25 de Maio de 2014
por esmael
53 Comentários

Privatização: Richa quer queimar florestas como lenha no Paraná

Governo Beto Richa quer exterminar as florestas públicas do Paraná; tucano pretende privatizar matas pertencentes ao Estado pela bagatela de R$ 100 milhões; madeira pode servir como fonte de energia para indústrias; venda das reservas encontra resistência da Sociedade de Proteção à  Vida Selvagem e do senador Roberto Requião, que acusa o tucano de planejar vender até o Palácio Iguaçu.  Não vai sobrar nada do Estado. à‰ privatização da Sanepar, privatização da Copel, terceirização em tudo, as tais PPPs entregando estradas para o setor privado com pedágios absurdos depois para a população, dívida em cima de dívida!, alerta o parlamentar, que sonha voltar ao governo do estado pela quarta vez.

Governo Beto Richa quer exterminar as florestas públicas do Paraná; tucano pretende privatizar matas pertencentes ao Estado pela bagatela de R$ 100 milhões; madeira pode servir como fonte de energia para indústrias; venda das reservas encontra resistência da Sociedade de Proteção à  Vida Selvagem e do senador Roberto Requião, que acusa o tucano de planejar vender até o Palácio Iguaçu. Não vai sobrar nada do Estado. à‰ privatização da Sanepar, privatização da Copel, terceirização em tudo, as tais PPPs entregando estradas para o setor privado com pedágios absurdos depois para a população, dívida em cima de dívida!, alerta o parlamentar, que sonha voltar ao governo do estado pela quarta vez.

A sanha privatista do governo Beto Richa (PSDB) parece não ter fim no Paraná. Depois de transformar ações ordinárias em preferenciais e passar o controle das mais estratégicas diretorias da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) à  empreiteira Andrade Gutierrez, agora o tucano mira as florestas remanescentes de mata atlântica, situados entre a Serra do Mar e o interior paranaense. Leia mais

25 de Maio de 2014
por esmael
29 Comentários

Au-au: Veja produz a mais bizarra peça jornalística da história

do Brasil 247
Você conhece John Doe? Nós também não. Na verdade, ele não existe. à‰ um personagem de ficção, criado pela revista Veja, para exercitar seu próprio complexo de vira-latas. à‰ também o personagem da capa desta semana, chamada “Susto Brasil”.

Sabe-se pouco sobre a vida pretérita de John Doe. Apenas que ele nasceu nos Estados Unidos, como sempre foi o sonho dos Civita, que emigraram da Itália, tomaram o navio errado para a promissora América, mas caíram na Argentina, de onde depois vieram para o Brasil.

Doe é o protagonista da mais bizarra capa de uma revista semanal já publicada na história da imprensa brasileira. Bisonha, ridícula e patética.

Na “reportagem”, ele desembarca no Aeroporto de Guarulhos, cujo novo terminal foi inaugurado pela presidente Dilma Rousseff na semana passada, e descobre que nada aqui funciona. Em suma, Doe se dá conta de que o Brasil é um lixo que pode ser constatado já nos aeroportos !“ fetiche da classe média “wannabe”, que sonha em ser algo mais.

O voo de Doe atrasa e durante sua estadia no Brasil e ele também descobre que aqui as transferências bancárias apresentam problemas, a internet funciona mal e é impossível cancelar uma linha telefônica. O Brasil seria ainda o país da burocracia, onde as coisas só seriam válidas se estivessem carimbadas. Fazer contratos de aluguel, então, um martírio.

São mais de vinte páginas de blablablá, que demonstram apenas o esgotamento do modelo Veja de denuncismo barato e a falta de criatividade de seus editores.

Mas a capa talvez esteja inserida num contexto. à€s vésperas da Copa do Mundo de 2014, é hora de baixar a cabeça e sentir vergonha do País, como sugeriu o craque Ronaldo.

à‰POCA TAMBà‰M ADERE AO DISCURSO VIRA-LATA

247 – O craque Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014, está envergonhado pelos atrasos na Copa do Mundo de 2014 (leia mais aqui).

John Doe, o americano de ficção criado pelos Civita, alter-ego da família, desembarcou no Brasil e descobriu que este país é um lixo. Nada funciona (leia mais aqui).

A Globo, que irá faturar bilhões com a Copa, uma vez que detém os direitos de transmissão do Mundial, também sente vergonha do País que deu aos Marinho uma das maiores fortunas do mundo !“ e a maior derivada de um grupo de mídia.

à‰poca, a semanal da Globo, sonha com um Brasil “padrão Fifa”, onde tudo que é bom está fora. Os desejos contemplam a educação da Finlândia, a medicina da Inglaterra, a segurança do Japão, a democracia norueguesa, o padrão corporativo dos Estados Unidos (a Enron que o diga), o ambientalismo alemão e sueco e o jeito israelense de fazer negócios, além da vida cultural francesa

25 de Maio de 2014
por esmael
13 Comentários

PT quer a perda do mandato de Vargas

do Brasil 247

Partido entrou com ação no Tribunal Superior Eleitoral e alega quebra das diretrizes partidárias e abandono da legenda pelo deputado paranaense; Vargas foi flagrado em diálogos com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal por suspeita de envolvimento em esquema de lavagem de dinheiro; PT pressionou para que o parlamentar se desfiliasse para não gerar desgastes ao partido.

Partido entrou com ação no Tribunal Superior Eleitoral e alega quebra das diretrizes partidárias e abandono da legenda pelo deputado paranaense; Vargas foi flagrado em diálogos com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal por suspeita de envolvimento em esquema de lavagem de dinheiro; PT pressionou para que o parlamentar se desfiliasse para não gerar desgastes ao partido.

