Requião dá o troco e oferece vice ao PT

Roberto Requião, pelo Twitter, neste sábado, disse que se não vier a ser candidato ao governo do Paraná os petistas Vanhoni ou Welter seriam bons vices para o peemedebista Caito Quintana; comentário seria troco à  insinuação do deputado André Vargas de que deputado sudoestino seria bom vice de Gleisi, caso ele não se viabilizasse candidato ao Palácio Iguaçu; ironia à  parte, na tríplice fronteira, hoje pela manhã, militantes do PMDB lançaram oficialmente a campanha Volta, Requião!!; na semana que vem, senador promoverá série de encontros na região Sudoeste.
Roberto Requião, pelo Twitter, neste sábado, disse que se não vier a ser candidato ao governo do Paraná os petistas Vanhoni ou Welter seriam bons vices para o peemedebista Caito Quintana; comentário seria troco à  insinuação do deputado André Vargas de que deputado sudoestino seria bom vice de Gleisi, caso ele não se viabilizasse candidato ao Palácio Iguaçu; ironia à  parte, na tríplice fronteira, hoje pela manhã, militantes do PMDB lançaram oficialmente a campanha Volta, Requião!!; na semana que vem, senador promoverá série de encontros na região Sudoeste.
O senador Roberto Requião, que percorre o trecho pela candidatura própria do PMDB, pelo Twitter, ironicamente, retribuiu a “gentileza” do deputado André Vargas, porta-voz da ministra Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao governo do Paraná:

“Se eu não vier a ser candidato ao governo do Paraná, Vanhoni ou Velter seriam bons vices para o Caito”, tuitou o senador, referindo-se aos deputados petistas à‚ngelo Vanhoni e Elton Welter, como vices em uma hipotética chapa liderada pelo também deputado peemedebista Caíto Quintana.

Ontem à  tarde, na região Sudoeste, os petistas ofereceram pela primeira vez a vice para o PMDB. O deputado federal André Vargas, vice-presidente da Câmara, com autorização da ministra, sugeriu que os peemedebistas indicassem o deputado estadual Caíto Quintana (PMDB) para a vice de Gleisi (clique aqui para relembrar).

Na prática, o senador do PMDB não abre mão da candidatura própria “nem que chova canivete”. Hoje pela manhã, em Foz do Iguaçu, militantes do partido lançaram oficialmente a campanha “Volta, Requião!” em emblemático evento ocorrido no Hotel Carimã.

Também corrobora com a irreversibilidade da candidatura de Requião, a sinalização de apoio do Solidariedade, novo partido que é comandado no estado pelo deputado Fernando Francischini (clique aqui). Além do parlamentar, sindicalistas da Força Sindical que atuam na agremiação do ex-tucano pedem que o peemedebista dispute o Palácio Iguaçu.

Comments are closed.