6 de maio de 2014
por Esmael Morais
104 Comentários

Requião insinua que Richa teve “recaída gay” durante entrevista

O senador Roberto Requião, pelo Twitter, insinuou que o governador Beto Richa teve uma "recaída gay" e mostrou ter paixão! por ele ao citá-lo 36 vezes no programa Roda Viva, da TV Cultura; o peemedebista disse que pedirá ajuda aos pastores evangélicos Malafaia e Feliciano para "curar" o tucano da fixação; enfim, começou a campanha eleitoral no Paraná.

O senador Roberto Requião, pelo Twitter, insinuou que o governador Beto Richa teve uma “recaída gay” e mostrou ter paixão! por ele ao citá-lo 36 vezes no programa Roda Viva, da TV Cultura; o peemedebista disse que pedirá ajuda aos pastores evangélicos Malafaia e Feliciano para “curar” o tucano da fixação; enfim, começou a campanha eleitoral no Paraná.

Continua rendendo a entrevista concedida pelo governador Beto Richa (PSDB), ontem à  noite, ao programa Roda Viva, na TV Cultura, quando abriu fogo contra o antecessor e senador Roberto Requião (PMDB). ... 

Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

Coordenador de Richa jura desconhecer “plano diabólico” contra prefeita de Campo Mourão

O coordenador da campanha do governador Beto Richa (PSDB) na região Noroeste, Márcio Nunes, pré-candidato a deputado estadual pelo PSDB, em nota de esclarecimento ao Blog do Esmael, nesta terça (6), rebate acusação feita pela prefeita de Campo Mourão, Regina Dubay (PR), de que ele estaria por trás de uma “armação política” para derrubá-la do cargo.

“… não tenho qualquer envolvimento com os fatos narrados na referida matéria…”, jurou o ex-presidente do Instituto das àguas do Paraná (IPAGUAS), que ainda afirmou desconhecer a existência de qualquer plano diabólico orquestrado pelo Palácio Iguaçu!. Márcio Nunes promete processar a prefeita, que, segundo ele, utilizou indevidamente seu nome.

Leia a íntegra da nota de esclarecimento de Márcio Nunes:

Caro jornalista Esmael Morais – Blog do Esmael

Com referência à  nota publicada nesse conceituado Blog, na data de 05 de maio 2014, sob o Título Justiça determina megacensura a 13 órgãos de imprensa e ao Google em cidade do Paraná!, na qual foi mencionado o meu nome como sendo coparticipante de uma suposta armação política! contra a prefeita da cidade de Campo Mourão, cumpre-me esclarecer, a bem da verdade, que não tenho qualquer envolvimento com os fatos narrados na referida matéria, aliás, somente tomei conhecimento do caso através dos órgãos de imprensa que veicularam a notícia.

Desconheço também, com relação e esse caso, a existência de qualquer plano diabólico orquestrado pelo Palácio Iguaçú!, conforme citado na referida matéria.

Assim, para restabelecer a verdade, encareço a publicação desta nota de esclarecimento, sem prejuízo da tomada das medidas judiciais cabíveis, em face daqueles que estiverem indevidamente Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
28 Comentários

Aécio Neves propõe “Petrobras independente”. Ou seria uma privatização disfarçada?

O senador Aécio Neves (PSDB-MG), candidato a presidente da República, vai propor nos próximos a bandeira “Petrobras independente” para “salvar a estatal de petróleo da ingerência dos políticos e da incompetência administrativa”. à‰ o que informa o boletim Relatório Reservado desta terça-feira (6).

O comunicado dirigido ao mundo dos negócios e finanças usa marcações fortes contra o PT e a companhia de energia tais como aparelhamento partidário!, interferências políticas!, os desmandos administrativos!, corrupção generalizada!.

Relatório Reservado crava já no título que “Aécio descobre seu pré-sal eleitoral” e aponta o mote “Petrobras independente” como elixir para todas as manchas que a oposição, da noite para o dia, passou a enxergar na pele da estatal.

