André Vargas: “Querem discutir um sexo que não houve”

Vice-presidente da Câmara, André Vargas, estranha que todos os "homens" de Lula estão sendo implacavelmente "caçados" pela velha mídia; "Tem muito fogo amigo aí", garante; parlamentar do PT afirmou ao blog, nesta quarta, que "querem discutir um sexo que não houve", ao se referir a negócio não realizado entre um laboratório de Youssef com o Ministério da Saúde; daqui a pouco, à  tarde, Vargas fará pronunciamento na tribuna da Casa.

Vice-presidente da Câmara, André Vargas, estranha que todos os “homens” de Lula estão sendo implacavelmente “caçados” pela velha mídia; “Tem muito fogo amigo aí”, garante; parlamentar do PT afirmou ao blog, nesta quarta, que “querem discutir um sexo que não houve”, ao se referir a negócio não realizado entre um laboratório de Youssef com o Ministério da Saúde; daqui a pouco, à  tarde, Vargas fará pronunciamento na tribuna da Casa.

O vice-presidente da Câmara, André Vargas (PT-PR), falou nesta manhã ao blog sobre o pronunciamento que fará hoje à  tarde na tribuna sobre denúncias de que utilizou avião do empresário londrinense Alberto Youssef.

“Querem discutir um sexo que não houve”, esquiva-se o parlamentar, que é colunista deste blog, sobre suposta intermediação de negócios entre o laboratório Labogen Química Fina e Biotecnologia e o Ministério da Saúde.

Vargas estranha o fato de pessoas ligadas ao ex-presidente Lula serem alvos constantes de denúncias na velha mídia. “Tem muito fogo amigo aí”, afirmou.

Comentários encerrados.