Coluna do Ricardo Gomyde: “O sucesso do sorteio da Copa e a justa homenagem ao comunista Mandela”

Publicado em 7 dezembro, 2013
Compartilhe agora!

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, relata a emoção e o show de organização do Ministério do Esporte no sorteio dos grupos que disputarão a "Copa das Copas", na definição da presidenta Dilma; o evento de ontem foi assistido por 600 milhões de pessoas do mundo inteiro, ao vivo, de 163 países que mandaram equipes de TV para o Costão do Sauípe, na Bahia; colunista destaca a justa homenagem feita ao comunista Nelson Mandela, ex-presidente da àfrica do Sul cujo país sediou o último campeonato mundial de futebol em 2010; "Não importam quem sejam os adversários da nossa Seleção. Croácia, México, Camarões, Holanda, Espanha... Que vença o Brasil! Sempre! Dentro e fora de campo!", brada Gomyde; leia o texto.
Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, relata a emoção e o show de organização do Ministério do Esporte no sorteio dos grupos que disputarão a “Copa das Copas”, na definição da presidenta Dilma; o evento de ontem foi assistido por 600 milhões de pessoas do mundo inteiro, ao vivo, de 163 países que mandaram equipes de TV para o Costão do Sauípe, na Bahia; colunista destaca a justa homenagem feita ao comunista Nelson Mandela, ex-presidente da àfrica do Sul cujo país sediou o último campeonato mundial de futebol em 2010; “Não importam quem sejam os adversários da nossa Seleção. Croácia, México, Camarões, Holanda, Espanha… Que vença o Brasil! Sempre! Dentro e fora de campo!”, brada Gomyde; leia o texto.
por Ricardo Gomyde*

O maior evento pré-Copa do Mundo! Assim podemos classificar o sorteio dos grupos do próximo mundial. Os números estão aí para comprovar isso. Durante aproximadamente 90 minutos, o Brasil esteve sob os olhos do mundo. O evento foi transmitido simultaneamente para 193 países. A audiência estimada foi de 600 milhões de telespectadores. Cerca de 2 mil jornalistas dos cinco continentes fizeram a cobertura do sorteio e a repercussão positiva foi imediata.

Estiveram presentes a Costa do Sauípe-BA entre os pouco mais de 1.300 convidados diversas autoridades estrangeiras e brasileiras, além de artistas, personalidades, técnicos e representantes das 32 seleções, jogadores e ex-jogadores que fizeram história no futebol mundial. Tudo transcorreu no mais absoluto sucesso.

Cabe destacar também o momento em que o futebol abriu espaço para uma justa homenagem a Nelson Mandela, o maior líder dos tempos modernos, que conseguiu, após muitos anos de luta, reconciliar negros e brancos em seu país, a àfrica do Sul. Aliás, sua última aparição pública foi justamente na última Copa do Mundo, na àfrica do Sul, em 2010.

Tudo isso mostra a relevância desse acontecimento. Mais do que definir quem vai enfrentar quem durante a competição, o sorteio da Copa serviu para mostrar aos estrangeiros um pouco da capacidade de organização do Brasil, além de apresentar para todo o mundo toda a diversidade cultural brasileira, com imagens e manifestações folclóricas das cidades que vão receber os jogos no ano que vem. O mundo soube ainda mais que somos um povo alegre e acolhedor.

à‰ por isso que, como bem definiu a presidenta Dilma Rousseff, essa será a Copa das Copas!. Tenho certeza que o trabalho duro que estamos fazendo vai presentear o povo brasileiro com a maior Copa do Mundo de todos os tempos. Não importam quem sejam os adversários da nossa Seleção. Croácia, México, Camarões, Holanda, Espanha… Que vença o Brasil! Sempre! Dentro e fora de campo!

*Ricardo Gomyde, diretor de Futebol do Ministério do Esporte, especialista em políticas de inclusão social, é membro da Comissão Organizadora da Copa do Mundo no Brasil em 2014. Escreve nos sábados no Blog do Esmael.

Compartilhe agora!

Comments are closed.