Na prática, Aécio defende que a Petrobras sirva somente aos interesses dos mais ricos e dos sócios privados. O tucano tem ojeriza ao fato de a estatal investir sua energia em programas sociais. Para essa turma, o ideal seria privatizar a companhia, mas falta-lhe coragem para dizer isso abertamente. A “nova” proposta do presidenciável do PSDB é uma cópia do receituário neoliberal que também luta pela “independência” do Banco Central do Brasil. Os Estados Unidos apoiam essa ideia.

Leia a íntegra do comunicado do Relatório Reservado:

Aécio descobre seu pré-sal eleitoral

A exploração política da Petrobras promete ir muito além do pré-sal eleitoral. O candidato Aécio Neves pretende colocar no seu balaio de campanha a promessa de gestão autônoma da estatal. A proposta da Petrobras independente! será embalada e vendida como a cura para todos os males que assolam a companhia. A medida, portanto, seria um elixir contra o aparelhamento partidário!, as interferências políticas!, os desmandos administrativos!, a corrupção generalizada! e todas as demais manchas que a oposição, da noite para o dia, passou a enxergar na pele da estatal.

Ao lado da bandeira da autonomia administrativa da Petrobras, Aécio Neves vai lançar outra promessa de campanha: a fixação de regras para a correção periódica dos preços dos combustíveis. Exequível ou não !“ e quem se importa com isso? !“, a proposta permitirá a Aécio levantar a bola para si próprio. O candidato do PSDB pretende bater forte na defasagem dos preços dos derivados de petróleo e seu impacto sobre a estatal, apontando para fatos que atestariam os danos causados pelo governo do PT. Um deles seria a desvalorização das ações, que custou à  petroleira a queda do 12!º posto para o 120!º lugar no ranking das maiores empresas dos países emergentes.

A natureza não foi tão perfeita assim com tucanos e congêneres. O mal das aves é que as penas ficam expostas. Ciente dos próximos passos de Aécio Neves, o governo já prepara uma contraofensiva. A intenção do PT é mostrar que por trás das propostas de Aécio esconde-se uma privatização disfarçada da Petrobras, que traria a reboque todos os procedimentos e práticas que durante a gestão de FHC receberam a alcunha de privataria!. Em tempo: Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
6 Comentários

Osmar Dias perde comando do PDT. Fruet pode dirigir partido no Paraná

via Blog do Johnny

O antenadíssimo Blog do Johnny, do Caderno Ponta Grossa, parceiro do Blog do Esmael, informa nesta terça (6) que o vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, perdeu as rédeas do PDT paranaense; o ex-senador perdeu musculatura ao preferir ficar no cargo a concorrer nas eleições de outubro; a seção estadual estaria sob a intervenção do próprio Carlos Lupi, presidente nacional da agremiação, que tem realizado as reuniões do diretório nas terras das araucárias; pelo andar da carruagem, o controle do partido no estado tende cair no colo no prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, que já dirige a sigla na capital.

O antenadíssimo Blog do Johnny, do Caderno Ponta Grossa, parceiro do Blog do Esmael, informa nesta terça (6) que o vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, perdeu as rédeas do PDT paranaense; o ex-senador perdeu musculatura ao preferir ficar no cargo a concorrer nas eleições de outubro; a seção estadual estaria sob a intervenção do próprio Carlos Lupi, presidente nacional da agremiação, que tem realizado as reuniões do diretório nas terras das araucárias; pelo andar da carruagem, o controle do partido no estado tende cair no colo no prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, que já dirige a sigla na capital.

PDT do Paraná está rachado. Quem vem comandando o partido no Estado é o presidente nacional da agremiação Carlos Lupi. à‰ ele quem negocia com o PT, a despeito do presidente licenciado do PDT e vice-presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil, Osmar Dias, afirmar que ainda dá as cartas no partido. Lupi tem como aliado o presidente em exercício Haroldo Ferreira.  ... 

Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
31 Comentários

Globo usa até novela como propaganda para o 45 do PSDB

Por Luiz Nassif, via Jornal GGN

Tenho escrito sobre essa mistura de dramaturgia, marketing e jornalismo que caracteriza os grupos de mídia. Utilizam-se recursos da propaganda, da dramaturgia e do jornalismo para uma geleia geral que compromete todas as pontas.

Quando a Globo lançou a novela sobre tráfico de crianças, o jornalismo foi acionado para uma série de matérias sensacionalistas sobre adoção.

Quando as eleições entram em jogo, o grupo age sincronizando todas as pontas, criando vilões que lembram os adversários, mocinhos que emulam os aliados.

à€ medida em que as informações e as discussões sobre mídia avançam pelas redes sociais, e que o conceito e o papel dos grupos de mídia viram foco de discussão, o uso reiterado dessas jogadas apenas ajuda a reforçar os argumentos dos críticos da mídia.

à‰ como se houvesse um laboratório online, no qual práticas seculares anacrônicas pudessem ser dissecadas ao vivo e em cores.

Em tempos de concentração maior de mídia, falava-se muito na propaganda subliminar, os! merchandisings, utilizados para jogadas comerciais.

Quando entra-se no campo eleitoral, o jogo é dúbio.

Tome-se essa besteira da Globo, de associar o nome da novela ao número 45 do PSDB.

O custo é alto. Uma emissora aberta, com o alcance da Globo, não pode se colocar contra mais da metade do eleitorado brasileiro, ainda mais em um momento em que ocorre uma implosão geral da audiência, fruto do avanço das tvs fechadas e da Internet. à‰ um risco de imagem que gerações anteriores, mais sábias, não ousaram correr, mesmo quando a força do grupo era proporcionalmente muito maior.

Quando o espírito das diretas tomou conta do Brasil, a maior preocupação de Evandro Carlos de Andrade e Roberto Marinho era tirar o estigma da emissora, de ser contra a democratização

Depois que o estilo Murdock surgiu, deixou-se de lado toda a prudência e decidiu-se tomar partido Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

Por que Richa agora bate ‘sem dó’ em Requião? Seria o “Efeito Ducci”?

Governador Beto Richa "elegeu" ontem o senador Roberto Requião como alvo preferencial de seus ataques durante "cafezinho" na bancada da TV Cultura, no programa Roda Viva; tucano teme o "Efeito Ducci" nas eleições deste ano, ou seja, receia repetir fiasco de seu pupilo Luciano Ducci (PSB), em 2012, que não conseguiu avançar para o segundo turno na disputa pela Prefeitura de Curitiba; Richa retirou do armário a expressão herança maldita! ao acusar suposto rombo de R$ 1,4 bi nas contas do Estado deixado pelo peemedebista; chavão é mais convincente quando utilizado em início de mandato, não em final de feira; Roda Viva, não se preocupem com o trapalhão do Beto Richa, de repente a gente volta e põe o Paraná em ordem. Já fizemos isto uma vez!, avisou ontem pelo Twitter o senador.

Governador Beto Richa “elegeu” ontem o senador Roberto Requião como alvo preferencial de seus ataques durante “cafezinho” na bancada da TV Cultura, no programa Roda Viva; tucano teme o “Efeito Ducci” nas eleições deste ano, ou seja, receia repetir fiasco de seu pupilo Luciano Ducci (PSB), em 2012, que não conseguiu avançar para o segundo turno na disputa pela Prefeitura de Curitiba; Richa retirou do armário a expressão herança maldita! ao acusar suposto rombo de R$ 1,4 bi nas contas do Estado deixado pelo peemedebista; chavão é mais convincente quando utilizado em início de mandato, não em final de feira; Roda Viva, não se preocupem com o trapalhão do Beto Richa, de repente a gente volta e põe o Paraná em ordem. Já fizemos isto uma vez!, avisou ontem pelo Twitter o senador.

Quem assistiu ao “cafezinho” ontem à  noite disfarçado de entrevista, no programa Roda Viva, da TV Cultura, teve a certeza de que o governador Beto Richa (PSDB) teme enfrentar o senador Roberto Requião (PMDB) nas eleições de outubro. O tucano bateu sem dó nem piedade no antecessor, coisa que vinha evitando nos últimos anos. ... 

Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

Exclusivo: Governo federal deposita empréstimo de R$ 817 milhões na conta do governo Beto Richa

Ministro da Fazenda, Guido Mantega, na manhã desta terça (6), telefonou para o governador Beto Richa informando que já liberou R$ 817 milhões do Proinveste; deputado Ademar Traiano, líder do tucano na Assembleia, disse que alguém! do governo federal assistiu ontem à  noite a entrevista do correligionário no programa Roda Viva, da TV Cultura, viu o tamanho da perseguição que o Paraná vinha sofrendo", disse, referindo-se à  senadora Gleisi Hoffmann.

Ministro da Fazenda, Guido Mantega, na manhã desta terça (6), telefonou para o governador Beto Richa informando que já liberou R$ 817 milhões do Proinveste; deputado Ademar Traiano, líder do tucano na Assembleia, disse que alguém! do governo federal assistiu ontem à  noite a entrevista do correligionário no programa Roda Viva, da TV Cultura, viu o tamanho da perseguição que o Paraná vinha sofrendo”, disse, referindo-se à  senadora Gleisi Hoffmann.

O governador Beto Richa (PSDB) recebeu uma ligação há pouco do ministro da Fazenda, Guido Mantega, informando que os R$ 817 milhões do Proinveste já estão na conta do tesouro estadual. A informação exclusiva foi repassada ao Blog do Esmael pelo líder do tucano na Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB). ... 

Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

Pessuti joga “pá de cal” no sonho de coligação entre Richa e PMDB

Orlando Pessuti jogou duas pás de cal no sonho de Beto Richa, que pretendia seu apoio para coligar com o PMDB; neste final de semana, nos Campos Gerais, o peemedebista peregrinou pela candidatura própria ao lado do ex-senador Sérgio Souza e do ex-deputado Rocha Loures; ato contínuo, o ex-governador nomeou o filho, Moisés Pessuti, como conselheiro de Itaipu Binacional; ao Blog do Esmael, o ex-senador Sérgio Souza afirmou que a candidatura própria "pode ser até em torno do senador Roberto Requião"; ele não descarta ainda concorrer ao Senado; "Tudo depende de muita conversa até a convenção no dia 20 de junho", disse.

Orlando Pessuti jogou duas pás de cal no sonho de Beto Richa, que pretendia seu apoio para coligar com o PMDB; neste final de semana, nos Campos Gerais, o peemedebista peregrinou pela candidatura própria ao lado do ex-senador Sérgio Souza e do ex-deputado Rocha Loures; ato contínuo, o ex-governador nomeou o filho, Moisés Pessuti, como conselheiro de Itaipu Binacional; ao Blog do Esmael, o ex-senador Sérgio Souza afirmou que a candidatura própria “pode ser até em torno do senador Roberto Requião”; ele não descarta ainda concorrer ao Senado; “Tudo depende de muita conversa até a convenção no dia 20 de junho”, disse.

No Palácio Iguaçu dá-se como “certo” o apoio do ex-governador Orlando Pessuti para levar o PMDB à  coligação pela reeleição do governador Beto Richa (PSDB). Prova disso, ontem à  noite, na entrevista ao programa Roda Viva da TV Cultura, o tucano “puxou o saco” do peemedebista como nunca visto antes nas terras das araucárias (confira aqui).  ... 

Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
36 Comentários

Dilma levará Gleisi à  inauguração da Arena da Baixada nesta sexta

Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (9), à s 10 horas, em Curitiba, levará a tiracolo a senadora Gleisi Hoffmann, sua candidata ao governo do Paraná, na inauguração oficial da Arena da Baixada; além de vistoriar a Arena, a presidenta também vai liberar mais recursos para a mobilidade urbana.

Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (9), à s 10 horas, em Curitiba, levará a tiracolo a senadora Gleisi Hoffmann, sua candidata ao governo do Paraná, na inauguração oficial da Arena da Baixada; além de vistoriar a Arena, a presidenta também vai liberar mais recursos para a mobilidade urbana.

A presidenta Dilma Rousseff desembarca em Curitiba nesta sexta-feira, dia 09 de maio, para a inauguração oficial da Arena da Baixada, o estádio do Clube Atlético Paranaense que será palco de quatro jogos na Copa do Mundo. O evento será a partir das 10 horas. ... 

Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Richa não paga e Correios suspende serviço para polícias do Paraná

do Jornal de Londrina

Policiais civis e militares do Paraná não podem usar o serviço de correio por falta de pagamento. O problema tem consequência direta no trabalho das polícias e dificulta a entrega de inquéritos aos departamentos da Polícia Civil, além de outros serviços, como envio de documentos no interior do estado.

Tudo o que não pode ser feito pessoalmente, a polícia usa o correio. Se for feito, vai acabar tirando policiais de suas atribuições para servir de carteiro!, comenta um policial, que reclamou do problema, mas pediu para não ser identificado. Em alguns casos, os e-mails têm quebrado o galho.

A paralisação do serviço começou há pelo menos duas semanas, mas os policiais ouvidos pela reportagem ainda não sabem quando poderão usá-lo de novo. Eles preferiram ter seus nomes preservados para evitar retaliações.

Histórico negativo

A falta de recursos para os serviços básicos tem sido recorrente desde o final do ano passado, quando a PM e a própria Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) tiveram as linhas telefônicas cortadas. No começo de novembro, também por falta de pagamento, faltou recursos para abastecer viaturas em Curitiba e na região metropolitana.

Os problemas orçamentários incluíram, na época, o atraso no pagamento de salários a cadetes iniciantes do Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Academia do Guatupê, que serve à  PM.

Além disso, atualmente, policiais militares não têm recebido por aulas na academia, nem o quinquênio [adicional por tempo de serviço] e indenização por remoção.

Serviço está pago!

A Secretaria da Segurança Pública informou, por meio de nota, que a suspensão do serviço de correio não causa qualquer prejuízo à s ações das polícias. O serviço prestado pelos Correios não impede o andamento das investigações policiais. Portanto, não procede a informação de que os inquéritos estejam parados Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

Coluna do Enio Verri: Com os almofadinhas Aécio e Campos, povo deixará de ser prioridade

Enio Verri, em sua coluna desta terça, renova a fé na vitória de Dilma em outubro porque, segundo ele, o PT tem DNA do povo cuja relação intrínseca com os trabalhadores teria ficado mais evidente no pronunciamento da presidenta no dia 1!º de Maio; ela anunciou o reajuste de 10% nos valores do Bolsa Família e correção da tabela do Imposto de Renda; também assumiu o compromisso de continuar a política de valorização do salário mínimo como um instrumento de diminuição da desigualdade e resgate da dívida social que o país tem com os trabalhadores mais pobres; colunista afirma que os almofadinhas! Aécio Neves e Eduardo Campos, se eleitos, colocariam todas essas conquistas a perder; A opção pelo corte de gastos públicos e, consequentemente, o açodamento das políticas sociais e a desvalorização do salário mínimo, ficou claro nas recentes declarações dos pré-candidatos e seus coordenadores de campanha!, alerta Verri, um dos generais do lulopetismo e da coordenação da pré-campanha da senadora Gleisi Hoffmann ao governo do Paraná; leia o texto e compartilhe.

Enio Verri, em sua coluna desta terça, renova a fé na vitória de Dilma em outubro porque, segundo ele, o PT tem DNA do povo cuja relação intrínseca com os trabalhadores teria ficado mais evidente no pronunciamento da presidenta no dia 1!º de Maio; ela anunciou o reajuste de 10% nos valores do Bolsa Família e correção da tabela do Imposto de Renda; também assumiu o compromisso de continuar a política de valorização do salário mínimo como um instrumento de diminuição da desigualdade e resgate da dívida social que o país tem com os trabalhadores mais pobres; colunista afirma que os almofadinhas! Aécio Neves e Eduardo Campos, se eleitos, colocariam todas essas conquistas a perder; A opção pelo corte de gastos públicos e, consequentemente, o açodamento das políticas sociais e a desvalorização do salário mínimo, ficou claro nas recentes declarações dos pré-candidatos e seus coordenadores de campanha!, alerta Verri, um dos generais do lulopetismo e da coordenação da pré-campanha da senadora Gleisi Hoffmann ao governo do Paraná; leia o texto e compartilhe.

Enio Verri* ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo