Outra vez, Tribunal de Contas suspende licitação de R$ 100 milhões para a propaganda de Curitiba

Publicado em 21 fevereiro, 2014
Compartilhe agora!

Pela enésima vez, Tribunal de Contas do Estado trava licitação de R$ 100 milhões para a propaganda de Gustavo Fruet; órgão de fiscalização tem sido algoz da administração do pedetista; decisão de hoje mantém Marcelo Cattani, secretário da Comunicação de Beto Richa, como homem forte! na Comunicação de Gustavo Fruet; atuais agências que atendem a Prefeitura de Curitiba - Master, CCZ e Opusmultimídia !“ são as mesma que atendem ao Palácio Iguaçu.
Pela enésima vez, Tribunal de Contas do Estado trava licitação de R$ 100 milhões para a propaganda de Gustavo Fruet; órgão de fiscalização tem sido algoz da administração do pedetista; decisão de hoje mantém Marcelo Cattani, secretário da Comunicação de Beto Richa, como homem forte! na Comunicação de Gustavo Fruet; atuais agências que atendem a Prefeitura de Curitiba – Master, CCZ e Opusmultimídia !“ são as mesma que atendem ao Palácio Iguaçu.
O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), está tendo problemas em licitar R$ 100 milhões para gastar em propaganda nos próximos cinco anos. Nesta sexta (21), outra vez, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu o certame (clique aqui para ver o comunicado da Comissão de Licitação) “até o julgamento do mérito”.

No começo de dezembro passado, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) concedeu cautelar em nome de Angelo Paulo Pedroso suspendendo a disputa (clique aqui para relembrar).

No último dia 5 de fevereiro, a Prefeitura de Curitiba havia conseguido derrubar a proibição do TCE. No entanto, hoje, o órgão de fiscalização de contas voltou a travar a concorrência de Fruet.

O tempo passa, o tempo voa, quem fica numa boa é o secretário de Estado da Comunicação, Marcelo Cattani, que continua mandando na pasta correlata na Prefeitura da capital. As três agências de publicidade que atendem o município !” Master, CCZ e Opusmultimídia !” são as mesmas que atendem o Palácio Iguaçu. Elas tiveram os contratos prorrogados no início de 2013.

A Secretaria Municipal de Comunicação está sob intervenção de Paulo Vítola, ex-diretor-presidente da TV Educativa, cedido pelo governador Beto Richa ao prefeito Gustavo Fruet.

Em novembro de 2013, Richa e Fruet inauguraram a política da boa vizinhança. Um não bate no outro. O tucano sonha em neutralizar o ex-companheiro de ninho durante as eleições deste ano. Por isso não de se estranhar que as agências de propagandas continuem as mesmas…

Compartilhe agora!

Comments are closed.