslumbre; toda a glória é passageira!, cita; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Mac Donald*

Curitiba está sendo homenageada, no próximo mês de junho, em dois acontecimentos importantes, ambos na França.

O Instituto Europeu de Estratégia Criativa e de Inovação outorga, em Paris, no próximo dia 17, o Prêmio Hermà¨s de Inovação 2014!, na categoria Melhoria da Vida na Cidade.

No dia seguinte, haverá um painel Vie Dans la Cité, services publics! sobre Curitiba uma cidade inovadora, com cerca de 1000 profissionais de inovação e 40 empresas mais inovadoras do mundo.

O outro é o principal encontro mundial da mobilidade Transports Publics 2014!, com mais de 10.000 participantes, 250 expositores internacionais de 55 países, com a presença de mais de 200 jornalistas.

Curitiba é a primeira cidade, fora da Europa, que é convidada de honra. O Presidente da URBS, Roberto Gregório, é o conferencista convidado, com despesas pagas, para falar da Rede Integrada de Transporte de Curitiba e o futuro metrô.

Na Roma antiga, os generais e imperadores que venciam grandes batalhas e conquistavam territórios eram reverenciados pelo Senado Romano com um Triunfo. No dia da aclamação, o general desfilava em sua biga pelas ruas de Roma tendo atrás um escravo que lhe sussurrava, de tempos em tempos: toda a glória é passageira!.

Nos tempos modernos a realidade da violência, que já me referi em outros artigos, faz o alerta para que recebamos as homenagens, mas dupliquemos o trabalho.

Em 2013, ocorreram 3087 assaltos em estações e ônibus. Neste ano, até 31 de março, mais 582. A URBS faz um mapeamento das ocorrências e o repassa à  Polícia Militar.

Além da presença maior da Polícia, desde junho do ano passado, defendemos um novo sistema de financiamento do transporte público que, entre outros benefícios, traria o uso do cartão único, evitando que o passageiro tivesse que pagar em dinheiro e o cobrador guardar essas somas.

Depende a proposta de alteração da legislação federal do vale-transporte. E estamos num grande trabalho de convencimento de todas as autoridades e interessados no assunto.

*Ricardo Mac Donald Ghisi é advogado, secretário Municipal de Governo de Curitiba. Escreve à s sextas no Blog do Esmael.

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Eu sei porque querem afastar o cobrador do dinheiro:

    Justiça do Trabalho multa Setransp,Sindimoc e Urbs em R$ 1 milhão

    A Justiça do Trabalho aplicou multa de R$ 1 milhão ao Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), o Sindicato dos Motoristas e Cobradores (Sindimoc) e a Urbanização de Curitiba S/A (Urbs) por descontos realizados no salário de motoristas e cobradores
    assaltados durante o expediente de trabalho. Os valores descontados eram usados para pagar os prejuízos causados pelos ladrões.

    fonte:
    http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/797756/?noticia=JUSTICA+DO+TRABALHO+MULTA+SETRANSP+SINDIMOC+E+URBS+EM+R+1+MILHAO

  2. Ele deveria pegar um cartão único de passagem só de ida para China e nunca mais botar a cara aqui

  3. Sempre censurando comentários, especialmente quando é contra esse lixo instalado na Prefeitura, que fecha posto de saude em dias de jogos, que pinta faixas nas ruas no horario de pico, pra população ACHAR que a Prefeitura Trabalha. E esse escroto colunista, Primeiro Ministro do Fruet, Que se esconde quando a coisa esquenta, que não consegue Certidões do TCE.
    Porque será que esse Blog o protege tanto???? Seria Comissionado da Prefeitura??????

  4. poderiam usar os trilhos da ferrovia e colocar vagoes de passageiros vai melhorar o transito em curitiba essas linhas ja existem eram utilizadas ate os anos 60 trasporte barato e util.

