Black Blocs planejam invadir Arena da Baixada durante protesto em Curitiba

Movimento anticopa "articula" protesto com invasão da Arena da Baixada, em Curitiba, em ato contra a Copa do Mundo no Brasil; pelo Facebook, "cabeças" da atividade convocam reunião de planejamento para este sábado (1!º), à s 15 horas, na Praça Santos Andrade; em junho de 2013, durante protestos, os mascarados se deram muito mal ao tentar ocupar o estádio do Clube Atlético Paranaense; em São Paulo, diante de ameaça de invasão do Itaquerão, o campo do Corinthians, torcedores avisam em cartaz virtual: tenta a sorte!; será que os Black Blocs das araucárias tentarão a sorte na Arena da Baixada ou vão afrouxar o sutiã?

Movimento anticopa “articula” protesto com invasão da Arena da Baixada, em Curitiba, em ato contra a Copa do Mundo no Brasil; pelo Facebook, “cabeças” da atividade convocam reunião de planejamento para este sábado (1!º), à s 15 horas, na Praça Santos Andrade; em junho de 2013, durante protestos, os mascarados se deram muito mal ao tentar ocupar o estádio do Clube Atlético Paranaense; em São Paulo, diante de ameaça de invasão do Itaquerão, o campo do Corinthians, torcedores avisam em cartaz virtual: tenta a sorte!; será que os Black Blocs das araucárias tentarão a sorte na Arena da Baixada ou vão afrouxar o sutiã?

No próximo sábado (1!º), à s 15 horas, a Praça Santos Andrade, tradicional ponto de encontro para manifestações populares, na UFPR, vai abrigar os “cabeças” do movimento Black Blocs em Curitiba.

Pelo Facebook (clique aqui), os organizados planejam e estruturam uma reunião que poderá desembocar em invasão ao estádio do Clube Atlético Paranaense — a Arena da Baixada –, um dos palcos da Copa do Mundo.

Sob a bandeira “Não vai ter Copa-PR”, escudo para a “Articulação regional de oposição à  Copa do Mundo no Brasil”, o movimento pretende avaliar o último protesto realizado em 25 de janeiro e organizar o 2!º ato contra a Copa do Mundo em Curitiba.

Em junho de 2013, manifestantes do Black Blocs se deram muito mal ao tentar invadir a Arena. Houve pancadaria, pois torcedores da organizada Fanáticos os esperavam escondidos dentro do canteiro de obras. Por causa do comitê de recepção!, a turma anticopa teve de recuar (clique aqui para relembrar).

Embora tenham desmembrado o movimento nacional contra a Copa em seções regionais, os Black Blocs agem sincronizados pela internet. Em São Paulo, por exemplo, eles planejam ocupar o Itaquerão — o novo estádio do Corinthians. Lá, torcedores desafiam em cartaz virtual (clique aqui): “Tenta a sorte”.

Será que os Black Blocs tentarão a sorte na Arena da Baixada ou vão afrouxar o sutiã? A conferir.

Comentários encerrados.