Por Esmael Morais

Agora vai: DNIT apresenta consórcio vencedor para construção da segunda ponte entre Foz e o Paraguai

Publicado em 25/04/2014

Antiga reivindicação de moradores e comerciantes dos dois lados da fronteira, nova ponte internacional deverá desafogar a Ponte da Amizade (Brasil e Paraguai); não custa perguntar: e a ponte entre Matinhos e Guaratuba, no Litoral, sai?

Antiga reivindicação de moradores e comerciantes dos dois lados da fronteira, nova ponte internacional deverá desafogar a Ponte da Amizade (Brasil e Paraguai); não custa perguntar: e a ponte entre Matinhos e Guaratuba, no Litoral, sai?

O Departamento Nacional de Infraestrutura de! Transportes (DNIT) apresentou nesta quinta-feira (24) o consórcio vencedor da licitação para construção da segunda ponte entre Foz do Iguaçu e Ciudad del Este. A reivindicação é antiga e visa desafogar a Ponte da Amizade, principal ligação entre o Brasil e o Paraguai.

O consórcio vencedor apresentou custo superior ao da concorrente, ficando em 233 milhões de reais, mas venceu nos critérios técnicos. A nova ligação internacional deverá ser inaugurada em 2017 e deve impulsionar ainda mais a integração e o comércio entre os dois países, parceiros no Mercosul.

Não custa perguntar: e a ponte entre Matinhos e Guaratuba, sai?