O deputado federal André Vargas (sem partido-PR) corre o risco de perder o mandato. O PT, seu ex-partido, entrou com ação no Tribunal Superior Eleitoral na sexta-feira (23) pedindo que o parlamentar perca o mandato por infidelidade partidária. Vargas foi flagrado em diálogos com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal por suspeita de envolvimento em esquema de lavagem de dinheiro. Leia mais

25 de Maio de 2014
por esmael
9 Comentários

Dilma envia proposta ao Congresso de participação popular na reforma política

da Agência Brasil
A presidenta Dilma Rousseff anunciou ontem (24), em Brasília, que encaminhou ao Congresso Nacional proposta de participação popular no processo de reforma política. Encaminhei ao Congresso uma proposta de participação popular para que todos possam participar do processo de reforma política. Estou convencida que sem a força da participação popular não teremos a reforma política que o Brasil exige e necessita!, disse a presidenta em discurso no 17!º Congresso da União da Juventude Socialista (UJS).

Ela ressaltou a importância da educação no processo de desenvolvimento do país e fez questão de mencionar vários programas do governo na área, como o Programa Universidade para Todos (ProUni), o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), além de citar os números do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), divulgados na manhã deste sábado (24), quando foram registrados 9,5 milhões de inscritos.

Dilma participou do ato Amar e mudar as coisas para o Brasil avançar!, uma das atividades do congresso da UJS.

A presidenta também falou sobre a Copa do Mundo, que tem início no dia 12 de junho, e reafirmou que o Brasil fará a Copa das Copas. Tenho certeza que o país fará a Copa das Copas. Tenho certeza da nossa capacidade e do que fizemos. Não temos do que nos envergonhar e não temos complexo de vira-lata. Sei que vocês estão engajados na defesa da nossa Copa. Vamos mostrar a melhor Copa de todos os tempos!.

O congresso da UJS teve início na última quinta-feira (22) e reune cerca de 2,5 mil jovens. Em sua abertura, a UJS cobrou a revisão da Lei de Anistia, com punição aos torturadores, e prestou homenagem à s vítimas da Guerrilha do Araguaia, ocorrida entre o fim dos anos 1960 e início dos anos 1970, no sul do Pará e norte de Goiás (hoje Tocantins), na região conhecida como Bico do Papagaio.

25 de Maio de 2014
por esmael
15 Comentários

MP pede cassação de presidente da Câmara que censurou imprensa e Google em Campo Mourão (PR)

com informações do Correio do Cidadão, de Campo Mourão
No começo deste mês, o Blog do Esmael registrou que a Justiça havia determinado megacensura a 13 órgãos de imprensa e ao Google no município de Campo Mourão, no Noroeste do Paraná. Pois bem, agora parece que o feitiço virou contra o censurador, no caso o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Pedrinho Nespolo (SDD), que pode perder a função pública, os direitos políticos cassados e ficar inelegível.

Os cinco promotores do Ministério Público da cidade ajuizaram uma ação civil pública, com pedido de liminar contra o presidente da Câmara e contra uma procuradora parlamentar, por ato de improbidade administrativa. No procedimento, protocolado por cinco promotores da cidade, o MP-PR relata que o vereador usou a estrutura do Legislativo para ajuizar ações de caráter pessoal, por intermédio da Diretoria Jurídica e com uso do brasão da Casa nas peças processuais.

Essa confusão toda começou com o surgimento de denúncias de “mensalinho” com dinheiro de comissionados dentro da Prefeitura. A prefeita Regina Dubay (PR), em contato com o Blog do Esmael, no início deste mês, garantiu ter provas concretas! de que aliados do Palácio Iguaçu promoveram uma armação política! para destituí-la do cargo. Em um vídeo que circula nas redes sociais, a ex-servidora Thaís Zanini revela que um tio do vice-prefeito, Rodrigo Salvadori (SDD), teria dado dinheiro para forjar o flagrante contra Anselmo Camargo, diretor da Secretaria Municipal de Saúde.

Sobre a denúncia do MP contra o presidente da Câmara

A estrutura da Câmara da cidade foi utilizada, segundo o MP, sem que os demais membros do Legislativo, imparciais e não afetados pelo conflito, tivessem a oportunidade de fazer a devida análise e de se manifestar sobre o assunto!. O presidente também usou dinheiro da Câmara (R$ 1.129,99), para o pagamento das custas processuais das duas ações. A procuradora também é requerida na ACP porque, ao cuidar de tais ações, teria extrapolado as suas atribuições, bem como violado regras do regimento interno da Câmara.

Vídeo !“ O procedimento do MP-PR cita que as ações ajuizadas pelo vereador são contra o site de busca Google Brasil Internet e contra os meios de comunicação do município. Na primeira, ele obteve decisão favorável ao pedido de retirada, do sítio eletrônico Youtube, de um vídeo em que era citado. Na segunda, conseguiu tutela inibitória para proibir a transmissão de um segundo vídeo que supostamente seria postado no site e que também o citaria.

Ao julgar os pedidos do vereador, o Juízo da 1.!ª Vara Cível de Campo Mourão também determinou que todos os meios de comunicação locais se abstenham de veicular qualquer matéria que exponha negativamente a imagem do vereador. A pena imposta é multa, no valor de R$ 50 mil, por ato de descumprimento.

O vídeo que o presidente da Câmara pediu, judicialmente, para ser retirado do Youtube trazia o áudio de conversas entre servidores do município, que cogitavam que o vereador e outros agentes públicos teriam forjado a prisão de um servidor municipal, que recolhia uma contribuição mensal dos funcionários comissionados do Executivo de Campo Mourão. No caso, a prisão foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), dentro de investigação específica do MP-PR.

O Youtube continuou a veicular o vídeo e, por esse motivo, a Justiça condenou o site ao pagamento de multa de R$