13 de março de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Pulada de cerca malsucedida: TSE cassa deputado tucano Alceu Maron

Decisão do TSE, na noite desta quinta 13, cassou o mandato do deputado Alceuzinho Maron; tucano perdeu cadeira na Assembleia porque pulou a cerca; "à‰ muito mais importante um prefeito do que um suplente de deputado", justificou na época em que deixou o PPS; ele era do PPS, que retomou vaga para Felipe Lucas; tucano deverá substituir Carlos Frisoli na diretoria administrativa do Porto de Paranaguá.

Decisão do TSE, na noite desta quinta 13, cassou o mandato do deputado Alceuzinho Maron; tucano perdeu cadeira na Assembleia porque pulou a cerca; “à‰ muito mais importante um prefeito do que um suplente de deputado”, justificou na época em que deixou o PPS; ele era do PPS, que retomou vaga para Felipe Lucas; tucano deverá substituir Carlos Frisoli na diretoria administrativa do Porto de Paranaguá.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou na noite desta quinta-feira 13 o deputado estadual Alceu Maron Filho, o Alceuzinho, por infidelidade partidária, pelo placar de 6 a zero. O tucano era o principal aliado do governador Beto Richa (PSDB) no Litoral. Ele disputou a Assembleia em 2010 pelo PPS, quando ficou na 1!ª suplência. ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
10 Comentários

Dilma Rousseff peita PMDB e anuncia seis novos ministros na reforma

do Brasil 247A presidente Dilma Rousseff confirmou que a ousadia está no seu DNA político. Alheia ao histórico de estragos feitos pelo PMDB, ao longo da história do partido, sobre diferentes gestões presidenciais, ela peitou. Diante da maior rebelião de bancadas em seus três anos e três meses de gestão, comandada pelo líder peemedebista Eduardo Cunha, a presidente fez exatamente tudo o que os chantagistas da política não esperavam. Diante do pedido de um sexto ministério para o partido, ela atendeu bem à  sua maneira.

Nomeou para a Agricultura um peemedebista indicado por um dos reis do agronegócio do Brasil, o senador Blairo Maggi, Neri Geller. Hoje, surpreendeu e confirmou seis trocas, o que incluiu a entrada no governo do reitor da Universidade Federal de Minas Gerais, Clélio Campolina Diniz. Ambos são considerados pessoas de notório saber em seus respectivos ambientes profissionais.

Qual é o problema desse tipo de escolha?, é como se ela perguntasse ao PMDB. Vendo-se como ofendida pelas manobras radicais de Cunha, que inicialmente surpreenderam a cúpula do partido, mas que, no decurso, pareceram agradar pela oportunidade de fazer pressão, Dilma fez sua escolha. E ela preferiu marcar sua posição com nomes técnicos do que ceder e, ainda assim, não conseguir aplacar o apetite insaciável da ampla ala fisiológica do partido.

O recado da presidente é claro. Neste ano eleitoral, ela está se importando menos com a sustentação que pode obter no Congresso !“ especialmente na Câmara !“ e sim muito mais com a maneira como pretende se apresentar ao eleitorado. Dilma quer passar longe dos carimbos que podem marcá-la como conivente com pressões que considera ilegítimas e sem justificativa.

Mesmo irritando-se diante da convocação de noves ministros e a presidente da Petrobras, Graça Foster, para depoimentos na Câmara, a presidente avalia com seus núcleo de conselheiros que a pauta do Congresso não terá, no restante do ano, votações cruciais para o governo. A presidente pagou para ver se as ameaças do PMDB de até mesmo romper a aliança eleitoral planejada para este ano são verdadeiras. O partido, por seu lado, sempre se mostrou perfeito em praticar vinganças políticas.

O que vai se descobrir é quem pode mais para chorar menos.

Leia matéria da Agência Brasil:

Dilma anuncia nova etapa da reforma com substituição de seis ministros

A presidenta Dilma Rousseff anunciou, nesta tarde, a substituição de seis ministros. As mudanças ocorrem nos ministérios do Desenvolvimento Agrário, das Cidades, da Pesca e Aquicultura, da Ciência, Tecnologia e Inovação, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e do Turismo.

