30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
34 Comentários

Pop no PT, Delúbio arrecada mais de R$ 1 milhão para pagar multa

do Brasil 247 Faltando um dia para o prazo final de pagamento da multa da condenação na Ação Penal 470, o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, arrecadou exatos R$ R$ 1.013.657,26. O valor é mais do que o dobro do que o petista necessita para pagar sua multa de R$ R$ 466.888,90. O site “Solidariedade a Delúbio” foi lançado na semana passada e se baseou na experiência do ex-presidente do PT, José Genoino (também réu na AP 470), que conseguiu angariar em poucos dias R$ 761,9 mil, cerca de R$ 94 mil a mais do que a multa devida. Genoino, inclusive, doou R$ 30 mil para Delúbio.

Delúbio cumpre pena de 6 anos e 8 meses em regime semiaberto por corrupção ativa. Ele recebeu autorização para trabalhar na CUT (Central Única dos Trabalhadores), em Brasília, como assessor da direção nacional. Os próximos a ganharem campanhas para pagar suas multas são o ex-ministro José Dirceu e o deputado João Paulo Cunha, inclusive, o valor excedente arrecadado no site de Delúbio será revertido para os outros dois petistas.

Uma das coordenadoras da página, Maria Leonor Poço Jakobsen, publicou mensagem agradecendo à s contribuições:

SOLIDARIEDADE E GRATIDàƒO

Expressamos o nosso profundo agradecimento à s companheiras e companheiros, amigos de todo o território nacional, que ao longo do exíguo prazo de oito dias se solidarizaram a um companheiro da correção, lealdade e integridade pessoal de Delúbio Soares.

Todo nosso trabalho – realizado nas redes sociais, entre os militantes petistas e de partidos de esquerda, movimentos sindical e popular, além dos amigos e amigas de Delúbio pelo país afora !“ foi embalado por uma questão política absolutamente clara: solidariedade e apoio aos que foram alvos de um julgamento político, midiático e de exceção. Julgamento onde houve uma tentativa de criminalização do projeto representado pelo PT, negando-lhe o papel histórico de profundas transformações sociais.

Nossa campanha de arrecadação foi um ato político, consciente e solidário. E o amplo êxito alcançado com a coleta de expressivos R$ 1.013.657,26, é a reafirmação de nossa solidariedade a um dos companheiros.

Ao expressarmos imensa gratidão aos milhares de doadores, muitos inclusive sem filiação partidária e movidos apenas pela indignação e o sentimento de solidariedade, convocamos para as novas jornadas em favor de José Dirceu e João Paulo Cunha. E o valor excedente de nossa campanha, descontados os tributos, será doado a esses companheiros, visando o pagamento de suas injustas e exorbitantes multas.

Maria Leonor Poço Jakobsen
OAB n!º 170.083/SP
Coordenadora

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
33 Comentários

Requião defende direito de resposta a Richa na Folha e Istoà‰; assista

O importante na vida e na política é a coerência, a lealdade e a fidelidade aos princípios. E que quero me solidarizar agora com o que está sofrendo o governador do Paraná, Alberto Richa. O seu governo está sendo acusado de forma duríssima primeiro pela revista Istoà‰. O seu governo, o seu irmão secretário de Estado, e o secretário do escritório lá de Brasília, acusados de terem recebido comissões, de terem facilitado incentivos fiscais para empresas numa forma absolutamente corrupta.

Assista ao vídeo:

Primeiro a Istoà‰. Agora a Folha de São Paulo. Não é possível no entanto que o governador do Paraná não tenha a oportunidade da ampla defesa. Não é possível que a Istoà‰ e a Folha de São Paulo não deem ao governador e aos acusados o direito ao contraditório para fazer a sua defesa no mesmo espaço em que surgiram as acusações.

O contraditório é a essência do processo democrático. Eu não estou falando no julgamento e nem no inquérito policial. O inquérito deve apurar a responsabilidade e o Judiciário punir se houver razão para isso. Mas o contraditório é essencial. Negar ao governador acusado de ladroagem o direito de defesa é como negar a uma pessoa acusada de corrupção em juízo o direito de contratar um advogado e entrar com uma petição estabelecendo a sua defesa.

