Por Esmael Morais

“Que respeito é esse, Beto Richa?”, questiona Requião; ouça o áudio

Publicado em 11/12/2013

Senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan "Estado de respeito" adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, ao aplicar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias; Mas que respeito é esse que não honra compromisso com professores, que paralisa a construção de hospitais? O governador respeita a saúde dos paranaenses?!, criticou; ouça o áudio.

Senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan “Estado de respeito” adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, ao aplicar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias; Mas que respeito é esse que não honra compromisso com professores, que paralisa a construção de hospitais? O governador respeita a saúde dos paranaenses?!, criticou; ouça o áudio.

O senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan “Estado de respeito” adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, o tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, dar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias.

O nosso governador fala muito sobre respeito. Ele adotou inclusive a palavra respeito como assinatura da sua administração: “Paraná. Um Estado de respeito”. Mas que respeito é esse que não honra compromisso com professores, que paralisa a construção de hospitais? O governador respeita a saúde dos paranaenses!, criticou.

Que respeito é esse ao autorizar as concessionárias de pedágio a implantarem no Paraná o pedágio mais caro do mundo e conceder aumentos impossíveis? O governador respeita a revolta dos paranaenses contra o pedágio? Que respeito é esse que destrói o programa de assistência de saúde da mulher e da criança criado por mim em parceria com Dra. Zilda Arns?!, continuou.

Que respeito tem o governador pelo programa Leite das Crianças ao não pagar os produtores de leite? O governador respeita as crianças paranaenses que precisam do leite? Que respeito o governador tem pelo dinheiro público ao levar o Paraná à  falência ao contratar milhares de apadrinhados políticos com altos salários em cargos comissionados e ao gastar mais de R$ 300 milhões em propaganda?!, perguntou.

Que respeito tem o governador pela segurança dos paranaenses ao não dar à s nossas Polícias as condições mínimas para que possam garantir a vida e o patrimônio dos paranaenses? Ao manter milhares de automóveis das Polícias parados por falta de manutenção e gasolina?!.

Governador, não há no seu governo verdadeiro respeito ao patrimônio e à  vida dos paranaenses. Por respeito aos paranaenses, levanta desta cadeira Beto Richa e comece a trabalhar. Respeito é bom, eu gosto e os paranaenses precisam ser respeitados!, finalizou.

Ouço o áudio de Roberto Requião: