Olha que fofo: Cheida critica uso de cães como cobaias; mas se cala sobre animais que passam fome na PM

Secretário de Meio Ambiente, deputado licenciado Luiz Eduardo Cheida, criticou o uso de animais como cobaias de laboratório, mas não enxergou no próprio governo que participa cães que prestam serviço na Polícia Militar passando fome; Rasca Rodrigues, deputado verde que coordena a Frente Parlamentar em Defesa dos Animais, foi mais assertivo nesse tema ao elaborar requerimento pedindo explicações à  PM; Tá ruim pra cachorro. Será que é falta de planejamento ou de recursos?!, questionou o parlamentar do PV; posição de Cheida contra as cobaias não deixa de ser fofa, mas é politicamente insuficiente.

Secretário de Meio Ambiente, deputado licenciado Luiz Eduardo Cheida, criticou o uso de animais como cobaias de laboratório, mas não enxergou no próprio governo que participa cães que prestam serviço na Polícia Militar passando fome; Rasca Rodrigues, deputado verde que coordena a Frente Parlamentar em Defesa dos Animais, foi mais assertivo nesse tema ao elaborar requerimento pedindo explicações à  PM; Tá ruim pra cachorro. Será que é falta de planejamento ou de recursos?!, questionou o parlamentar do PV; posição de Cheida contra as cobaias não deixa de ser fofa, mas é politicamente insuficiente.

O deputado licenciado Luiz Eduardo Cheida (PMDB), atual secretário de Estado do Meio Ambiente, nesta quinta (6), emitiu “recado” criticando a utilização de animais como cobaias mantidas em cativeiros de laboratórios para testes e pesquisas na fabricação de medicamentos e cosméticos.

“Para se colocar um remédio na praça, primeiro dá para um bicho engolir. Morreu? Reduz a dose e tenta de novo! Sobreviveu? Bota no balcão da farmácia que o negócio é faturar!”, registrou.

O parlamentar peemedebista, por ora atucanado, pode ter razão ao dizer que “pimenta nos olhos dos outros…”, mas ainda não se ouviu nenhuma manifestação da autoridade ambiental paranaense sobre os cães que passam fome na Polícia Militar do Paraná (clique aqui para relembrar).

A posição de Cheida é fofa, mas politicamente insuficiente. Nesse episódio, o deputado Rasca Rodrigues (PV) foi mais assertivo. Tá ruim pra cachorro. Será que é falta de planejamento ou de recursos?!, disparou o verde, ao informar que protocolaria um pedido de informações sobre o racionamento de ração aos cães da PM.

Comentários encerrados.