Por Esmael Morais

Salamuni, o escoteiro, assume a prefeitura de Curitiba

Publicado em 28/01/2014

O escoteiro Paulo Salamuni, presidente da Câmara, vai assumir interinamente a Prefeitura de Curitiba entre os dias 2 e 5 de fevereiro; Fruet e a vice Mirian Gonçalves vão dar um "rolezinho" no exterior, mas já voltam; vereador do PV deverá ser ungido candidato oficial da tropa de Fruet à  Câmara Federal; estratégia do grupo do prefeito é dar ao verde votação recorde na capital para fazê-lo sucessor na Prefeitura.

O escoteiro Paulo Salamuni, presidente da Câmara, vai assumir interinamente a Prefeitura de Curitiba entre os dias 2 e 5 de fevereiro; Fruet e a vice Mirian Gonçalves vão dar um “rolezinho” no exterior, mas já voltam; vereador do PV deverá ser ungido candidato oficial da tropa de Fruet à  Câmara Federal; estratégia do grupo do prefeito é dar ao verde votação recorde na capital para fazê-lo sucessor na Prefeitura.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Paulo Salamuni, do PV, vai assumir interinamente a Prefeitura de Curitiba nesta sexta-feira (31), à s 10 horas. O legislativo ficará sob o comando de Tito Zeglin, do PDT.

Segundo o jornalista Reinaldo Bessa, colunista social da Gazeta do Povo, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) e a vice, Mirian Gonçalves (PT), vão dar um “rolezinho” pelo exterior.

A petista vai a Assunción, no Paraguai, e o prefeito pedetista visitará a àfrica do Sul de 2 a 5 de fevereiro.

Para quem não sabe, Salamuni deverá ser ungido candidato oficial da tropa de Fruet à  Câmara Federal. A estratégia do grupo é dar ao verde votação recorde na capital para fazê-lo sucessor na Prefeitura.