24 de abril de 2014
por Esmael Morais
65 Comentários

Greve de educadores continua. Veja as propostas do governo do PR

A presidenta da APP-Sindicato, Marlei Fernandes, e o secretário da Educação, Paulo Schmidt, falaram à  imprensa sobre a pauta de reivindicação; assista ao vídeo.

A presidenta da APP-Sindicato, Marlei Fernandes, e o secretário da Educação, Paulo Schmidt, falaram à  imprensa sobre a pauta de reivindicação; assista ao vídeo.

Depois de cinco horas de reunião, comissão formada por diretores da APP-Sindicato e representantes do governo do estado concederam entrevista. O Blog do Esmael, direto do Palácio das Araucárias, em Curitiba, acompanhou o desfecho da nova rodada. ... 

Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
10 Comentários

Resultado da reunião entre educadores em greve e governo; assista ao vivo

Depois de quatro horas de reunião, comissão formada por diretores da APP-Sindicato e representantes do governo do estado concedem entrevista. Assista ao vivo no Blog do Esmael, direto do Palácio das Araucárias, em Curitiba. ... 

Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
13 Comentários

Mais de 20 anos depois, STF decide que Collor de Mello não é corrupto

do Brasil 247
Pela segunda vez, o ex-presidente Fernando Collor (PTB) é inocentado pelo Supremo Tribunal Federal, a mais alta Corte de Justiça do Brasil. Em julgamento realizado na tarde desta quinta-feira (24), os ministros do STF entenderam que não há provas que vinculem Collor a um suposto esquema de recursos advindos de empresas de publicidade que prestavam serviços ao governo federal, na época em que foi presidente da República, como disse o Ministério Público.

Este segundo e último julgamento trata da parte final de um processo já apreciado em outra instância da Justiça Federal, que já absolveu, também por ausência de provas, os demais denunciados pelo Ministério Público. Agora, em relação ao ex-presidente, os ministros do STF praticamente seguiram a sentença da juíza federal Pollyana Medeiros, proferida em abril do ano passado. Em treze páginas, ela desmontou as acusações e não encontrou conexões entre as empresas contratadas e seus supostos beneficiários.

O ex-presidente já havia sido inocentado pelo STF, em julgamento ocorrido em 1994. Na época, o relator da ação penal foi o ministro Ilmar Galvão. Recentemente, Galvão relembrou aquela fase de acusações e emitiu ponto de vista sobre o processo: “O juiz não julga porque acha, pela simpatia. O que eu posso dizer é que não havia prova contra Collor. Seria um absurdo condenar alguém se não havia prova”.

Punição política

Inocentado pela Justiça brasileira, em dois julgamentos no Pleno do STF, ainda assim o ex-presidente enfrentou as consequências de uma punição política, imposta em 1992 pelo Congresso Nacional. O impeachment de Collor foi uma decisão dos deputados e senadores, que resolveram afastá-lo por oito anos da vida pública nacional. Todo o episódio também proporcionou discussões acerca da isenção jornalística na cobertura do caso.

Durante o Seminário “Poder Judiciário e Imprensa”, promovido pela Escola da Magistratura da Justiça Federal da 3!ª Região, ocorrido em São Paulo, em 2011, o jornalista global Caco Barcelos falou sobre a apuração jornalística durante o impeachment do ex-presidente. Na ocasião Barcelos lamentou o fato de, no Brasil, a regra ser a prát Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
8 Comentários

Renan vai recorrer contra CPI da Petrobras exclusiva. Oposição grita

Agência Senado
O presidente do Senado, Renan Calheiros, divulgou nota oficial na manhã desta quinta-feira (24) informando que recorrerá contra a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, pela instalação de uma CPI exclusiva para investigar a Petrobras.

Segundo Renan, diante da imperiosidade de pacificar o entendimento em torno da matéria, o Senado Federal recorrerá da liminar ao plenário do Supremo Tribunal Federal!.

Segue a íntegra da nota.

