Au-au: Veja produz a mais bizarra peça jornalística da história

do Brasil 247

Veja chegou, neste fim de semana, ao ápice do seu complexo de vira-latismo; sua reportagem de capa é o relato de um personagem fictício, nascido nos Estados Unidos e chamado John Doe, que desembarca em São Paulo e descobre que nada presta, que o Brasil é um lixo, que somos um país de quinta; ok, os Civita sempre sonharam em ser americanos e pegaram o navio errado quando deixaram a Itália; no entanto, a reportagem deste fim de semana é bisonha e não faz jus nem aos simpáticos vira-latas; ela pretende apenas que os brasileiros, como sugeriu Ronaldo, sintam vergonha do próprio País.

Veja chegou, neste fim de semana, ao ápice do seu complexo de vira-latismo; sua reportagem de capa é o relato de um personagem fictício, nascido nos Estados Unidos e chamado John Doe, que desembarca em São Paulo e descobre que nada presta, que o Brasil é um lixo, que somos um país de quinta; ok, os Civita sempre sonharam em ser americanos e pegaram o navio errado quando deixaram a Itália; no entanto, a reportagem deste fim de semana é bisonha e não faz jus nem aos simpáticos vira-latas; ela pretende apenas que os brasileiros, como sugeriu Ronaldo, sintam vergonha do próprio País.

Você conhece John Doe? Nós também não. Na verdade, ele não existe. à‰ um personagem de ficção, criado pela revista Veja, para exercitar seu próprio complexo de vira-latas. à‰ também o personagem da capa desta semana, chamada “Susto Brasil”.

Sabe-se pouco sobre a vida pretérita de John Doe. Apenas que ele nasceu nos Estados Unidos, como sempre foi o sonho dos Civita, que emigraram da Itália, tomaram o navio errado para a promissora América, mas caíram na Argentina, de onde depois vieram para o Brasil.

Doe é o protagonista da mais bizarra capa de uma revista semanal já publicada na história da imprensa brasileira. Bisonha, ridícula e patética.

Na “reportagem”, ele desembarca no Aeroporto de Guarulhos, cujo novo terminal foi inaugurado pela presidente Dilma Rousseff na semana passada, e descobre que nada aqui funciona. Em suma, Doe se dá conta de que o Brasil é um lixo que pode ser constatado já nos aeroportos !“ fetiche da classe média “wannabe”, que sonha em ser algo mais.

O voo de Doe atrasa e durante sua estadia no Brasil e ele também descobre que aqui as transferências bancárias apresentam problemas, a internet funciona mal e é impossível cancelar uma linha telefônica. O Brasil seria ainda o país da burocracia, onde as coisas só seriam válidas se estivessem carimbadas. Fazer contratos de aluguel, então, um martírio.

São mais de vinte páginas de blablablá, que demonstram apenas o esgotamento do modelo Veja de denuncismo barato e a falta de criatividade de seus editores.

Mas a capa talvez esteja inserida num contexto. à€s vésperas da Copa do Mundo de 2014, é hora de baixar a cabeça e sentir vergonha do País, como sugeriu o craque Ronaldo.

à‰POCA TAMBà‰M ADERE AO DISCURSO VIRA-LATA

Somos fracassados, nada do que é bom se vê por aqui, queremos um Brasil padrão Fifa, mas onde encontrá-lo? Segundo a revista à‰poca, as soluções estão na Finlândia, na Inglaterra, no Japão; assim como Ronaldo e Veja, as Organizações Globo também querem que você se sinta derrotado; será que tudo isso é coincidência, ou faz parte de um esforço organizado para provocar baixo-astral à s vésperas da Copa do Mundo de 2014?

Somos fracassados, nada do que é bom se vê por aqui, queremos um Brasil padrão Fifa, mas onde encontrá-lo? Segundo a revista à‰poca, as soluções estão na Finlândia, na Inglaterra, no Japão; assim como Ronaldo e Veja, as Organizações Globo também querem que você se sinta derrotado; será que tudo isso é coincidência, ou faz parte de um esforço organizado para provocar baixo-astral à s vésperas da Copa do Mundo de 2014?

