Coluna do Marcelo Araújo: “Por que setores da mídia agora são “tchutchuca” na gestão Fruet?”

Publicado em 31 março, 2014
Compartilhe agora!

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, volta as baterias contra seu ex-algoz, jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, que nas eleições 2012 revelou suas pontuações na carteira de habilitação, o que lhe custou o cargo de secretário municipal do Trânsito; "Por que Celso Nascimento agora é tchutchuca na gestão Fruet?", questiona ele, ao comparar as críticas que o jornalista disparava contra a gestão anterior, de Luciano Ducci (PSB), e o sangue doce que agora faz na gestão Fruet; colunista especialista em trânsito também vê atuação "chapa-branca" do SindiUrbano, que estaria pegando pesado em Londrina e aliviando em Curitiba devido simpatias com a vice-prefeita Mirian Gonçalves. Os agentes de Curitiba andam com uniformes aos farrapos e maltrapilhos! e o sindicato nada faz, denuncia; leia o texto.
Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, volta as baterias contra seu ex-algoz, jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, que nas eleições 2012 revelou suas pontuações na carteira de habilitação, o que lhe custou o cargo de secretário municipal do Trânsito; “Por que Celso Nascimento agora é tchutchuca na gestão Fruet?”, questiona ele, ao comparar as críticas que o jornalista disparava contra a gestão anterior, de Luciano Ducci (PSB), e o sangue doce que agora faz na gestão Fruet; colunista especialista em trânsito também vê atuação “chapa-branca” do SindiUrbano, que estaria pegando pesado em Londrina e aliviando em Curitiba devido simpatias com a vice-prefeita Mirian Gonçalves. Os agentes de Curitiba andam com uniformes aos farrapos e maltrapilhos! e o sindicato nada faz, denuncia; leia o texto.
Marcelo Araújo*

Em 03/09/2009 o jornalista Celso Nascimento, de olhar soturno e palavras audaciosas, porém de alma ignóbil, disparou a bazuca contra a Urbs/Diretran (relembre aqui) que estava fazendo as notificações das multas via Diário Oficial do Município, prática que despertou o Ministério Público e que em 03/12/2009 a 2!ª Vara da Fazenda Pública rechaçava a prática (clique aqui).

Estranhamente vemos que a prática volta a ser adotada pela Secretaria de Trânsito do Município a qual ainda busca suporte dessa prática na Resolução 404 do CONTRAN.

Para informação do leitor, e quem mais interessar possa, a Resolução 404 do CONTRAN, em seu Art. 12, estabelece que a notificação por edital dar-se-á quando forem esgotadas as tentativas da notificação postal ou pessoal.

Presume-se, então, declaradamente está sendo descumprida a dita Resolução que seria a fonte para tal prática. Ou será que agora é excesso de zelo, vez que no ano passado, após ser desmascarada a tentativa de fraude em 60 mil multas, por problemas de notificação postais, a Secretaria não acredita nem em si mesma e já engessa o braço antes de quebrar?

Quem vai ressarcir os R$ 5 milhões de prejuízo estimados que for causado ao cidadão? O impoluto Celso Nascimento? O atento Ministério Público? Ora, quem bate em Chico também deveria bater em Francisco! Ou virou tchutchuca?

Estou certo ou estou errado?

Aqui cabe lembrar também a discussão sobre a criação do cargo de agente de trânsito. Uma das justificativas seria até mesmo o preparo para a Copa do Mundo e, por isso, o edital fora prometido para o segundo semestre de 2013, e, salvo engano, já acabou o verão de 2014. Ou seja, primeiro trimestre já era e nada…

Igualmente chama-nos a atenção a postura do SINDIURBANO que representa a classe dos atuais agentes. Sempre muito combativo, preocupado e indignado quando faltava água, se preocupando com a higiene dos locais de trabalho, salubridade nas ruas, nunca deu folga. Certo! Legítimo!

Em Londrina está praticamente desencadeando a greve dos funcionários da CMTU, mas parece que se esqueceu dos agentes de Curitiba, que andam com uniformes aos farrapos e maltrapilhos, o mínimo para sua dignidade e autoestima.

Quando faltou água e estragou o refrigerador, os agentes tiveram de levar água gelada de casa para suportar o verão escaldante que também assolou quem ficou aquartelado.

Esperemos que o SINDIURBANO não faça corpo mole só porque seus diretores são simpáticos ao PT, partido da vice-prefeita Mirian Gonçalves, pois, senão daqui a pouco teremos mais uma greve para ela azucrinar o prefeito Gustavo Fruet, do PDT.

De multa eu entendo!

*Marcelo Araújo é advogado, presidente da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade da OAB/PR. Escreve nas segundas-feiras para o Blog do Esmael.

Compartilhe agora!

Comments are closed.