A independência dos poderes é um pilares das democracias modernas. Tal preceito tem sido observado ao longo dos anos e, em 2013, o pleno do Supremo Tribunal Federal, após a paralisia processual derivada de uma liminar, decidiu, em última instância, que não lhe cabia controlar preventivamente o processo legislativo.

A compreensível divergência acerca da amplitude das Comissões Parlamentares de Inquérito caracteriza uma situação inédita. Ela obriga a reflexão de todos os poderes a fim de evitarmos um precedente que implique futuras investigações seletivas, restritivas ou mesmo persecutórias a serviço de maiorias circunstanciais.

Os regimentos internos do Congresso Nacional, leis internas do Parlamento, são importantes instrumentos para elucidar a matéria. O regimento interno da Câmara dos Deputados, por exemplo, explicita que na ocorrência de requerimentos com objetos coincidentes, prevalecerá aquele de espectro mais Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
52 Comentários

Requião fatura politicamente com a greve da educação no Paraná

Nota publicada na Folha de Londrina, edição desta quinta (24), sobre a greve da educação, deixou o tucano Beto Richa e a petista Gleisi Hoffmann com "dor de cotovelo"; coluna "Informe Folha" relata que ontem, durante discurso do deputado Professor Lemos (PT), manifestantes que lotavam as galerias da Assembleia gritavam "Requião! Requião!".

Nota publicada na Folha de Londrina, edição desta quinta (24), sobre a greve da educação, deixou o tucano Beto Richa e a petista Gleisi Hoffmann com “dor de cotovelo”; coluna “Informe Folha” relata que ontem, durante discurso do deputado Professor Lemos (PT), manifestantes que lotavam as galerias da Assembleia gritavam “Requião! Requião!”.

O senador Roberto Requião (PMDB) é o principal beneficiário da greve dos educadores do Paraná. Ontem, por exemplo, na Assembleia Legislativa, primeiro dia de paralisação, os grevistas gritava “Requião! Requião!” durante discurso do deputado Professor Lemos (PT).  ... 

Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
7 Comentários

Enquanto Richa deixa faltar merenda nas escolas, em Guaratuba os estudantes terão peixe nas refeições

Como foi noticiado por este blog, professores da rede estadual de ensino vêm denunciando a falta de merenda nas escolas. Enquanto isso, o município de Guaratuba avança oferecendo peixes na merenda dos estudantes.

Os vereadores de Guaratuba aprovaram na sessão do dia 22 de abril, por 7 votos a 5, o projeto de lei 561, de autoria do vereador Itamar Junior (PSC), que obriga o fornecimento de peixe na merenda escolar. O projeto agora segue para sanção da Prefeita! Evani! Justos (DEM).

O consumo regular de pescados é! recomendado! por nutricionistas por ser muito benéfico à  saúde. Rico em proteínas e diversos nutrientes, o peixe tem a vantagem de fornecer o bom! colesterol ao contrário da carne vermelha, rica em! colesterol “ruim”, que causa doenças circulatórias e de coração.

Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
3 Comentários

Em Foz do Iguaçu: ‘Quem é Reni é Richa, quem é Richa é Reni’

Com reprovação batendo na casa dos 80%, prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira (PSB), se transformou em um fardo para o governador Beto Richa -- que vai à  reeleição em outubro; Paulo Mac Donald, antecessor na prefeitura iguaçuense, foi visto recentemente cantarolando pelas ruas da cidade

Com reprovação batendo na casa dos 80%, prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira (PSB), se transformou em um fardo para o governador Beto Richa — que vai à  reeleição em outubro; Paulo Mac Donald, antecessor na prefeitura iguaçuense, foi visto recentemente cantarolando pelas ruas da cidade “Quem é Reni é Richa, quem é Richa é Reni”; pedetista é lembrado para a vice da senadora Gleisi Hoffmann (PT).

O ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donald (PDT), um dos nomes lembrados para a vice de Gleisi Hoffmann (PT), se delicia com os índices de reprovação do sucessor Reni Pereira (PSB) que bate os 80%. ... 

Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

“Estamos próximos de resolver a greve dos professores”, diz Traiano

O governador Beto Richa (PSDB) delegou ao seu líder, deputado Ademar Traiano (PSDB), a tarefa de negociar com os educadores em greve desde ontem (23).

Daqui a pouco, à s 15 horas, os grevistas voltam à  mesa de negociação com o governo do estado. O encontro será realizado na Secretaria de Administração.

Ao Blog do Esmael, do qual é colunista, Traiano disse acreditar que se dará hoje mais um passo importante para acabar com a greve. Segundo o líder tucano, são quatro pontos principais que demandam mais: 33% de hora-atividade, auxílio-transporte para os profissionais em licença médica, reajuste de 8,32% de acordo com a Lei do Piso e pagamento de R$ 100 milhões aos professores e funcionários em promoções e progressões.

“Estamos próximos de resolver a greve dos professores”, afirmou o porta-voz do governador Beto Richa.

O Blog do Esmael apurou que o governo do estado sinaliza com o pagamento de 6,7% do índice IPCA na data-base de maio. Esse reajuste !” já previsto em lei !” seria dado a todos os servidores públicos. O governo descarta, no entanto, conceder o reajuste 8,32% previsto na Lei do Piso.

Os profissionais da educação estão acampados em frente ao Palácio Iguaçu por tempo indeterminado.

Pela Fanpage do Blog do Esmael, no Facebook (clique aqui), o leitor poderá acompanhar online os detalhes do alvoroço paredista. Basta curtir e assinar o feed da página para receber as atualizações das notícias gratuitamente em seu navegador.

Acerca da greve

O magistério deflagrou a greve porque o governo Beto Richa (PSDB) não cumpriu a palavra dada em negociações (a exemplo da não implementação dos 33% de hora-atividade no início do ano letivo de 2014) e adotou medidas que punem a categoria (como os descontos no auxílio-transporte).

Os educadores ainda cobram R$ 100 milhões relativos a avanços e progressões não pagos e o cumprimento da Lei Nacional do Piso, que prevê reajuste de 8,32% nos salários deste ano.

A seguir leia, os 13 pontos de pauta reivindicados pela APP-Sindicato:

1. 33% de hora-atividade – Nossa reivindicação histórica para a hora-atividade é de 50%. Queremos sua ampliação imediata para 33% e assim progressivamente. A hora-atividade tem que ser aplicada conforme a Lei 11.738/2008 (PSPN) a todos(as) os(as) professores(as) da rede, obedecendo a regulamentação da carreira de hora-aula de 50 minutos.

2. Piso Nacional – Este ano, foi anunciado, pelo Ministério da Educação (MEC), o índice de 8,32% de reajuste do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN). A APP defende, porém, que o índice a ser aplicado seja o de 10,6%, defendido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

3. Reajuste dos(as) funcionários(as) – Queremos que o reajuste nos sa Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
7 Comentários

PDT de Lupi e Osmar Dias flerta com Eduardo Campos no Paraná

A presidenta Dilma Rousseff poderá ter dor de cabeça com sua base aliada no Paraná que, pelo andar da carruagem, anda mais firme que palanque no bainhado!. Veja se eu não tenho razão, caro leitor.

O ex-governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB) foi ciceroneado ontem em Cascavel, Oeste do estado, pelo prefeito Edgar Bueno (PDT).

Não é segredo para ninguém que o prefeito cascavelense não engole nem com farinha o PT e, consequentemente, a ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann, candidata ao governo do Paraná, pois o resultado das eleições municipais de 2012 ainda está sob litígio e o deputado petista Professor Lemos ainda lhe funga no cangote.

O PDT de Carlos Lupi e de Osmar Dias, presidente licenciado da sigla no Paraná e vice-presidente de Agronegócios do Banco do Brasil, não afrouxa o sutiã! somente em Cascavel. O partido também faz corpo mole! em relação a Dilma e Gleisi em Pato Branco, no Sudoeste, e na Assembleia Legislativa, onde tem três cadeiras.

