No Paraná, consórcio Rede-PV lançará candidato ao Senado

Professor Claudino Dias, da Rede, vai disputar o Senado com àlvaro Dias pelo PV; Dias melhores virão!, antecipa o slogan Professor Claudino, que faz questão de frisar que não tem parentesco com o tucano àlvaro; PPL também lançará um professor, Cláudio Fajardo, para combater o tucano em outubro.
Professor Claudino Dias, da Rede, vai disputar o Senado com àlvaro Dias pelo PV; Dias melhores virão!, antecipa o slogan Professor Claudino, que faz questão de frisar que não tem parentesco com o tucano àlvaro; PPL também lançará um professor, Cláudio Fajardo, para combater o tucano em outubro.
A Rede de Sustentabilidade, o partido de Marina Silva que bateu na trave, lançará candidato ao Senado. Como isso, se a legenda foi gongada! pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)? Calma lá, eu explico.

A Rede funciona no Paraná como uma espécie de braço político do PV. A sigla verde servirá de barriga de aluguel para o Professor Claudino Dias, que se filiou à  sigla da deputada Rosane Ferreira.

No próximo dia 13 de abril, a Rede deverá ratificar o nome apresentado ao Senado. Claudino deverá bater chapa com a professora e socióloga Sigrid Andersen pelo comando da agremiação Rede Sustentabilidade.

Com Professor Claudino no páreo, agora são dois profissionais do magistério que querem substituir o senador àlvaro Dias.

Dias melhores virão!, antecipa o slogan Professor Claudino, que faz questão de frisar que não tem parentesco com o tucano àlvaro.

Para o governo do Paraná, a Rede seguirá o parceiro maior — o PV. Se compor com o senador Roberto Requião (PMDB), por exemplo, estará na chapa. O “partido” mantém conversas semanais com o PCdoB e PPL.

Também vai concorrer ao Senado Professor Cláudio Fajardo, do Partido da Pátria Livre (PPL).

Comments are closed.