Por Esmael Morais

Gleisi Hoffmann é recebida como “governadora” na região de Maringá

Publicado em 16/02/2014

Diante de público de duas mil pessoas que participaram de festa de aniversário de Arilson Chiorato, em Mandaguaçu, Gleisi foi aclamada como "governadora" do Paraná; antes, porém, na mesma noite de sexta, a senadora petista também havia sido tratada como chefe do executivo estadual; aos acadêmicos da UEM, durante sua aula magna, a ex-ministra manteve a linha de ataque ao reafirmar que o impasse da liberação de empréstimo do governo federal ao Paraná tem a ver com limite da Lei Responsabilidade Fiscal" que o governador Beto Richa (PSDB) não cumpre.

Diante de público de duas mil pessoas que participaram de festa de aniversário de Arilson Chiorato, em Mandaguaçu, Gleisi foi aclamada como “governadora” do Paraná; antes, porém, na mesma noite de sexta, a senadora petista também havia sido tratada como chefe do executivo estadual; aos acadêmicos da UEM, durante sua aula magna, a ex-ministra manteve a linha de ataque ao reafirmar que o impasse da liberação de empréstimo do governo federal ao Paraná tem a ver com limite da Lei Responsabilidade Fiscal” que o governador Beto Richa (PSDB) não cumpre.

A senadora e ex-ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, na sexta-feira (14) à  noite, em Maringá, conversou com 2,5 mil pessoas em duas atividades. Em ambas a petista, que é pré-candidata ao Palácio Iguaçu, foi tratada como “governadora” do Paraná.

A parlamentar reafirmou em seu giro pela região Noroeste que o impasse da liberação de empréstimo do governo federal ao Paraná tem a ver com limite da Lei Responsabilidade Fiscal” que o governador Beto Richa (PSDB) não cumpre.

O primeiro evento de Gleisi foi uma aula magna ministrada a estudantes da Universidade Estadual de Maringá (UEM). A atividade, organizada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE), reuniu cerca de 500 pessoas no auditório do PDE.

Na sequência, a senadora do PT seguiu para Mandaguaçu, a 20 km de Maringá, onde participou da festa de aniversário do pré-candidato petista à  Assembleia Legislativa, Arilson Chiorato. Gleisi foi recebida por multidão de 2 mil que a aclamava: “Governadora! Governadora! Governadora!”.

Amparado no megaevento por Gleisi e os deputados Zeca Dirceu e Enio Verri, seu pai político, Arilson Chiorato reuniu 16 prefeitos, 7 vices, 10 ex-prefeitos e cerca de 40 vereadores de diversas cidades da região Noroeste.