247 – O craque Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014, está envergonhado pelos atrasos na Copa do Mundo de 2014 (leia mais aqui).

John Doe, o americano de ficção criado pelos Civita, alter-ego da família, desembarcou no Brasil e descobriu que este país é um lixo. Nada funciona (leia mais aqui).

A Globo, que irá faturar bilhões com a Copa, uma vez que detém os direitos de transmissão do Mundial, também sente vergonha do País que deu aos Marinho uma das maiores fortunas do mundo !“ e a maior derivada de um grupo de mídia.

à‰poca, a semanal da Globo, sonha com um Brasil “padrão Fifa”, onde tudo que é bom está fora. Os desejos contemplam a educação da Finlândia, a medicina da Inglaterra, a segurança do Japão, a democracia norueguesa, o padrão corporativo dos Estados Unidos (a Enron que o diga), o ambientalismo alemão e sueco e o jeito israelense de fazer negócios, além da vida cultural francesa !“ a reportagem não trata dos meios de comunicação, mas presume-se que o modelo brasileiro seja o mais adequado.

Sei não, parece que alguém pretende fazer com que você sinta derrotado e fracassado, como um autêntico cãozinho vira-latas, à s vésperas da Copa do Mundo de 2014.

29 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O pior de tudo e que a reportagem fala toda a verdade do Brasil e tem gente que acha que e errado. brasileiro gosta do “me engana que eu gosto” por isso que estamos neste lixo de pais com um povo extremamente ignorante e que adora ter pose de rico cheios de servicais ao redor mas fazendo tipo de solidarios!!!!!! Povo ridiculo!!!!! Como diz o ditado “Todo povo tem o governo que merece”
    Bando de burro!!!!! Nos nunca vamos ser nada e este partidinho do povo conseguiu jogar o pais no lixo dando assistencia e forca a tudo que esta errado

  2. Pura maldade da Veja, hein? Não percebem que temos o melhor povo do mundo? Até Deus é brasileiro! Tá tudo uma maravilha, vamos continuar festeando, não importa os 47.000 mortos no trânsito/ano, nem os 59.000 assassinatos/ano. Que maldade!

  3. Não sei o que é pior,, se esta revista que é o bastião da direita que insiste em chamar o brasileiro de vira latas ou a pseudo classe média, pseudo burguesa, que ao ler essas baboseiras acredita. Alias essa pseudo classe média pseudo burguesa esta reclamando por que por muito tempo viveu das benesses dos cargos públicos e do estado presenteados pela classe dominante, e agora tem que dividir com os “pobres” como eles chamam. Essa pseudo classe burra e preconceituosa, mora no Brasil mas tem como modelo os americanos que estão em decadência moral, ética e economica, além do que sonha em se tornar classe dominante e oferece seus serviços aos dominadores (os civitas da vida), só que jamais eles lhes darão essa chance… daí fica repetindo e admitindo essa síndrome de vira-latas e repetindo o bordão dessa mídia espúria que domina o Brasil. e o PIOR se diz esclarecida.. Faz o seguinte vão embora do país, vão trabalhar 15 horas por dia como subalternos nos EUA. Com todas as falhas e limitações inerentes ao nosso povo eu sou BRASILEIRO!!!! falhas existem e nós como povo vamos superar isso… e não esperem só pelos políticos… vamos fazer nossa parte… esse jornalista que vá embora então.. vá pra new york “Cucaracha” bobo.

