Por Esmael Morais

Lula vai a Cuba discutir tentativa de golpe de Estado na Venezuela

Publicado em 23/02/2014

O terminal, situado a 45 quilômetros ao oeste de Havana, está sendo construído pela Odebrecht e contou com um financiamento de US$ 682 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Em sua última viagem à  ilha, em janeiro do ano passado, Lula também visitou as obras do porto, construído para ser a principal porta de entrada e saída do comércio exterior cubano.

Como informou o 247 na semana passada, ex-presidente Lula, na qualidade de maior liderança da esquerda latino-americana, desembarcará em Havana para conversas com Raúl e Fidel Castro, uma vez que Cuba seria o país mais afetado pela queda do regime chavista na Venezuela (leia mais aqui).