50 anos: para jamais esquecer o golpe fascista-militar no Brasil; assista

Vários brasileiros tombaram lutando pelo restabelecimento das liberdades democráticas no Brasil; segmentos ultradireitistas, saudosos, pedem a volta do regime fascista-militar quando o golpe completa 50 anos; período das trevas, entre 64 e 85, foi marcado por prisões ilegais, torturas, assassinatos de oponentes aos golpistas; país pode rediscutir Lei de Anistia e há quem defenda a criminalização daqueles que fazem apologia à  ditadura; assista ao vídeo com documentário "15 filhos", que retrata como era a vida de filhos de guerrilheiros.

Vários brasileiros tombaram lutando pelo restabelecimento das liberdades democráticas no Brasil; segmentos ultradireitistas, saudosos, pedem a volta do regime fascista-militar quando o golpe completa 50 anos; período das trevas, entre 64 e 85, foi marcado por prisões ilegais, torturas, assassinatos de oponentes aos golpistas; país pode rediscutir Lei de Anistia e há quem defenda a criminalização daqueles que fazem apologia à  ditadura; assista ao vídeo com documentário “15 filhos”, que retrata como era a vida de filhos de guerrilheiros.

Eu não era nascido ainda, mas a História ensinou-me desde cedo que o golpe militar em 31 de março de 1964 manteve o Brasil nas trevas por 21 anos. “Os anos de chumbo” mesclaram participação de golpistas civis e militares nesse sombrio período de crimes contra a vida e à s liberdades individuais. Uma geração de inteligência foi exterminada nos porões de tortura, na censura ou foi eliminada fisicamente por fazer oposição ao regime fardado.

Concordo plenamente com a criminalização daqueles que fazem apologia à  ditadura militar, pois, se atentam contra a democracia, defendem golpes, são também contra os Direitos Humanos. Semana passada, alguns grupos ultradireitistas tiveram a pachorra de ir à s ruas pedindo a volta dos gorilas ao poder.

O Brasil ainda engatinha no amadurecimento de suas instituições. Assistimos recentemente, por exemplo, o Supremo Tribunal Federal (STF) invadindo as atribuições do Congresso Nacional, seja cassando mandatos eletivos, seja legislando no vácuo deixado pelos parlamentares. A Corte máxima também agiu politicamente ao perseguir, julgar e condenar adversários. A ação é digna de comparação ao Tribunal de Nuremberg — a Corte de exceção da Alemanha nazista.

Em um primeiro momento, o leitor poderá achar que estou defendendo o PT que teve seus membros julgados e condenados pelo STF. Pode até ser isso, mas o recente “alívio” do órgão em cima do mensalão tucano — no caso Azeredo — me dá razão nessas críticas.

Volto à  História. A ditadura militar produziu um dos períodos mais violentos e mais corruptos já vividos no país. Além de prender, torturar e matar opositores, o regime mantinha relações promíscuas com empresários e imprensa que lhes davam sustentação política. Em troca, o Estado lhes retribuía com negócios, obras e informações privilegiadas.

Os 50 anos do golpe militar é para que os brasileiros nunca se esqueçam dos crimes praticados entre 1964 e 1985. Concordo com o ex-presidente FHC: os militares devem pedido formal de desculpas. Mas faço uma observação: isto não significa que as punições devam ser deixadas para lá. Pelo contrário. A Lei da Anistia, de 1979, precisa ser revogada. Segundo o Datafolha, publicado hoje pelo jornal Folha de S. Paulo, 46% dos brasileiros defendem castigo aos torturadores e 41% são contra.

Abaixo, publico o documentário “15 filhos” de Maria Oliveira e Marta Nehring, que retrata os horrores e crimes praticados pela repressão militar no Brasil:

54 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. é 50 anos sem ter alguem pra punir uma ideologia que quer acabar com a familia a espiritualidade e a autocritica,hoje esse pais é dominado pelo socialismo e o exercito que hoje é quase inutil,nao faz nada,entao vamos deixando o comunismo tomar nosso pais,numa boa,enquanto assitimos futebol e somos distraidos pela midia imunda,que nos distrai da realidade,vamos deixar as criancas serem manequins da publicidade e tranquilo.

  2. I simply want to mention I am beginner to blogging and definitely savored your web page. Very likely I’m want to bookmark your site . You certainly come with perfect article content. Appreciate it for sharing your website page.

  3. Desde 1964 era feliz e não sabia…FORA DEMONIOS VERMELHOS, BANDIDOS PETRALHAS….DITADURA VERMELHA – A UNICA QUE NUNCA DEU CERTO EM LUGAR ALGUM E EM TEMPO ALGUM…..Destruidores da nação…..Os autores do maior crime de lesa-patria do mundo…comunas de araque…

  4. Militarismo já
    Fora corruptos e bandidos do PT, PSDB,PDT…

  5. sou a favor da ditadura novamente sim!! todos falam apenas nos crimes que os militares cometeram, mas não falam dos beneficios que o regime nos trouxe…agora ao escritor do texto, vc é contra o regime militar pq ele afronta os direitos humanos, mas hj no Brasil soh tem direitos humanos pro ladrão q vai preso, ou pra mae de um bandido morto!! agora pra mae de um militar inocente q vai subir o morro no rio de janeiro e eh morto, ai jah nao tem mais direitos humanos neh??? vai a merda tudo isso, Brasil ta na hora de acordar…deixem de ver as coisas pelo lado da midia, comecem a ver o inteiro e nao apenas uma parte!!!

  6. Os brasileiros precisam saber discernir DITADURA MILITAR que nunca existiu no Brasil, e REGIME MILITAR, que foi o tipo de governo que tivemos. Os torturados pelo regime militar ou presos, nada mais foram que essa gentalha do PT que queria implantar um regime CUBANO no Brasil e foi extamente por esse motivo que os militares tomaram o poder e deveriam tomar agora novamente porque estamos caminhando para um regime Cubano ou alguém ainda tem dúvidas. Ditadura Militar é o regime que existe na Coréia do Norte e em Cuba. Nesses regimes o povo não pode sair do país e nem tem livre expressão. No Brasil sempre tivemos liberdade de ir para qualquer lugar e de falar mal do governo. Só apanhou na cara e foi em cana os TERRORISTAS e COMPARSAS da DILMA que matou gente inocente, assaltou 5 bancos e a casa do governador no Rio roubando 3 milhões de dólares. Ela era uma terrorista e era gente com ela que queria implantar um regime cubano no Brasil e está plantando, devagarinho. Veja com ela mantém relações´de amizare, só com DITADORES. Mas, como a unanimidade é burra mesmo, se deixa levar pela lorota e ainda bate palmas para um governo que tem seus portos num verdadeiro caos mas investe num porto em Cuba e perdoa dívidas de países caloteiros, fatos que não podem ser realizados sem a aprovação do congresso, mas como está todo comprado, assim como a imprensa…. tudo vai sendo feito ás claras sem que ninguém faça nada. Sabem que nos salvaria neste momento? Os militares… VOLTEM POR FAVOR…. EU ERA FELIZ E NÃO SABIA….

  7. opinião bem parcial heim … parcial e partidária seu direito .

  8. Qual a diferença dos mortos supostamente políticos, há 50 anos atrás na dita “DITADURA”, para os mortos de hoje, 50 anos depois nesta suposta DITADURA democrática que vivemos.
    Hoje, tomamos tiros na cabeça no portão de casa. Somos queimados vivos dentro de nosso local de trabalho. Crianças assassinadas com tiros de execução na cabeça.Pessoas sendo encontradas em pedaços, cujas as partes espalhadas na terceira maior cidade do mundo. Qual a diferença, ou melhor semelhança.
    Para quem tem bom senso, e olhos mais apurados, não há semelhança, pois o que vivemos hoje, nesta suposta DEMOCRACIA DITATORIAL, é sem exageros nenhum, é mil vezes pior que aqueles tempos,que hoje, as vítimas supostamente sobreviventes,estão cumprindo pena na cadeia por roubar a nação sem pudor algum, e por nenhum ideal político, e sim , e somente financeiro e mais nada, condenam um passado para ficarem bonitinhos na foto eleitoral.
    Na real, eles estão se lixando com mortos do passado e de nosso presente, pois usam fatos, pra se tornarem ratos da nação pobre de cultura e conhecimento.
    Quem puder me responda, qual a diferença daquela época, supostamente negra, para oque vivemos hoje nesse Brasil que agoniza lentamente meios a corpos de inocentes assassinados todos os dias, e em número bem maior daqueles que sumiram na ditadura militar.
    Existe uma semelhança, ou uma diferença?
    Acho que basta pensar e ver os noticiários todos os dias… Ditadura! Democracia! Ou Ditadura democrática? …Onde todos nossos direitos estão reservados…Até o de jantar fora e voltar vivo para casa.

    • Mais um que confunde as coisas. E parece que voces o fazem de proposito com desonestidade intelectual, pois a diferença é fundamental já que na ditadura militar não havia a opção de votar. Era aceitar o governo posto sem a participação de todos. Agora não, o governo que ai está é legitimado pelas urnas. Quanto a violencia, ela era praticada pelas mãos do próprio governo militar, hoje a violencia é das ruas , da sociedade, um fenomeno mundial e não é culpa do governo, que pelo contrario a combate com seus programas sociais que tira da miseria mais de 30 milhões de familias brasileiras e dá outras oportunidades de educação (Pro Uni e cursos profisionalizantes)e de habitação (Minha Casa Minha Vida). Hoje quem faria melhor que Lula e Dilma.

  9. O Brasil foi salvo pelo golpe militar de 1964, a “DESORDEM” continua que se repete hoje, sem limites nos meios de comunicação e que influencia a população a concordar com a Rede Globo, campeão de baixaria com as suas novelas promiscuas e de baixíssimo nível intelectual. “Esqueçam PT, PSDB, PMDB….hoje não existe nenhum partido que mereça o respeito do POVO. O Brasil precisa de “ORDEM” para ter progresso e com essa “DEMOCRACIA CORRUPTA” esse dia não vai chegar. Os intelectuais comunistas e que desejavam transformar o Brasil em uma “CUBA” estão ganhando dinheiro do estado sem reclamar, o que é muito interessante.

    • Durante a ditadura o contrabando e o jogo do bicho se associaram a agentes da repressão e se fortaleceram. O crime organizado nasceu. A promiscuidade entre polícia e bandido, tema do filme Lúcio Flávio (Babenco), se consolidou na ditadura, que promoveu e anistiou depois torturadores. O Comando Vermelho surgiu num presídio da ditadura.

      Ao terminar em março de 1985, a ditadura deixou uma inflação que virou hiper (a acumulada de 1984 foi de 223,90%), uma moeda desvalorizada (um dólar valia 4.160 cruzeiros), uma dívida externa que nos levou à moratória (FMI suspendeu em fevereiro de 1985 o crédito ao Brasil, que não cumpria as metas depois de sete tentativas). Outra herança: desmantelamento do ensino público.

      fonte:http://blogs.estadao.com.br/marcelo-rubens-paiva/no-tempo-da-ditadura/

  10. Esse ano tem eleição, quem acha que não está bom, mude, vote diferente… Na ditadura não tinha como mudar, agora tem…

  11. Com isso, quero dizer que o Exército Brasileiro deveria se preocupar, tanto antes como depois, com as possíveis ameaças geoestratégicas no cone sul, e, atualmente, deveria entender melhor seu papel nas operações de paz e na consolidação do Brasil como um candidato forte ao Conselho Permanente de Segurança da ONU, e não se reduzir a mero fantoche dos interesses das classe mais abastadeas da época da chamada revolução “democrática”.

  12. Boa tarde. Penso que nenhum tipo de ditadura deve ser defendido, seja ditadura de esquerda, seja ditadura de direita. No meu caso, servi ao Exército durante 09 anos, na condição de oficial formado pela AMAN, e o que mais me intriga é que a instituição, hoje em dia desmotivada e desaparelhada, tenta obter algum tipo de reconhecimento popular relembrando dos tempos dos governos militares. Dito de outra forma, o Exército Brasileiro simplesmente tenta escrever sua história como um mero partido político, golpista e anti-democrático, esquecendo-se de sua precípua vocação, que é a defesa da integridade territorial e nacional com base em regras constitucionais, e não por meio de esquemas armados de tomada de poder.

  13. Democrático um governo que alinha com Cuba, Irã, China, Rússia, Colombia, Venezuela, Iraque e que tais?
    Democrático um governo que cala jornalistas como José Neunnâme, Paulo Martins, Ogier Bucchi e que logo, logo, calarão Sherazade?

    • O Golpe militar de 64 representou um REPÙBLICIDIO mataram uma experiencia DEMOCRATICA q estava na consttituição de 1946 entregaram o país ao capital estrangeiro e destruiram o Brasil cultural,educacional politico,social,juridico e economicamente popular e ate hoje não se resolveu o que so nos restou foi matança corrupção,opressão e enriquecimento ilicito das elites que ainda persiste eo pior que tem gente que diz que era melhor na Ditadura

      • A ditadura militar (aliás, nem ditadura foi porque nenhum deles ficou mais do que quatro anos no poder) a cultura era bem melhor, até porque o aluno sabia cantar o Hino Nacional, sabia também onde começava e onde terminava os seus direitos de cidadão. Houve enriquecimento ilicito? acredito que sim, porém não mais do que hoje em dia; Houve perseguição política? Sim! mas somente perseguiam aos terroristas que queriam entragar o Brasil nas mãos prepotentes do comunismo internacional. Falar bem ou mal deste ou daquele período é normal, pois se vivemos numa democracia então temos o direito de falar o que pensamos. Agora dizer que vivemos numa democaria totalitária e querer ser enganado até porque se pudesse o governo meteria na prisão todos os que se dizem contra a anarquia que se instalou no Brasil, a partir de quando entregaram o País nas mão dos civis.

        • Você diz: “mas somente perseguiam aos terroristas que queriam entragar o Brasil nas mãos prepotentes do comunismo internacional”…
          E a cassação de JK, por acaso ele era comunista?
          A estilista Zuzu Angel era comunista?
          Caçaram parte da bancada do PTB, partido fundado por Getúlio Vargas, como Almino Afonso e meu pai, Jânio Quadros, Miguel Arraes, o deputado católico Plínio de Arruda Sampaio, o economista Celso Furtado, o jornalista Samuel Weiner, até o presidente da Petrobras, marechal Osvino Alves. Nenhum deles era comunista.

          Parte do Relato do Frei Dominicano Tito, torturado pelo regime golpista:

          “Ao chegar à OB fui conduzido à sala de interrogatórios. A equipe do capitão Maurício passou a acarear-me com duas pessoas. O assunto era o Congresso da UNE em Ibiúna, em outubro de 1968. Queriam que eu esclarecesse fatos ocorridos naquela época. Apesar de declarar nada saber, insistiam para que eu “confessasse”. Pouco depois levaram me para o “pau-de-arara”. Dependurado nu, com mãos e pés amarrados, recebi choques elétricos, de pilha seca, nos tendões dos pés e na cabeça. Eram seis os torturadores, comandados pelo capitão Maurício. Davam-me “telefones” (tapas nos ouvidos) e berravam impropérios. Isto durou cerca de uma hora. Descansei quinze minutos ao ser retirado do “pau-de-arara”. O interrogatório reiniciou. As mesmas perguntas, sob cutiladas e ameaças. Quanto mais eu negava mais fortes as pancadas. A tortura, alternada de perguntas, prosseguiu até às 20 horas. Ao sair da sala, tinha o corpo marcado de hematomas, o rosto inchado, a cabeça pe sada e dolorida. Um soldado, carregou-me até a cela 3, onde fiquei sozinho. Era uma cela de 3 x 2,5 m, cheia de pulgas e baratas. Terrível mau cheiro, sem colchão e cobertor. Dormi de barriga vazia sobre o cimento frio e sujo”.
          LEIA NA ÍNTEGRA EM http://www.torturanuncamais-sp.org/site/index.php/historia-e-memoria/270-relato-da-tortura-de-frei-tito

    • Pelos suas referencias da pra ver que vc realmente ta mais por fora que bunda de índio.
      Larga mão de ser provinciano e abre a cabeça.
      Vai ler algo melhor e para de assistir porcaria. Isso faz mal e deixa o cara amargo, sem referncia na vida e cada vez mais por fora…

      não precisa ir longe , muda so o canal e vai ver desenho , talvez te de mais eperança na vida …

  14. …,Á PIOR DESGRAÇA DE UM POVO É, UM POVO SEM CULTURA…

  15. Nem todos os militares eram torturadores e do mal , assim como nem todos os pseudo revolucionários eram do bem , é só ver a corja que está se locupletando das benesses do poder hoje em dia .

  16. A ditadura foi um mal necessário (ou “um diabo necessário”, como diria o Pica-Pau). Sem a contra-revolução, os comunistas teriam tomado o poder por aqui e transformado tudo em uma Cuba. A ditadura surgiu com a promessa de terminar logo, mas isso não aconteceu porque os milicos gostaram do poder e não queriam devolvê-lo à sociedade. O que é normal, já que o PT faz o mesmo.

    Quanto à repressão, a verdade é que o regime militar foi ruim para 200 ou 300 terroristas que estavam matando gente. Para o resto da população, foi a melhor época, em termos de progresso material, que o país já viveu. Crescia-se 30% durante o período Medici. Pessoas que jamais estiveram no mercado de trabalho ingressaram nele, foram tiradas da pobreza e conquistaram seus bens sem dever nada ao governo. O PT tira as pessoas da pobreza com dinheiro de imposto, enquanto o Medici dava às pessoas o trabalho.

    Sem falar na segurança que havia na época. Em qualquer cidade, grande ou pequena, era possível passear com a família à noite sem medo de ser metralhado por traficantes ou esfaqueado por drogados. Bandido não tinha vez. MST, muito menos.

    • vai estudar , vc saiu do primário agora, qdo chegar no 2º grau talvez vc saiba algo mais pra para de falar asneira

    • Em 1964 o Brasil viveu um golpe de estado, tinha uma presidente devidamente empossado de maneira legal e simplesmente ele foi deposto. Alguns generais, civis influentes e agentes da CIA, inventaram fantasmas comunistas em sua imaginação e depuseram o presidente da república. É preciso lembrar a época em que vivíamos,o auge da guerra fria, muitos ainda viviam a herança do macartismo. Havia comunista? Havia sim, mas haviam pessoas de todas as correntes políticas no país, como deve haver em um país que se proclama democrático.
      O povo brasileiro da época tinha um perfil bem parecido com o atual: a maioria havia estudado muito pouco, lido pouco, pessoas não politizadas; enfim, gado manso. Então é uma mentira dizer que esse povo apoiou o golpe de estado, na verdade para a maioria não fazia muita diferença, pois sabiam que boa parte deles continuaria a margem do progresso e das conquistas do país, a maioria continuaria sendo a tal da MÃO DE OBRA BARATA. Quem apoiou o golpe de estado? Quem enxergou uma chance de se dar bem, de continuar a servidão no país, nada mais. É só pesquisar as grandes fortunas construídas na época, que duram até hoje.

    • Oh Denis, voce está misturando tudo, ou o faz de propósito, pois naquela época, havia tranquilidade sim, de sair as ruas sem ser assaltado, mas isso era assim no mundo inteiro, não havia o consumo exacerbado do uso de drogas, e não era por mérito dos militares e o que acontece hoje (questão das drogas e da insegurança) também não é culpa do governo, posto que é um problema mundial.

  17. GENILDO
    O GOLPE FOI DADO AOS DE ESQUERDA E QUEM DEU ESSE GOLPE FOI OS MILITARES COM AJUDA DO ROBERTO MARINHO A GLOBO A VEJA E OUTROS CANAIS DE DIREITA QUE NO GOVERNO DO FHC QUEBRARO O BRASIL E ESTAO TENTANDO VOLTAR PARA TENTAR NOVAMENTE QUEBRAR O BRASIL PSDB E DEM GLOBO EVEJA SAO OS DESESTABILIZADOR DA DEMOCRAÇIA

    • Não sei onde vc vê democracia … o que vemos é politicocracia .. onde defendem apenas os direitos dos POLÍTICOS !!! e o povo que se dane !!!
      Pagamos para uma corja ficarem gordos iguais a porcos !!!!!

      Acorda Brasil !!!!
      política nunca mais !!!!

    • Não contestei absolutamente nada apenas usei a ambiguidade do texto, afinal ele cabe perfeitamente nos dois contextos, passado e presente.

  18. Uma ditadura não é boa para um país, mas dos males o menor, melhor a “truculenta” milicada no poder do que a cumpanherada ávida em roer os cofres da nação e roubarem o quanto conseguirem.

    31 de Março 1964 – 2014. 50 anos que nos livraram da miséria e da falta de liberdade.
    ………………………..

  19. Prefiro ditadura do que esse desgoverno corruPTo …
    Temos a presidenta guerrilheira que matava, roubava, sequestrava e ainda por cima quer que a ” comissão da verdade” que só tem PETISTAS avaliem algo … militares sempre são tratados como assassinos .. e quantos militares foram mortos ?

    Graças à DEUS não viramos CUBA !

    Lula e Dilma querem que viremos uma CUBA de qualquer maneira em 2014 !

    Fora corruPTos !

  20. EU TBÉM
    Eu tbém concordo com a criminalização dos apologista de ditaduras, principalmente daqueles que descarada e cinicamente APOIAM ditaduras como a da Venezuela, da Russia, etc.
    É fácil dizer que é contra a ditadura aqui, quando eu e muitos (voce não, pq ainda jogava burquinha na rua empoeirada de jardim alegre) arriscamos empregos, estabilidade social e outros com maior envolvimento arriscaram até a vida para que hoje possamos ter esta fragil e corrupta democracia. Mas dificil é dizer que é contra a ditadura daqueles qeu financiam os espaços (inclusive blogs) da dito “esquerda”.

    MEnos hipocrisia, mais coerencia. Fora qualquer tipo de ditadura, que ao meu ver, não tem esta de esquerda ou direita. Ditadura é e será sempre igual.

    • Venezuela e Rússia elegeram seus respectivos presidentes pelo voto direto. Abs.

      • A Rússia não é uma ditadura, hoje em dia… Mas o regime da Venezuela não pode ser levado a sério, é tão ridículo e manipulador, quanto a velha marcha de 1963 que aquelas mulheres alienadas promoveram.

  21. Não sou a favor e jamais serei, da ditadura, seja ela da forma que for, pois o povo deve ser livre e poder expressar esta liberdade, mas estranhamente vejo neste blog o título: GOLPE FASCISTA-MILITAR, por que cargas d’água o blogueiro não faz a mesma chamada de matéria quando Cuba faz aniversário? Ou os militares ditadores golpistas de lá são diferentes daqueles que tínhamos aqui?

    E como disse bem o regis, a ditadura de direita é inadmissível, mas quando esta parte da esquerda, aí pode, está tudo bem…

    CHORA PTZADA, SEUS DIAS DE PODER ESTÃO CHEGANDO AO FIM, EM OUTUBRO DESTE ANO VAI TER TANTO SINDICALISTA DESEMPREGADO, TANTO LAMBE SACO SAINDO AS RUAS FAZER MANIFESTAÇÕES (POIS NÃO TERÃO OUTRA COISA A FAZER), APROVEITEM O RESTINHO DE MANDATO DO PT, PORQUE EM BREVE ESTARÃO TODOS NA RUA. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  22. É impressionante como FHC fala, fala e fala, ocupa todos os espaços, mas não consegue dizer nada de novo de verdade. O quê será que as Forças Armadas atuais têm a ver com as loucuras de alguns psicopatas das Forças Armadas do passado que se deixaram levar pelas loucuras de outros psicopatas civis, velhacos, bandidos e até assassinos, que acabaram contaminando, envenenando e até mudando a cor dos rebanhos de ambos os lados ? Ademais, sob o teto do Estado Democrático de Direito, Forças Armadas que não vivem para servir à vontade da maioria da população enquanto expressão máxima do Estado Democrático de Direito não servem para viver e devem ser extintas. Aliás,neste aspecto,o silêncio das Forças Armadas atuais em si mesmo já é uma confissão e já fala tudo por si só:” nada temos a ver com as loucuras do passado,parem com isso, somos fiéis guardiões do Estado Democrático de Direito, queremos vida nova.Urge virarmos essa página infeliz da nossa história, pelo amor de Deus”. AMéM.
    ANDRÉ LUIZ: “É como diz o HoMeM do Mapa da Mina: “˜ Exceto Deus, ninguém segura o Brasil. Nascemos para ser o número 1 (um) do mundo, e vamos chegar lá, principalmente em termos de IDH, porque, com a RPL-PNBC-ME, o Brasil pode mais, muito mais”™. Que venha então o HoMeM e a Mega-Solução, da paz, do amor, do perdão, da conciliação, da união, da mobilização e do quanto melhor, melhor. E xô partidarismo-elleitoral e gollpismo-ditatorial velhacos, caducos, trapalhões, briguentos, cheios de ódio e vingança em seus corações, peçonhentos, que só sabem praticar o quanto pior, melhor, e, com isso, só atrapalham a vida do Brasil e do povo brasileiro que quer e precisa evoluir. Chega dos mesmos. Que venha o HoMeM e a Mega-Solução, porque evoluir é preciso. É disso que o veio gosta, é isso que o veio quer.”
    Obrigado ao André Luiz pela deferência feita lá no 247 à minha pessoa. Bater em mulher e crianças, ainda que seja apenas nas urnas, é uma coisa que não está em mim, não é e nunca foi da minha índole pacífica. Até por isso, se o Randolfe, do PSOL, resolver me ceder a vaga de candidato à Presidência, atendendo ao apelo e à vontade das ruas do Brasil, em prol do Novo Brasil de Verdade, eu prefiro como adversários, se for o caso, o FHC e o LULA, que são “os cachorros grandes” da sucessão, que, na verdade, estão com medo do Leão, por isso escondidos atrás de Aécio, Dilma, Campos e CIA.

    • Loriaga Leão.Você meu amigo retirol da mente de todos nos brasileiros o nosso idealismo nacional.Infelizmente ,para o mundo, o Brasil se resume apenas em “Copa e Carnaval”.No filme Olga, a própria diz que:”não posso entender este pais”, porque em plena persuasão do governo sobre a população, o povo comemora.Sabemos nós que isso não pode continuar.A unica maneira de mudar isso é o povo se erguendo e se impondo diante de tal democracia erradamente organizada em que vivemos.como fizemos a meses atrás, o povo não aguentava mais tantos golpes que os políticos estavão dando e se manifestou(fazendo protestos e se expondo para o mundo ver).temos SIM a capacidade de nos tornarmos de primeiro mundo, so depende de nós.E essa copa não deve acontecer, ela só esta servindo para esconder e tentar fazer com que todos esqueçam a pequena demonstração de capacidade da população brasileira de querer mudar, frente a grande em que podemos.

  23. Essa ditadura do PT dá nos nervos. Se estivéssemos realmente sob uma ditadura, muitos idiotas estariam caladinhos, encolhidinhos, e não mentindo e/ou dizendo besteiras na internet. Viva a liberdade, apesar dos idiotas.

  24. “Funpar na rua, Gleisi a culpa é sua!!!” – agora no centro de curitiba

  25. O golpe militar como foi feito na época, sou totalmente contra, mas que precisamos, de ordem no pais, isso é URGENTE, a forma como esta hoje, é altamente preocupante, primeiro que a CONSTITUIÇÃO NÃO É CUMPRIDA, hoje os conchavos, estão bem mais gritantes, que 1964, o que necessitamos hoje, tanto a nível FEDERAL COMO ESTADUAL, é um governo, que preze pelo NACIONALISMO, e não pelos acordos neo-liberais, onde e como tem acontecido, estão loteando o Brasil.FORA PT E FORA PSDB, VIVA O NACIONALISMO.

  26. “o regime mantinha relações promíscuas com empresários e imprensa que lhes davam sustentação política. Em troca, o Estado lhes retribuía com negócios, obras e informações privilegiadas”, NEM EU CONSEGUIRIA DESCREVER A HISTÓRIA DO PT NO PODER DE UMA FORMA MELHOR……..

    • O PT e o regime militar de 64 comungam do mesmo
      pecado: ambos tiveram a chance de passar o Brasil
      a limpo, mas se deslumbraram co o poder, e falharam!
      Os militares ficaram tempo demais no poder, e aí se
      corromperam com a “coisa pública” achando que se é
      público, é meu!
      Na verdade só “entregaram” o país aos civis,
      quando a administração político-econômica do país
      ficou difícil e complicada demais para suas
      cabeças limitadas.
      Itamar e FHC trabalharam e forneceram os meios
      para o país entrar na linha.
      O PT chegou ao poder, e conseguiu um simulacro
      do “Milagre Brasileiro” que ocorreu na época dos
      militares.
      Só que, em menos da metade do tempo de duração
      do regime militar, também se corrompeu com a
      coisa pública (se é público é meu), e ainda por
      acrescimo, não fez as reformas econômicas e
      políticas prometidas.
      Erramos pela direita e erramos pela esquerda,
      será que vamos acertar pelo centro?
      O lamentável é que se tivesse dado certo já na
      1ª vez, hoje seríamos os U.S.A. do lado de baixo
      do Equador. Que pena…

      • Pena mesmo não ter dado certo; pode ter certeza de que se tudo tivesse dado certo hoje seríamos de 1º mundo. Na política é assim: existe o fanatismo e quem é fanático não enxerga os defeitos por mais expostos que sejam. Quanto o “ficou difícil e complicado demais para suas cabeças limitadas” eu, particularmente discordo, pois para se chegar ao grau mais alto da hierarquia militar é preciso muito estudo e competência, coisa que o Lula e a Dilma jamais tiveram ou têm.

        • Concordo plenamente com você(Por Um Brasil Melhor),pois realmente para exercer tais atos de atrocidade e se tornar, no periodo hierárquico de pleno controlhe governamental,ambos, PT e o Regime Militar, necessitaram de uma enorme quantidade de concentração e planejamento.

  27. Ditadura de direita não pode; de esquerda pode!