Requião é o fiel da balança em 2014, diz pesquisa na Gazeta do Povo

Publicado em 21 dezembro, 2013
Compartilhe agora!

De acordo com sondagem da Paraná Pesquisa divulgada pelo jornal Gazeta do Povo, neste domingo (22), candidatura do senador Roberto Requião é a única esperança de segundo turno nas eleições de 2014; sem o senador, os números são favoráveis à  reeleição do tucano já no primeiro turno; instituto não incluiu o nome de Ratinho Júnior, que é pressionado pelo PSC para disputar o Palácio Iguaçu; secretário do Desenvolvimento Urbano, em alguns cenários, em pesquisas anteriores, lidera a corrida pelo governo do estado.
De acordo com sondagem da Paraná Pesquisa divulgada pelo jornal Gazeta do Povo, neste domingo (22), candidatura do senador Roberto Requião é a única esperança de segundo turno nas eleições de 2014; sem o senador, os números são favoráveis à  reeleição do tucano já no primeiro turno; instituto não incluiu o nome de Ratinho Júnior, que é pressionado pelo PSC para disputar o Palácio Iguaçu; secretário do Desenvolvimento Urbano, em alguns cenários, em pesquisas anteriores, lidera a corrida pelo governo do estado.
O jornal Gazeta do Povo, edição deste domingo (22), traz nova pesquisa sobre a corrida pelo governo do Paraná. Segundo os números da Paraná Pesquisas, em um cenário mais crível, Beto Richa (PSDB) lidera com 43%, Gleisi Hoffmann (PT) tem 24% e Roberto Requião (PMDB) larga com 20%.

De acordo com a sondagem, os números são parecidos com os divulgados em agosto. Somente o tucano subiu (4%), enquanto a petista manteve os mesmo índices (24%) e o peemedebista oscilou negativamente (1%).

Em um dos cenários, Richa aparece com 46%; Gleisi chega a 27%; o ex-governador Orlando Pessuti (PMDB) faz 7%; Silvio Barros (PHS) atinge 5%; o empresário Joel Malucelli (PSD) obtém 1% e a deputada Rosane Ferreira (PV) também faz 1%. A soma de todos não é suficiente para levar a disputa para o segundo turno.

Na prática, segundo a manchete da Gazeta do Povo, Requião é o fiel da balança para 2014. Sem ele no jogo eleitoral, Richa vence a disputa já no primeiro turno. Por isso o desespero do Palácio Iguaçu em anulá-lo, em derrotá-lo na convenção do PMDB. Somente o PT de Gleisi ainda “não” tomou conhecimento dessa conjuntura favorável ao tucanato.

A Paraná Pesquisas também simulou enfrentamentos no segundo turno. Richa derrotaria Gleisi por 54% a 32%. O tucano também venceria Requião por 57% a 28%.

Estranhamente, o instituto de Murilo Hidalgo não pesquisou o nome de Ratinho Júnior (PSC) que tende a disputar o Palácio Iguaçu em 2014. O partido do secretário do Desenvolvimento Urbano deverá começar em janeiro campanha pela candidatura própria e saída do governo Richa.

A Paraná Pesquisas entrevistou 1.665 eleitores em 75 municípios do Paraná entre os dias 12 e 16 de dezembro. A margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

Compartilhe agora!

Comments are closed.