O contraditório é a essência da democracia. E eu, vocês sabem, tenho um projeto restabelecendo no Brasil o direito ao contraditório que desapareceu com o fim da lei da imprensa !“ fim proporcionado por uma decisão do Supremo Tribunal Federal !“ e este projeto de direito de resposta foi aprovado no plenário do Senado por unanimidade. E se encontra agora dormindo na Câmara Federal.

Na defesa do Beto, na defesa do direito democrático da resposta a qualquer cidadão brasileiro, eu espero que esta proposta que está dormindo na mesa da Câmara seja colocada em pauta e aprovada com a mesma unanimidade do Senado da República logo agora no início dos trabalhos.

Beto, eu acho que você está fazendo o pior governo da hist Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
13 Comentários

Por que o TCE também não concede liminar para baixar tarifa do pedágio?

Pedágio mais caro do mundo assusta usuários de rodovias privatizadas no Paraná; por que o Tribunal de Contas do Estado não concede liminar reduzindo as tarifas, assim como o fez em relação ao preço ônibus em Curitiba? Por quê?

Pedágio mais caro do mundo assusta usuários de rodovias privatizadas no Paraná; por que o Tribunal de Contas do Estado não concede liminar reduzindo as tarifas, assim como o fez em relação ao preço ônibus em Curitiba? Por quê?

O advogado André Sberze levantou a lebre no Facebook ao comentar a liminar do Tribunal de Contas do Estado (TCE), nesta quinta (30), obrigado a prefeitura de Curitiba a reduzir a tarifa técnica do ônibus em R$ 0,43:  ... 

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Liminar do TCE obriga redução na tarifa do ônibus de Curitiba em R$ 0,43

TCE concedeu liminar nesta quinta obrigando prefeitura de Curitiba reduzir tarifa técnica em R$ 0,43, cujo valor cheio é de R$ 2,99; por conta de subsídios, usuários do sistema pagam hoje R$ 2,70; empresários do setor reivindicam reajuste ao prefeito Gustavo Fruet; decisão do órgão joga gasolina na polêmica, haja vista aumento previsto no período de Carnaval.

TCE concedeu liminar nesta quinta obrigando prefeitura de Curitiba reduzir tarifa técnica em R$ 0,43, cujo valor cheio é de R$ 2,99; por conta de subsídios, usuários do sistema pagam hoje R$ 2,70; empresários do setor reivindicam reajuste ao prefeito Gustavo Fruet; decisão do órgão joga gasolina na polêmica, haja vista aumento previsto no período de Carnaval.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) botou gasolina na polêmica acerca transporte público em Curitiba ao conceder liminar, nesta quinta (30), determinando que a prefeitura baixe a tarifa do ônibus em R$ 0,43. ... 

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
7 Comentários

Beto Richa esvazia “caneta” de secretário da Segurança Pública

O governador Beto Richa (PSDB) resolveu diminuir as atribuições do secretário de Estado da Segurança Pública (SESP), Cid Vasques, nesta quinta (30), ao transferir a prerrogativa de indicação de policiais que prestam serviço no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Por meio de nota (clique aqui), o Ministério Público afirma que a escolha dos agentes, a partir de agora, é competência da Procuradoria-Geral de Justiça e o governador do Estado, “e não mais Gaeco e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp)”.

Segundo fontes do blog no Palácio Iguaçu, Vasques está em férias em Paris. Ao ser informado pelo telefone do entendimento entre MP e Richa, o secretário teria ficado irritado.

O MP, que é chefiado no Paraná pelo procurador Gilberto Giacoia, havia dado um ultimado ao governador para que definisse o imbróglio sob pena de extinção do Gaeco. A crise entre SESP e MP teria se aprofundado em virtude da guerra de liminares visando garantir Vasques no cargo.

De acordo com a mesma fonte palaciana, o secretário estaria ganhando tempo — e enrolando o MP — até sua aposentadoria no mês de abril, pois Vasques também é promotor de Justiça do MP.

A guerra entre MP e SESP inciou no ano passado quando o secretário da Segurança determinou a implantação de rodízio na escolha de policiais do Gaeco. O órgão, que funcional como braço policial dos promotores, acusam Vasques de agir contra as investigações e por isso pediu que não fosse renovada sua licença no MP para continuar na pasta.

A seguir a íntegra da nota do MP:

MP-PR e Governo do Estado chegam a entendimento sobre Gaeco

O Ministério Público do Paraná e o Governo do Estado chegaram a um entendimento em relação ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Para evitar conflitos como os instalados, que culminaram com a crise que ameaçava a continuidade do Grupo, ficou acordado entre o governador do Estado, Beto Richa, e o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, em reunião realizada ontem (29), que as instâncias de indicação e de designação de policiais passarão a ser, respectivamente, a Procuradoria-Geral de Justiça e o governador do Estado, e não mais Gaeco e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Também ficou acordado que o Governo recomporá os quadros do Gaeco, inclusive estudando a possibilidade de sua ampliação.

As designações não terão prazo de validade pré-fixados, sendo eventuais substituições procedidas naturalmente, quando necessárias, como já ocorria.

Com essa decisão, o Governo demonstrou objetivamente que deseja prosseguir apoiando essa importante célula de Estado de combate ao crime organizado, porque reconhece a relevância social de seu trabalho. Assim, pode-se afirmar que o conflito institucional instalado está superado!, afirmou o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia.

O entendimento foi comunicado oficialmente à  coordenação estadual e aos promotores coord Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
6 Comentários

Dilma confirma Mercadante e saída de Gleisi da Casa Civil

com informações do o Blog do Planalto
A presidenta Dilma Rousseff anunciou, nesta quinta-feira (30), a saída dos ministros da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e da Saúde, Alexandre Padilha. A transmissão de cargos ocorrerá na segunda-feira, dia 3, à s 11 horas, no Palácio do Planalto.

Gleisi se afastará da Casa Civil para dedicar-se à  campanha pelo governo do Paraná e Padilha também vai disputar o governo de São Paulo. A ministra retornar ao Senado na terça, dia 4.

Confira a íntegra da nota:

NOTA OFICIAL

A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje mudanças no seu ministério. A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, deixarão seus cargos.

Para a chefia da Casa Civil, a presidenta indicou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. O novo ministro da Saúde será o médico Arthur Chioro. O novo ministro da Educação será José Henrique Paim Fernandes, atual secretário-executivo do Ministério.

A posse dos novos ministros será na segunda-feira, à s 11 horas, no Palácio do Planalto. As transmissões ocorrerão nos seus respectivos ministérios na segunda-feira à  tarde.

Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
2 Comentários

Black Blocs da velha mídia em crise: IBGE diz que desemprego cai a 5,4% em 2013 e é o menor da história

via Blog do PlanaltoA taxa de desocupação caiu para 4,3% em dezembro de 2013, depois de se situar em 4,6% no mês anterior, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). à‰ o menor resultado desde o início da série histórica, em março de 2002. Com esse resultado, na média dos 12 meses de 2013, a taxa de desocupação ficou em 5,4%, também a menor média anual da série histórica do IBGE, inferior em 0,1 ponto percentual à  observada em 2012 (5,5%) e 7,0 pontos percentuais abaixo da média de 2003 (12,4%).

O rendimento médio real habitual ficou em R$ 1.966,90 em dezembro, alta de 3,2% na comparação com dezembro de 2012. No ano, a média do rendimento subiu 1,8% sobre 2012, para R$ 1.929,03. Na comparação com novembro, houve recuo de 0,7%.

A massa de rendimento real habitual ficou em R$ 46,4 bilhões, valor 2,9% maior que o verificado em dezembro de 2012 e 0,4% menor que o total observado em novembro. O indicador fechou 2013 com média de R$ 45 bilhões, alta de 2,6% sobre 2012. Na média de 2013, foi observado um recorde na proporção de trabalhadores com carteira assinada (11,6 milhões) em relação ao total de ocupados: 50,3%, frente a 49,2% em 2012 e 39,7% em 2003.

A população desocupada (1,1 milhão de pessoas) caiu 6,2% no confronto com novembro (menos 70 mil pessoas procurando trabalho) e ficou estável frente a dezembro do ano passado. No ano de 2013, os desocupados somaram, em média, 1,3 milhão de pessoas, 0,1% a menos que em 2012, o que representou menos 20 mil desocupados em um ano. Com relação a 2003 (2,6 milhões), o contingente de desocupados caiu 49,5% ou seja, nesse período a redução atingiu 1,3 milhão de pessoas.