  5. O melhor capitão da melhor equipe do melhor prefeito do mundo, sabe que foi apenas um General romano que fez isto… e pouco depois foi morto pelo próprios companheiros…

    Cuidado, patrão…

  6. Até mesmo notórios puxa-sacos de Fruet não aguentam mais a incompetência desse prefeito e seus auxiliares trapalhões. Veja essa coluna da Gazeta do Povo:

    O prefeito Gustavo Fruet está precisando urgentemente de aplicar um “choque de gestão” na turma que o assessora. Caso contrário, continuará acumulando um passivo junto à opinião pública com intensidade inversamente proporcional à esperança que suscitou entre os curitibanos quando da heroica vitória eleitoral que conquistou em 2012.

    Amadorismo 2

    A sensação crescente é de que há amadores tocando a administração. Dois sintomas que apareceram nos últimos dias: 1) a criação da faixa de ciclistas nas movimentadas paralelas à canaleta da Avenida Sete de Setembro; e 2) a concessão de exclusividade à Caixa Econômica e às lotéricas para venda de talões do Estacionamento Regulamentado (EstaR).

    Amadorismo 3

    Em ambos os casos, há reações plausíveis. No primeiro, isto é, na Sete de Setembro, nas pistas onde dois carros podiam trafegar lado a lado, agora só cabe um, duplicando os congestionamentos e causando interrupções no fluxo das ruas transversais. No outro caso, o dos talões do EstaR, antes facilmente disponíveis com os fiscais de trânsito e em bancas de jornais, agora eles só podem ser comprados por quem puder enfrentar fila nas lotéricas no mesmo momento em que o guarda gruda no para-brisa o aviso de infração.

    Amadorismo 4

    Ah! sim! O uso da bicicleta precisa ser incentivado. Foi uma promessa de campanha e, de fato, as bikes são ótimas para o transporte individual. Desde que não chova nem faça frio, pois nesses casos o ciclista deixa a magrela em casa para pegar o carro e enfrentar, muito contrariado, o congestionamento e a lentidão do trânsito. Parece tudo muito bonito, mas não parecem ideias de urbanistas com experiência profissional.

  7. É inacreditável a falta de noção desse meu parente, cheio de bazófia e gordura trans, vergonha da família. Ele parece acreditar que a homenagem a Curitiba será por causa da obras (?) da gestão Fruet (???)… Só se for pelo PAC (Programa de Aceleração do Capim), obra máxima, e única, dessa administração, que já foi homenageada com um sanduba, o Mac Mato, e o próprio sem noção já ganhou o apelido merecido de Capitão do Mato… Humor involuntário de primeira qualidade é o energúmeno se comparar a um vitorioso general romano… Se isso acontecesse o escravo diria: “toda glória é passageira, mas o mato é para sempre (pelo menos enquanto esses incompetentes estiverem na prefeitura)”…

  8. Estranho que a única coisa que foi modificada desde a criação do conceito de BRTs em Canaletas Exclusivas, lá nos 70’s, foi o desalinhamento das estações. Não vejo porque Curitiba mereça algum destaque HOJE.

    E o cartão único, destacado no artigo, está anos-luz atrás do cartão inteligente, usado em cidades como São Paulo, que tornam virtualmente obsoleto qquer terminal de ônibus.

  9. a urbs é contra o cobrador e a favor dos empresários, a urbs e sindimoc foram multados pelo MT por apoiarem a cobrança ilegal dos assaltos aos cobradores,o dataprom tem monópolio nos cartões transporte . o prefeito mac deveria tomar providências contra os desmandos da urbs

  10. Que tal começar fazendo a lição de casa e implantar o cartão transporte para os funcionários da P.M.C.?
    Hoje a Prefeitura credita o valor das passagens em dinheiro no salário do funcionário e desconta os 6% da lei o que sobra não cobre o valor necessário para que o servidor possa trabalhar os 21,22ou 23 dias úteis do mês sem ter que complementar do seu bolso,além do que muitos funcionários ainda recebem sobre 04 passagens por dia mesmo com toda a integração ,pois a muitos anos não é feita atualização de endereço e trajeto casa -trabalho.
    Ao meu ver o ideal seria que cada servidor tivesse o cartão -transporte e a Pmc creditasse o número correspondente de passagens relativos aos dias úteis daquele mês,trazendo economia para o municipio e incentivando o uso do transporte coletivo.