  4. Veja teve um início bastante louvável. Afinal de contas, estrear com uma capa ilustrando a foice e o martelo, símbolos do comunismo, em um Brasil ainda sob o jugo da ditadura (mesmo não sendo as reportagens tão contra o poder assim…), foi uma grande ousadia!
    Mas como diz o blogueiro que nos possibilita escrever tão simplórias linhas, é parte e há muito da “velha mídia”.
    E com um agravante: De revista séria, digna de citações por seus artigos que iam “na veia” dos problemas nacionais, se tornou libelo do retorno do neo – liberalismo nefasto e incentivador da fome e do desemprego ao poder, além de imprimir em suas páginas artigos insanos de promoção da crítica pela crítica, disseminando a bile de seus donos contra o governo pseudo socialista que temos, de qualquer maneira, sem nenhum critério de edição, a não ser o de puro ódio ao PT, e tudo o que ele representa.
    Não sou petista. Muito menos tucano (Deus me livre!!!). No entanto, esta publicação semanal, em minha humilde opinião, veio a ser apenas uma substituta do semanário Planeta Diário e da Casseta Popular…
    Sou mais o trovão Azul e o Impacto Paraná.
    Por fim, vejo o futuro de uma publicação que, para aumentar a venda de assinaturas lesa o consumidor nos seus cartões de crédito, pratica venda casada de produtos espúrios e apoia opiniões “ilibadas” sobre educação de economistas (!!!) como Gustavo Ioschpe, além de tentar orientar o comportamento do brasileiro com artigos de auto – ajuda (Lia Luft), cujo nome mais parece onomatopeia de pum, além de reportagens “altamente fundamentais” sobre as calcinhas à mostra de alguma cantora internacional…
    Folhetim, parceiros de blog. Nada mais do que um vagabundo folhetim, digno de ser pendurado em um prego em latrina…

  5. …,O DIA QUE Á VEJA MUDAR O NOME PARA,”PENSE”,EU PASSO Á COMPRAR ESSA BOSTA…

  6. Vergonha eles do PIG vão sentir só após as eleições de outubro. Quando mais uma vez os cãozinhos amestrados com pedigree do PIG serão reprovados por nós meros “vira-latas” nas urnas desse imenso país.

    • Que bacana! E isso vai resolver a saúde, a educação e a segurança do país. Isso vai fazer o retorno do imposto pago deixar de ser o trigésimo entre 30 países pesquisados. Nosso país vai deixar de ter uma das piores e mais caras interneis do mundo, veículos ruins a preço de ouro, produtos com diferença de até 500% em relação aos países desenvolvidos.

  7. Durante o período de ampliação dos aeroportos, passei por Guarulhos, Brasília e Maceió e não tive problema nenhum. Já em Paris, a porta do finger não abriu, mas ninguém se desesperou e ficou dizendo “coisas de país subdesenvolvido” e coisas do gẽnero” Esperaram tranquilamente o pessoal da manutenção arrumar. Já pensou se fosse aqui? A Veja ia ter notícia para um mês.

    • Seu referencial de aeroporto está mal. Guarulhos é um lixo, Brasília é bem complicado e Maceió não conheço, mas pelo volume menor supõe-se ser menos pior.

  8. O Ronaldo disse que tem vergonha das arenas inacabadas (quanto $$$ deve ter levado?) e a Época e a Veja “repercutiram” (estava ccmbinado!) se desbundando no complexo de vira-latas. Já pensou essa gente no poder? Tá phud…a a Nação!

  9. O mais bizarro é que tudo que a peça jornalística disse… É verdade.

  10. SACANAGEM
    Poxa tbem acho “sacanagem” este PIG maldito ficar inventando que nós só sabemos distribuir bolsa-familia, até pq não precisamos nem ter competencia pra isto, os bancos fazem tudo …nós só definimos os valores e o critério (votar na gente, claro … pq de bobos não temos nada, só a cara do nosso maior lider barbudo).
    fizemos o prouni pra salvar as faculdades que estavam indo à falencia (e claro que divulgamos que o objetivo eram os alunos. Só que avisamos antes, pras facus aumentar o valor das mensalidades e asism, a 50% equivalia ao valor real do curso). Com isto garantimos apoio do setor educacional ao nosso projeto. Mas isto nao é crime, é estratégia.
    Agora poxa, tudo bem que não temos competencia nem pra gastar bem o dinheiro dos impostos, mas se este PIG maldito nao divulgasse, ninguem iria ficar sabendo.
    Sacanagem, muita sacanagem o que estão fazendo conosco.