O rendimento médio real habitual dos ocupados (R$ 1.966,90) foi 0,7% menor do Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
7 Comentários

Ex-prefeito Luciano Ducci chora a morte do pai Giancarlo

Giancarlo Ducci tinha 82 anos e não resistiu a uma parada cardíaca; velório será na Capela Vaticano a partir das 16 horas e o sepultamento nesta sexta-feira, à s 10 horas, no Cemitério do Boqueirão.

Giancarlo Ducci tinha 82 anos e não resistiu a uma parada cardíaca; velório será na Capela Vaticano a partir das 16 horas e o sepultamento nesta sexta-feira, à s 10 horas, no Cemitério do Boqueirão.

Faleceu em Curitiba, na manhã desta quinta-feira (30), Giancarlo Ducci, pai do ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci.  ... 

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
7 Comentários

De olho na Câmara, Sérgio Souza se despede do Senado na terça

Sérgio Souza deixará o Senado na terça, quando fará seu discurso de despedida; peemedebista disputará uma cadeira na Câmara Federal; peemedebista dedicou-se nesse período a bandeiras paranistas que estavam guardadas nos escaninhos da Câmara Alta havia mais de 20 anos, dentre as quais se destacam: criação do Tribunal Regional Federal (TRF), recuperação ao Paraná R$ 36 bi de ICMS sobre energia e redefinição do mar territorial do estado; Gleisi Hoffmann, titular da vaga, retorna ao Senado para facilitar campanha ao governo do Paraná.

Sérgio Souza deixará o Senado na terça, quando fará seu discurso de despedida; peemedebista disputará uma cadeira na Câmara Federal; peemedebista dedicou-se nesse período a bandeiras paranistas que estavam guardadas nos escaninhos da Câmara Alta havia mais de 20 anos, dentre as quais se destacam: criação do Tribunal Regional Federal (TRF), recuperação ao Paraná R$ 36 bi de ICMS sobre energia e redefinição do mar territorial do estado; Gleisi Hoffmann, titular da vaga, retorna ao Senado para facilitar campanha ao governo do Paraná.

O senador Sérgio Souza (PMDB), suplente da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), já preparou o discurso que fará na próxima terça-feira, dia 4 de fevereiro, quando se despedirá do Senado. Ele devolverá a cadeira à  petista, que deixará o Planalto para dedicar-se à  campanha pelo governo do Paraná. ... 

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
10 Comentários

Lula decifra a mídia do presente: internet; assista ao vídeo

do Brasil 247

No dia em que comemora o alcance de 500 mil fãs em sua página no Facebook, ex-presidente publica vídeo sobre internet e redes sociais; "Quando temos acesso a um instrumento como a internet, que nos permite ser mais iguais, participar dos meios de comunicação não apenas ouvindo, mas interagindo, dando a nossa opinião, aumenta a nossa responsabilidade", avalia; petista afirma ser contra qualquer tipo de veto à  utilização desse meio, mas defende que usuários devem ser responsabilizados por seus atos; "Pode trazer coisas extraordinárias essa liberdade da internet", diz Lula, que lembra que também é preciso aceitar as críticas virtuais, "porque isso faz parte da democracia que a internet permite a todos nós"; assista ao vídeo.

No dia em que comemora o alcance de 500 mil fãs em sua página no Facebook, ex-presidente publica vídeo sobre internet e redes sociais; “Quando temos acesso a um instrumento como a internet, que nos permite ser mais iguais, participar dos meios de comunicação não apenas ouvindo, mas interagindo, dando a nossa opinião, aumenta a nossa responsabilidade”, avalia; petista afirma ser contra qualquer tipo de veto à  utilização desse meio, mas defende que usuários devem ser responsabilizados por seus atos; “Pode trazer coisas extraordinárias essa liberdade da internet”, diz Lula, que lembra que também é preciso aceitar as críticas virtuais, “porque isso faz parte da democracia que a internet permite a todos nós”; assista ao vídeo.

Ao comemorar o número de 500 mil fãs em sua página no Facebook, nesta quinta-feira 30, o ex-presidente Lula decifra a mídia do presente: internet. Em vídeo publicado no site do Instituto Lula sobre a internet e as redes sociais, o cacique petista aborda essa “poderosíssima” ferramenta e ressalta a importância da responsabilidade ao utilizá-la. “à‰ uma arma poderosíssima, quanto mais nós formos responsáveis, melhor”, afirma. ... 

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
23 Comentários

Prefeita do PSDB ensina tucano Beto Richa: “é possível dar aumento de até 19% para educadores”

Como a prefeita de Colombo, Beti Pavin, do PSDB, consegue conceder o maior reajuste do país a educadores, entre 12% e 19%, quando Beto Richa, do mesmo partido, não consegue nem pagar o salário básico dos servidores estaduais? Enquanto governador e seu vice, Flávio Arns,  secretário da Educação, aplicam sucessivos calotes no magistério, a tucana da região metropolitana de Curitiba ensina como administrar o orçamento sem precisar quebrar a máquina pública.

Como a prefeita de Colombo, Beti Pavin, do PSDB, consegue conceder o maior reajuste do país a educadores, entre 12% e 19%, quando Beto Richa, do mesmo partido, não consegue nem pagar o salário básico dos servidores estaduais? Enquanto governador e seu vice, Flávio Arns, secretário da Educação, aplicam sucessivos calotes no magistério, a tucana da região metropolitana de Curitiba ensina como administrar o orçamento sem precisar quebrar a máquina pública.

O governador Beto Richa e seu vice e secretário da Educação, Flávio Arns, do PSDB, não costuma cumprir acordos firmados com os servidores públicos, segundo a APP-Sindicato que representa 100 mil educadores da ativa no Paraná. ... 

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
8 Comentários

Candidata ao governo do PR, Gleisi Hoffmann deixa Casa Civil na segunda

do Brasil 247

Apenas dois nomes são dados como certos até agora; saída oficial de Alexandre Padilha, do Ministério da Saúde, foi adiada por pronunciamento; titular da pasta e pré-candidato ao governo de São Paulo entrou em cadeia nacional na noite desta quarta-feira para informar início da vacinação contra HPV; posse de Arthur Chioro está agendada para a próxima semana; na Casa Civil, Aloizio Mercadante assume no lugar de Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao governo do Paraná.

Apenas dois nomes são dados como certos até agora; saída oficial de Alexandre Padilha, do Ministério da Saúde, foi adiada por pronunciamento; titular da pasta e pré-candidato ao governo de São Paulo entrou em cadeia nacional na noite desta quarta-feira para informar início da vacinação contra HPV; posse de Arthur Chioro está agendada para a próxima semana; na Casa Civil, Aloizio Mercadante assume no lugar de Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao governo do Paraná.

A aguardada reforma ministerial pode ser anunciada oficialmente nesta quinta-feira. Apenas dois nomes foram confirmados até agora e as posses foram agendadas para a próxima segunda-feira: Aloizio Mercadante, na Casa Civil, no lugar de Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao governo do Paraná; e Arthur Chioro, na Saúde, no lugar de Alexandre Padilha, candidato do PT ao governo de São Paulo. ... 

Leia mais

30 de janeiro de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

Coluna do Requião Filho: “Reeleição de Richa seria a desgraça do Paraná”

Advogado Requião Filho, em sua coluna inaugural deste ano, cobra propostas dos candidatos ao governo do Paraná; especialista em políticas públicas, ele afirma que a falta de debates poderá manter o estado na "desgraça" administrativa criada por Beto Richa; colunista destaca falta de combustível nas viaturas policiais, falta de dinheiro para cobrar comida para PMs em serviço, falta de reposição de efetivos, abandono de hospitais já prontos, salários de funcionários públicos arrochados e calotes na educação, calote nos fornecedores de R$ 1 bilhão, enfim; colunista fulmina: "Reeleição de Richa ou de alguém parecido, sem propostas, seria a desgraça completa do Paraná"; leia o texto.

Advogado Requião Filho, em sua coluna inaugural deste ano, cobra propostas dos candidatos ao governo do Paraná; especialista em políticas públicas, ele afirma que a falta de debates poderá manter o estado na “desgraça” administrativa criada por Beto Richa; colunista destaca falta de combustível nas viaturas policiais, falta de dinheiro para cobrar comida para PMs em serviço, falta de reposição de efetivos, abandono de hospitais já prontos, salários de funcionários públicos arrochados e calotes na educação, calote nos fornecedores de R$ 1 bilhão, enfim; colunista fulmina: “Reeleição de Richa ou de alguém parecido, sem propostas, seria a desgraça completa do Paraná”; leia o texto.

Por Requião Filho* ... 

Leia mais