Despenca a aprovação do prefeito Gustavo Fruet, diz Paraná Pesquisas

Publicado em 26 dezembro, 2013
Compartilhe agora!

Levantamento da Paraná Pesquisas aponta dificuldade do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, em recuperar popularidade perdida com protestos de junho; em abril, o pedetista tinha 66% de aprovação, agora tem 54%; prefeito curitibano segue as mesmas pegadas do governador Beto Richa, que também viu sua aprovação despencar; de acordo com o Ibope, de segundo melhor avaliado entre 27 governadores, em dezembro de 2011, com 74% de aprovação, o tucano caiu para a sétima posição com 45%.
Levantamento da Paraná Pesquisas aponta dificuldade do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, em recuperar popularidade perdida com protestos de junho; em abril, o pedetista tinha 66% de aprovação, agora tem 54%; prefeito curitibano segue as mesmas pegadas do governador Beto Richa, que também viu sua aprovação despencar; de acordo com o Ibope, de segundo melhor avaliado entre 27 governadores, em dezembro de 2011, com 74% de aprovação, o tucano caiu para a sétima posição com 45%.
A Paraná Pesquisas divulgou nesta quinta (26), nas páginas do jornal Gazeta do Povo, nova sondagem sobre a aprovação do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT). De acordo com o instituto de Murilo Hidalgo, o pedetista, seguindo as pegadas do governador Beto Richa (PSDB), também experimentou queda de 66%, em abril, para 54% em dezembro.

Pesquisa Ibope divulgada no dia 13 de dezembro captou que o governador do Paraná despencou na avaliação entre os eleitores do estado. De segundo melhor avaliado entre 27 governadores, em dezembro de 2011, com 74% de aprovação, o tucano caiu para a sétima posição com 45% (clique aqui para relembrar).

A desaprovação do prefeito curitibano, que subiu de 26% para 41% no período, se deveu ao rastro dos protestos de junho que reivindicava a redução no preço da tarifa do ônibus.

Para 47% dos entrevistados, Fruet não vem cumprindo promessas da campanha de 2012. Em abril, o índice dos que enxergavam calote eleitoral na gestão do pedetista era de 29%.

Para 26% dos entrevistados, o prefeito não está melhorando a saúde, construindo mais postos, contratando mais médicos e criando unidades 24 horas.

A saúde é a área para qual o prefeito deveria dar mais atenção no futuro, segundo 47% dos entrevistados. Na sequência, aparecem segurança (15%) e educação (9%).

Os números divulgados hoje pela Gazeta do Povo revelam que o prefeito da capital está tendo dificuldades para recuperar sua popularidade. Em outro levantamento, de julho, da mesma Paraná Pesquisas, 55% dos eleitores curitibanos aprovavam a gestão de Fruet ante 39% que a desaprovavam (clique aqui para relembrar).

Veja o infográfico e compare os números:

fruet_pesquisa2013

Compartilhe agora!

Comments are closed.