Coluna do Marcelo Araújo: “Por que setores da mídia agora são “tchutchuca” na gestão Fruet?”

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, volta as baterias contra seu ex-algoz, jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, que nas eleições 2012 revelou suas pontuações na carteira de habilitação, o que lhe custou o cargo de secretário municipal do Trânsito; "Por que Celso Nascimento agora é tchutchuca na gestão Fruet?", questiona ele, ao comparar as críticas que o jornalista disparava contra a gestão anterior, de Luciano Ducci (PSB), e o sangue doce que agora faz na gestão Fruet; colunista especialista em trânsito também vê atuação "chapa-branca" do SindiUrbano, que estaria pegando pesado em Londrina e aliviando em Curitiba devido simpatias com a vice-prefeita Mirian Gonçalves. Os agentes de Curitiba andam com uniformes aos farrapos e maltrapilhos! e o sindicato nada faz, denuncia; leia o texto.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, volta as baterias contra seu ex-algoz, jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, que nas eleições 2012 revelou suas pontuações na carteira de habilitação, o que lhe custou o cargo de secretário municipal do Trânsito; “Por que Celso Nascimento agora é tchutchuca na gestão Fruet?”, questiona ele, ao comparar as críticas que o jornalista disparava contra a gestão anterior, de Luciano Ducci (PSB), e o sangue doce que agora faz na gestão Fruet; colunista especialista em trânsito também vê atuação “chapa-branca” do SindiUrbano, que estaria pegando pesado em Londrina e aliviando em Curitiba devido simpatias com a vice-prefeita Mirian Gonçalves. Os agentes de Curitiba andam com uniformes aos farrapos e maltrapilhos! e o sindicato nada faz, denuncia; leia o texto.

Marcelo Araújo*

Em 03/09/2009 o jornalista Celso Nascimento, de olhar soturno e palavras audaciosas, porém de alma ignóbil, disparou a bazuca contra a Urbs/Diretran (relembre aqui) que estava fazendo as notificações das multas via Diário Oficial do Município, prática que despertou o Ministério Público e que em 03/12/2009 a 2!ª Vara da Fazenda Pública rechaçava a prática (clique aqui).

Estranhamente vemos que a prática volta a ser adotada pela Secretaria de Trânsito do Município a qual ainda busca suporte dessa prática na Resolução 404 do CONTRAN.

Para informação do leitor, e quem mais interessar possa, a Resolução 404 do CONTRAN, em seu Art. 12, estabelece que a notificação por edital dar-se-á quando forem esgotadas as tentativas da notificação postal ou pessoal.

Presume-se, então, declaradamente está sendo descumprida a dita Resolução que seria a fonte para tal prática. Ou será que agora é excesso de zelo, vez que no ano passado, após ser desmascarada a tentativa de fraude em 60 mil multas, por problemas de notificação postais, a Secretaria não acredita nem em si mesma e já engessa o braço antes de quebrar?

Quem vai ressarcir os R$ 5 milhões de prejuízo estimados que for causado ao cidadão? O impoluto Celso Nascimento? O atento Ministério Público? Ora, quem bate em Chico também deveria bater em Francisco! Ou virou tchutchuca?

Estou certo ou estou errado?

Aqui cabe lembrar também a discussão sobre a criação do cargo de agente de trânsito. Uma das justificativas seria até mesmo o preparo para a Copa do Mundo e, por isso, o edital fora prometido para o segundo semestre de 2013, e, salvo engano, já acabou o verão de 2014. Ou seja, primeiro trimestre já era e nada…

Igualmente chama-nos a atenção a postura do SINDIURBANO que representa a classe dos atuais agentes. Sempre muito combativo, preocupado e indignado quando faltava água, se preocupando com a higiene dos locais de trabalho, salubridade nas ruas, nunca deu folga. Certo! Legítimo!

Em Londrina está praticamente desencadeando a greve dos funcionários da CMTU, mas parece que se esqueceu dos agentes de Curitiba, que andam com uniformes aos farrapos e maltrapilhos, o mínimo para sua dignidade e autoestima.

Quando faltou água e estragou o refrigerador, os agentes tiveram de levar água gelada de casa para suportar o verão escaldante que também assolou quem ficou aquartelado.

Esperemos que o SINDIURBANO não faça corpo mole só porque seus diretores são simpáticos ao PT, partido da vice-prefeita Mirian Gonçalves, pois, senão daqui a pouco teremos mais uma greve para ela azucrinar o prefeito Gustavo Fruet, do PDT.

De multa eu entendo!

*Marcelo Araújo é advogado, presidente da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade da OAB/PR. Escreve nas segundas-feiras para o Blog do Esmael.

Comentários encerrados.