O Ministério do Desenvolvimento Agrário, atualmente ocupado por Pepe Vargas, será assumido pelo ex-presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, que já ocupou a pasta no governo Lula. Petista desde a fundação do partido, Rossetto é formado em ciências sociais, participou da política sindical, foi deputado federal e vice-governador do Rio Grande do Sul.

Na pasta das Cidades, o vice-presidente de Governo da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, substituirá o atual ministro Aguinaldo Ribeiro. Occhi é funcionário de carreira da Caixa, onde ocupa também Superintendência Nacional da Região Nordeste. Formado em Direito, o futuro ministro tem especialização em finanças e mercado financeiro e é integrante do Conselho Deliberativo Alagoas Sebrae.

Clelio Campolina Diniz, reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), será o novo titular da Ciência, Tecnologia e Inovação no lugar de Marco Antonio Raupp. Com perfil acadêmico, Diniz é doutor em ciência econômica e professor aposentado da UFMG. Formado em engenharia mecânica e em engenharia de operação, Diniz presidiu o Parque Tecnológico de Belo Horizonte e integrou o Conselho Técnico-Científico da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superi Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
30 Comentários

Richa usa ‘portas dos fundos’ para desviar protesto em Cascavel; assista

O governador Beto Richa desviou protesto de servidores públicos e agricultores atingidos por barragens, nesta quinta, na região Oeste, saindo pela porta dos fundos da Prefeitura de Cascavel; professores com faixas cobravam 33% de hora-atividade; o tucano disse que a Justiça reconhece que o Estado já paga 41% de hora-atividade, enquanto o magistério confirma apenas 30%; educadores convocaram greve para a próxima quarta, dia 19; assista ao vídeo (imagens CGN/Cascavel).

O governador Beto Richa desviou protesto de servidores públicos e agricultores atingidos por barragens, nesta quinta, na região Oeste, saindo pela porta dos fundos da Prefeitura de Cascavel; professores com faixas cobravam 33% de hora-atividade; o tucano disse que a Justiça reconhece que o Estado já paga 41% de hora-atividade, enquanto o magistério confirma apenas 30%; educadores convocaram greve para a próxima quarta, dia 19; assista ao vídeo (imagens CGN/Cascavel).

O governador Beto Richa (PSDB), nesta quinta-feira 13, desviou de manifestantes entrando pela portas do fundo na prefeitura de Cascavel.  ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
14 Comentários

Lula reforça Gleisi nesta sexta no Paraná. Assista ao vivo no Blog do Esmael

Ex-presidente Lula, em reconhecimento à  combatividade de Gleisi, desembarca hoje (14), em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, para encontro estadual do PT; objetivo do evento é turbinar pré-candidatura da senadora ao governo do Paraná; Blog do Esmael vai transmitir atividade ao vivo e disponibilizará código de incorporação do vídeo para blogs, sites, portais e aos profissionais da imprensa; acompanhe ao vivo nesta sexta a partir das 17 horas.

Ex-presidente Lula, em reconhecimento à  combatividade de Gleisi, desembarca hoje (14), em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, para encontro estadual do PT; objetivo do evento é turbinar pré-candidatura da senadora ao governo do Paraná; Blog do Esmael vai transmitir atividade ao vivo e disponibilizará código de incorporação do vídeo para blogs, sites, portais e aos profissionais da imprensa; acompanhe ao vivo nesta sexta a partir das 17 horas.

O ex-presidente Lula estará nesta sexta-feira 14 em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, onde participa de encontro estadual do PT em prol da pré-candidatura da senadora Gleisi Hoffmann ao governo do Paraná. ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
25 Comentários

àgua no mensalão: STF absolve João Paulo por lavagem de dinheiro

do Brasil 247 O Supremo Tribunal Federal (STF) absolveu, em sessão nesta quinta-feira, o ex-deputado João Paulo Cunha pelo crime de lavagem de dinheiro. O placar de 6 a 4 deixou vencidos o relator, Luiz Fux, e os ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello e Cármen Lúcia. O presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, não participou do julgamento de Cunha.

O STF absolveu ainda João Cláudio Genu, ex-assessor do PP, que era condenado apenas por lavagem de dinheiro, e rejeitou embargo infringente de Breno Fischberg, ex-sócio da Corretora de Valores Bonus Banval. Eles foram condenados a penas alternativas. Com a decisão, Genu fica livre de qualquer pena e Fischberg terá de cumprir três anos e seis meses em regime aberto.

