Cassado, Edgar Bueno deixa a prefeitura de Cascavel; presidente da Câmara, do PPL, assume provisoriamente

com informações do portal CGN, de Cascavel

O presidente da Câmara de vereadores de Cascavel, Marcio Pacheco, do Partido da Pátria Livre (PPL), foi empossado nesta segunda-feira (27) como prefeito de Cascavel; Edgar Bueno, do PDT, foi cassado por fraude eleitoral; deputado Professor Lemos será diplomado nesta quarta-feira (29) cujo evento é necessário antes da posse -- que ainda não foi definida pela Justiça Eleitoral.

O presidente da Câmara de vereadores de Cascavel, Marcio Pacheco, do Partido da Pátria Livre (PPL), foi empossado nesta segunda-feira (27) como prefeito de Cascavel; Edgar Bueno, do PDT, foi cassado por fraude eleitoral; deputado Professor Lemos será diplomado nesta quarta-feira (29) cujo evento é necessário antes da posse — que ainda não foi definida pela Justiça Eleitoral.

A decisão foi tomada após a análise do processo, feita pelo juiz da 68!ª Zona Eleitoral, Willian da Costa. A cerimônia foi rápida e não foi informada pela Justiça Eleitoral.

Na sexta-feira (24) a defesa de Edgar Bueno protocolou na Justiça Eleitoral os esclarecimentos, solicitados pelo juízo relacionados ao processo.

Uma cautelar também foi solicitada em Brasília, para manter Edgar e Theodoro no poder. Os advogados do Professor Lemos disseram à  CGN nesta tarde que vão aguardar a decisão do pedido de cautelar em Brasília para tomar as medidas necessárias.

Eles devem pedir a posse de lemos e Walter caso a cautelar protocolada pela defesa de Edgar seja negada. O advogado Thiago Nischimura que atua na defesa de Edgar Bueno, disse que não foi comunicado da posse de Pacheco, pois estava em audiência na cidade de Toledo.

Com a posse de Pacheco quem deve assumir a presidência do legislativo de Cascavel é o primeiro vice-presidente, o vereador Luiz Frare (PDT).

Comentários encerrados.