Durante sua estada em Cascavel, Campos participou de reunião com prefeitos de 52 cidades vinculados à  AMOP (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná). O presidenciável salientou que 80% dos eleitores querem mudança e previu sua presença no segundo turno. Ele também bateu em Dilma acusando-a de perseguir o estado!, repetindo o discurso do governador Beto Richa (PSDB) de que as velhas brigas políticas atrapalhando o Paraná!.

Cascavel tem 305 mil habitantes e fica a 491 km de Curitiba. A cidade está entre as dez mais ricas do estado.

Pato Branco, a 433 km da capital, tem 74 mil moradores e é a 4!ª melhor cidade em qualidade de vida no Paraná.

Leia mais

24 de abril de 2014
por Esmael Morais
28 Comentários

Coluna do Requião Filho: “A insatisfação é geral e irrestrita com os governos Dilma e Richa”

Requião Filho*

No Paraná tanto o Governo Estadual quanto o Governo federal sofrem duros golpes e quedas na aprovação de seus representantes. A insatisfação é geral e irrestrita!

A imagem do nosso glorificado alcaide (não posso chamar de governador quem não governa) sofre com as notícias de não cumprimento de promessas, dívidas não pagas, descumprimento da LRF, falta de respeito com o funcionalismo público, elevação de tarifas de água e luz, funcionários comissionados se passando por concursados segurando faixas elogiosas, e por aí vai…

A imagem de nossa Presidente, na grafia devida, sofre horrores com escândalos de corrupção na PETROBRAS, com a ligação de membros de alto coturno de seu partido com doleiros. O mensalão que parece se tornar algo indelével para os próximos 100 anos de campanha política, sem contar com a lista de promessas não cumpridas, tais como creches, fim da inflação, sua ex-ministra da Casa Civil tentando omitir dados do IBGE que revelariam situações prejudiciais à  reeleição, e por aí vai…

Como fazem nossos representantes? Eles trabalham mais? Eles demitem, investigam, e prendem os corruptos? Eles cobram ações concretas? Não! Eles investem em propaganda. Não é apenas o Beto que gastou mais ou menos R$ 600 milhões em propaganda, o Governo Federal joga o mesmo jogo.

Segundo matéria da Folha, Governo Federal bateu recordes em termos de propaganda gastando R$ 2,3 bilhões: Os valores incluem toda a administração pública direta e indireta. Ou seja, as grandes estatais estão nesse bolo de R$ 2,3 bilhões. Quando são considerados só os órgãos e entidades da administração direta (Ministérios e Palácio do Planalto, por exemplo), o total de 2013 foi de R$ 761,4 milhões, também um recorde na última década e meia.!

O brasileiro está mais crítico. Prestamos mais atenção e queremos mais qualidade dos serviços públicos. A população mais pobre também quer mais e o Bolsa família deixa de ser suficiente para acalmar as massas.

A insatisfação é geral e irrestrita. As propagandas não mais mascaram a realidade, o serviço público precisa melhorar. Não bastam mais propagandas exaltando os governos, que buscam desviar nossa atenção de suas faltas e pecados. O desejo de mudança cresce, queremos mais e melhor, queremos cada vez mais o sonho que nos foi vendido na Constituição de 1988.

Parem de gastar nosso orçamento de saúde em propaganda do horário nobre. Parem de gastar o dinheiro que deveria construir e reformar escolas. Parem de usar as empresas públicas para tentar criar uma imagem positiva vinculada a governos omissos.

A insatisfação é geral. Queremos mudanças, queremos garantir o que existe de bom e melhorar. Queremos muito mais!

Aqui no Paraná queremos mais do que um lote de viaturas para a PM, que ficaram sem combustível e sem manutenção. Queremos mais do que frases de marqueteiros vendendo um Estado que não existe.

Que tal acabar com a propaganda, com a promoção de governos faltosos? Que tal o monopólio estatal? Estatais e governos fazerem apenas campanhas de necessidade p Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo