Dilma sinaliza Mercadante para Casa Civil no lugar de Gleisi

Publicado em 9 dezembro, 2013
Compartilhe agora!

do Brasil 247

Presidente deve escolher nomes de reforma ministerial já no dia de seu aniversário: 14 de dezembro; ela deu sinais de que o ministro da Educação pode mesmo ocupar a pasta de Gleisi Hoffmann, que sai para disputar o governo do Paraná; um dos motivos seria sua assiduidade à s sextas-feiras na capital; segundo colunista Mônica Bergamo, da Folha, ministros que são candidatos em seus estados estariam resistindo à  ideia de sair antes de abril porque não querem perder a vitrine do governo federal.
Presidente deve escolher nomes de reforma ministerial já no dia de seu aniversário: 14 de dezembro; ela deu sinais de que o ministro da Educação pode mesmo ocupar a pasta de Gleisi Hoffmann, que sai para disputar o governo do Paraná; um dos motivos seria sua assiduidade à s sextas-feiras na capital; segundo colunista Mônica Bergamo, da Folha, ministros que são candidatos em seus estados estariam resistindo à  ideia de sair antes de abril porque não querem perder a vitrine do governo federal.
Na próxima semana, a presidente Dilma Rousseff começará a desenhar a reforma ministerial, para liberar ministros que devem sair candidatos em 2014. Gleisi Hoffmann já confirmou interesse em disputar o governo do Paraná. Em seu lugar na Casa Civil, Dilma sinaliza preferência por Aloizio Mercadante, hoje na pasta da Educação, como aponta Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

A presidente já marcou data para se debruçar quase que exclusivamente sobre o tema: o próximo sábado, 14 de dezembro – dia de seu aniversário. Decisão deve ser anunciada em volta a Brasília, no dia 6 de janeiro.

Segundo colunista, a vontade de mudar todo o ministério de uma vez decorre de uma constatação: quase nenhum ministro candidato trabalha à s sextas-feiras, por exemplo. Todos viajam à s suas bases eleitorais.

Compartilhe agora!

Comments are closed.