Veja essa: Fruet manda propaganda de Curitiba para o divã; assista ao vídeo

A propaganda oficial da Prefeitura de Curitiba é uma piada pronta; depois da duvidosa vovozinha no trânsito, agora chegou a vez do psicanalista do lixo; publicidade da capital é conduzida pelas mesmas agências que atendem ao Palácio Iguaçu; Secretaria Municipal de Comunicação de Curitiba, sob intervenção desde o início do ano, não consegue fazer licitação de R$ 100 milhões para os próximos cinco anos; com o surgimento de Dr. Sigmundo, o personagem animado, literalmente, Fruet manda a propaganda para o divã; assista ao vídeo.

A propaganda oficial da Prefeitura de Curitiba é uma piada pronta; depois da duvidosa vovozinha no trânsito, agora chegou a vez do psicanalista do lixo; publicidade da capital é conduzida pelas mesmas agências que atendem ao Palácio Iguaçu; Secretaria Municipal de Comunicação de Curitiba, sob intervenção desde o início do ano, não consegue fazer licitação de R$ 100 milhões para os próximos cinco anos; com o surgimento de Dr. Sigmundo, o personagem animado, literalmente, Fruet manda a propaganda para o divã; assista ao vídeo.

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), mandou a publicidade oficial para o divã. Anúncio de página inteira no jornal Gazeta do Povo, neste domingo (6), deu o “start” à  nova campanha midiática com o personagem animado Dr. Sigmundo!.

A Prefeitura da capital paranaense tem-se utilizado bastante de piadas — muitas delas de gosto duvidoso e outras bobas — em seus canais oficiais como o Facebook.

Na semana que passou, por exemplo, a Comunicação afirmou nas redes sociais que Fruet faz uma gestão “assexuada” em Curitiba (clique aqui). Só falta dizer que as capivaras do tradicional Parque Barigui, por consequência, também são “assexuadas”.

A Comunicação de Fruet vem colecionando lambanças incríveis. A primeira delas foi a criação do personagem “Vovó Gertrudes” no trânsito pelas agências de propaganda de Beto Richa (PSDB). Não há evidências que os acidentes na capital tenham reduzido em virtude da vovozinha, diz o advogado Marcelo Araújo, especialista em multas e trânsito, colunista deste blog.

As agências que criaram a vovozinha e agora Dr. Sigmundo não largam o osso porque a Prefeitura não consegue realizar a licitação de R$ 100 milhões. O certame sempre bate na trave, mesmo a Secretaria da Comunicação estando sob a direção do interventor Paulo Vítola desde o início do ano.

O fato é que chegou a vez do psicanalista do lixo. Será que agora vai?

Assista ao vídeo com a campanha do Dr. Sigmundo:

Comentários encerrados.