No crime de lavagem de dinheiro, Cunha havia sido condenado a três anos de prisão por ter recebido R$ 50 mil, liberados pelo publicitário Marcos Valério e pagos em uma agência do Banco Rural de Brasília, em 2003. Com a absolvição, ele tem a pena reduzida e será transferido para o regime semiaberto, podendo trabalhar durante o dia e voltando para a prisão à  noite.

Segundo Fux, João Paulo Cunha cometeu o crime de lavagem de dinheiro, mesmo enviando a mulher para sacar os R$ 50 mil. No entendimento do ministro, o crime ficou configurado quando o ex-deputado acertou com Valério o recebimento do dinheiro. “Não há dúvida de que o crime de corrupção havia se consumado antes do saque no Banco Rural”, afirmou.

“Reputo impossível, com todo respeito, concluir que o mesmo ato, o recebimento da propina por meio da esposa, possa configurar corrupção passiva e lavagem de dinheiro”, votou a ministra Rosa Weber. Na avaliação de Marco Aurélio Mello, “não basta ocultar, é preciso que se dê, de alguma forma, ao valor, aparência, daí se cogitar de branqueamento, aparência de numerário legítimo”.

O ex-parlamentar está no Presídio da Papuda, no Distrito Federal, onde cumpre seis anos e quatro meses, em função das condenações por corrupção e peculato, penas para as quais não cabem mais recursos. O plenário julgou novamente a pena de lavagem porque Cunha obteve cinco votos pela absolvição na fase de fixação das penas, em 2012.

Com informações da Agência Brasil

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
20 Comentários

Em especial de 4 anos sobre série “Diários Secretos”, RPC/Gazeta mira em aliados do Palácio Iguaçu

Tucanos acendem luz amarela ao saber de reportagem especial sobre os quatro anos da série Diários Secretos!, da RPCTV/Gazeta do Povo, que, em 2010, denunciou deputados por empregar funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa do Paraná; Palácio Iguaçu desconfia que artilharia do grupo de comunicação seja contra aliados do governador Beto Richa e, consequentemente, objetiva ajudar no projeto eleitoral da senadora petista Gleisi Hoffmann.

Tucanos acendem luz amarela ao saber de reportagem especial sobre os quatro anos da série Diários Secretos!, da RPCTV/Gazeta do Povo, que, em 2010, denunciou deputados por empregar funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa do Paraná; Palácio Iguaçu desconfia que artilharia do grupo de comunicação seja contra aliados do governador Beto Richa e, consequentemente, objetiva ajudar no projeto eleitoral da senadora petista Gleisi Hoffmann.

O grupo RPCTV/Gazeta do Povo deverá “comemorar” nos próximos dias 4 anos da série de reportagens batizada de “Diários Secretos”. O caso tem a ver com denúncias de desvio de verba pública, em 2010, na Assembleia Legislativa do Paraná.  ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
51 Comentários

Falta merenda nas escolas, água de beber na PM e gasolina na Polícia Civil. Há saída para o governo Richa?

Crise financeira no governo Beto Richa chega literalmente ao fundo do poço da Assembleia Legislativa do Paraná, que agora abastece a PM com água captada em poço artesiano; viatura do BOPE foi flagrada na manhã de hoje carregando galões com o precioso líquido; mais grave é o caso das escolas da rede pública que ainda não receberam a merenda escolar em 2014 e crianças frequentam as aulas de barriga vazia; diretores de estabelecimentos de ensino também denunciam que este ano não viram a cor do dinheiro do Fundo Rotativo; estudantes que fazem estágio nas secretarias e autarquias, há dois meses sem receber o vale-transporte e tiveram descontos de 30% por conta de folgas no final do ano; há saída para Richa?

Crise financeira no governo Beto Richa chega literalmente ao fundo do poço da Assembleia Legislativa do Paraná, que agora abastece a PM com água captada em poço artesiano; viatura do BOPE foi flagrada na manhã de hoje carregando galões com o precioso líquido; mais grave é o caso das escolas da rede pública que ainda não receberam a merenda escolar em 2014 e crianças frequentam as aulas de barriga vazia; diretores de estabelecimentos de ensino também denunciam que este ano não viram a cor do dinheiro do Fundo Rotativo; estudantes que fazem estágio nas secretarias e autarquias, há dois meses sem receber o vale-transporte e tiveram descontos de 30% por conta de folgas no final do ano; há saída para Richa?

São vários relatos que chegaram esta semana ao blog sobre falta de merenda nas escolas do Paraná. Diretores de escolas denunciam que, além de as crianças estudarem de barriga vazia desde o início do ano letivo de 2014, os estabelecimentos de ensino no estado também não receberam a primeira parcela do Fundo Rotativo que serve para pequenos reparos no prédio e compra de materiais de expediente, limpeza e esportivo. ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
20 Comentários

Richa e Gleisi trocam acusações sobre crise no Paraná

com informações do Brasil 247

Governador tucano diz que Estado é discriminado pelo governo federal já que a ex-ministra da Casa Civil é candidata ao governo; já a senadora petista nega e acusa Richa de estar despreparado: "Minas Gerais também é governada pelo PSDB, São Paulo também e todos conseguiram empréstimos. Por que o interesse do PT seria maior no Paraná?", reage Gleisi; no Paraná e cada vez mais comum cena com policiais empurrando viaturas por falta de dinheiro para combustível; A avaliação de dezembro pra cá está caindo acima da margem de erro, o que evidencia uma tendência. O fator econômico pesa na imagem do governador, passa uma imagem de um mau gestor!, avalia Murilo Hidalgo, presidente da Paraná Pesquisas.

Governador tucano diz que Estado é discriminado pelo governo federal já que a ex-ministra da Casa Civil é candidata ao governo; já a senadora petista nega e acusa Richa de estar despreparado: “Minas Gerais também é governada pelo PSDB, São Paulo também e todos conseguiram empréstimos. Por que o interesse do PT seria maior no Paraná?”, reage Gleisi; no Paraná e cada vez mais comum cena com policiais empurrando viaturas por falta de dinheiro para combustível; A avaliação de dezembro pra cá está caindo acima da margem de erro, o que evidencia uma tendência. O fator econômico pesa na imagem do governador, passa uma imagem de um mau gestor!, avalia Murilo Hidalgo, presidente da Paraná Pesquisas.

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), e a candidata do PT Gleisi Hoffmann trocaram acusações sobre dívidas do Estado com fornecedores que ultrapassam R$ 1 bilhão. ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
24 Comentários

Visando 2014, Gleisi se reúne com família Barros em Maringá

Aliados de Beto Richa, que possuem cargos no governo, preparam desembarque até abril !“ prazo fatal de desincompatibilizações para quem vai disputar as eleições; nesta quinta (13), em Maringá, Gleisi se reuniu com a família Barros; a busca do entendimento petista com o clã foi testemunhada pelos deputados Enio Verri, presidente do partido no Paraná, e André Vargas, vice-presidente da Câmara e pré-candidato ao Senado; semana passada, em Londrina, a senadora petista se encontrou em segredo com a família Belinati !“ que também possui cargo de expressão na administração do PSDB.

Aliados de Beto Richa, que possuem cargos no governo, preparam desembarque até abril !“ prazo fatal de desincompatibilizações para quem vai disputar as eleições; nesta quinta (13), em Maringá, Gleisi se reuniu com a família Barros; a busca do entendimento petista com o clã foi testemunhada pelos deputados Enio Verri, presidente do partido no Paraná, e André Vargas, vice-presidente da Câmara e pré-candidato ao Senado; semana passada, em Londrina, a senadora petista se encontrou em segredo com a família Belinati !“ que também possui cargo de expressão na administração do PSDB.

A ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT) costura alianças heterodoxas visando o governo do Paraná. Na manhã desta quinta-feira (13), em Maringá, Noroeste do estado, por exemplo, ela se reuniu com o secretário de Estado da Indústria e Comércio, Ricardo Barros (PP), a deputada Cida Borghetti, presidenta do PROS, e o ex-prefeito Silvio Barros II (PHS). ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
29 Comentários

Governo Dilma é reprovado por 57% dos curitibanos, diz Paraná Pesquisas

Curitibanos "estão de mal" dos políticos, segundo levantamento da Paraná Pesquisa especial para o Blog do Esmael; 57% dos moradores da capital paranaense desaprovam o governo Dilma; governador Beto Richa caiu 21% em três meses e o prefeito Gustavo Fruet, também ladeira abaixo, perdeu 17% de avaliação positiva em um ano.

Curitibanos “estão de mal” dos políticos, segundo levantamento da Paraná Pesquisa especial para o Blog do Esmael; 57% dos moradores da capital paranaense desaprovam o governo Dilma; governador Beto Richa caiu 21% em três meses e o prefeito Gustavo Fruet, também ladeira abaixo, perdeu 17% de avaliação positiva em um ano.

A Paraná Pesquisas, especial para o Blog do Esmael, diz que 57% dos curitibanos desaprovam a administração da presidenta Dilma Rousseff (PT). De acordo com o levantamento, 40% dos moradores da capital paranaense aprovam a gestão da petista 3% não sabem ou não opinaram. ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
71 Comentários

Governo Richa sonega hora-atividade a professores, mas assina bolsa-moradia de R$ 4 mil para juízes do PR

Governo Richa retira auxílio-transporte de educadores e sonega a hora-atividade aos professores, mas garante bolsa-moradia de R$ 4 mil para juízes e desembargadores do Paraná; durante interinidade, coincidentemente, Flávio Arns conseguiu liminar na Justiça contra campanha de professores que exigem o cumprimento da Lei Nacional do Piso; enquanto magistrados têm benefício sancionado pelos tucanos, neste ano de 2014, a merenda ainda não chegou à s crianças das escolas da rede pública estadual; jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, edição de hoje, põe em dúvida a legalidade da lei "Minha casa, minha toga"; professores e funcionários das 2,1 mil escolas do estado prometem marchar na próxima quarta, dia 19, da Praça Santos Andrade até o Palácio Iguaçu; educação e saúde entram em greve na semana que vem.

Governo Richa retira auxílio-transporte de educadores e sonega a hora-atividade aos professores, mas garante bolsa-moradia de R$ 4 mil para juízes e desembargadores do Paraná; durante interinidade, coincidentemente, Flávio Arns conseguiu liminar na Justiça contra campanha de professores que exigem o cumprimento da Lei Nacional do Piso; enquanto magistrados têm benefício sancionado pelos tucanos, neste ano de 2014, a merenda ainda não chegou à s crianças das escolas da rede pública estadual; jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, edição de hoje, põe em dúvida a legalidade da lei “Minha casa, minha toga”; professores e funcionários das 2,1 mil escolas do estado prometem marchar na próxima quarta, dia 19, da Praça Santos Andrade até o Palácio Iguaçu; educação e saúde entram em greve na semana que vem.

O vice-governador Flávio Arns (PSDB), secretário da Educação, assumiu o Palácio Iguaçu durante descanso de dez dias do governador Beto Richa (PSDB), que viajou ao Caribe no feriadão de Carnaval. Entre a véspera do embarque do titular e o período de interinidade, aconteceram seis fatos relevantes. Talvez sejam coincidentes e não guardem relação entre si, mas eles aconteceram e acontecem neste mundo de meu Deus: ... 

Leia mais

13 de março de 2014
por Esmael Morais
36 Comentários

Coluna do Requião Filho: Apesar de você amanhã há de ser outro dia, Beto!

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, cantarola o "desgoverno" de Beto Richa; atrás daquele sorriso forçado, do abraço à  criança, está o tarifaço da Copel e da Sanepar, a falta de combustível nas viaturas da polícia e o abandono dos professores!, analisa; colunista afirma que tucano vive de ilusões, da mentira, da propaganda, chupinzando! obras do governo federal, endividando prefeituras; Apesar de você amanhã há de ser outro dia, Beto!, repete o refrão; leia o texto.

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, cantarola o “desgoverno” de Beto Richa; atrás daquele sorriso forçado, do abraço à  criança, está o tarifaço da Copel e da Sanepar, a falta de combustível nas viaturas da polícia e o abandono dos professores!, analisa; colunista afirma que tucano vive de ilusões, da mentira, da propaganda, chupinzando! obras do governo federal, endividando prefeituras; Apesar de você amanhã há de ser outro dia, Beto!, repete o refrão; leia o texto.

Requião Filho* ... 

Leia mais