  11. Já disse que o tal Brasil 247 é caso psiquiátrico.

  12. Mas por favor, leiam a matéria e esqueçam o anti-americanismo ou a inveja do americano !

    • Vi um programa de domingo e tinha um tipo de perguntas para ganhar um premio ,sei lá.
      Ai o Faustão perguntou onde ficava as cataratas do Iguaçu,o cara não soube.
      Por isso os Civita e os Marinhos ficam bilionários,com uma porta como essa Silvania e mais uns milhões de abestados que ainda tem um sentimento pelo governo neo liberal esse Pais vai de mala a pió.
      Não somos patriotas,e aqueles que nos informam só ditam coisas de seus interesses.

      • Informam mal, um idiota alienado sem cérebro como você, que não consegue ver um palmo a frente do nariz. ” a inveja é paixão que vê com maligno desgosto a superioridade dos que realmente tem direito a superioridade que possuem ” ESSE É VOCÊ, MALA SEM ALÇA .

    • Será que a inVeja vai informar que o volume morto de Alckmin não é solução para a falta de água em São Paulo e o Cantareira continua esvaziando dia após dia? Lembro-me que quando o morro veio abaixo no Rio a imprensa caiu de pau em cima do Sérgio Cabral dizendo que ele deixou de investir na prevenção que era mais barato. Então, se o problema do Cantareira já era conhecido desde 2004 por que Alckmin não investiu na prevenção, e por que a imprensa não questiona Alckmin sobre isso?

      • E verdade “fundencio” concordo com você , faltou investimentos e talvez, uma bola de cristal pra saber que não ia chover… Mas, quem sabe , você podia pedir para vosso “JESUIS DEUS LULA” MANDAR UMA CHUVINHA, INCLUSIVE PARA AJUDAR NAS HIDRELÉTRICAS..

  13. Todos tem o direito de crítica, até você Esmael…. Mas primeiro leia a matéria da Veja e, diga o que está errado. O Silvestre tbm devia ler, e, com toda sua verbe, fazer o contraditório.

    • A materia é ótima e so fala verdades.
      Somente quem é cegado por ideologias ultrapassadas ou interesses pessoas não consegue admitir isso.

  14. a veja bate tanto no governo federal e assim mesmo a dilma lhe dá publicidade paga via estatais
    em suas páginas

  15. A Revista Veja é a bíblia do neo liberalismo e o principal veiculo de lavagem cerebral de uma parte da classe média brasileira que eu não me incluo e que não sei por que cargas dagua não vão embora daqui.
    E a parte podre de uma população acostumadas com o jeitinho brasileiro e que muitos vivem em cargos
    públicos e outros acostumados a sonegar impostos.
    O que será que pretendem esses grandes empresários da comunicação em que suas fortunas passam de bilhões de dólares que conseguiram numa época em que se escravizava a mão de obra barata e faziam ameaças a governos governos como tentam hoje em dia.
    Tudo isso é porque vai sair a regulamentação de mídias,que muitos imbecis acham que é controle do governo mas na verdade é uma desconcentração da informação nas mãos destes biltres impatriotas.
    Torço por isso,e sem duvida se a Dilma vencer como vai,as eleições de outubro,muita coisa vai mudar nos seus quatro anos,mas que eles vão tentar um golpe de estado,isso vão.

  16. Lembro das reportagens que a veja inventou do nosso GAIESKE, tudo mentira pra atingir o nosso partido!

  17. GRANDE ESMAEL, sabemos que vc é um dos grandes admiradores do modo PT de ser, e isso não e demérito algum porém temos que admitir quando aquilo q a gente defende não está correspondendo à altura.
    O PT já fez sua parte inclusão e outras politicas que deveriam sempre existir, mais ta na hora mudar, não pq a direita é melhor que a esquerda ou vice e versa, mas sim mudar nem que seja mudar os corruptos.