Audiência pública reprova programa “Meu Pedágio, Minha vida” do governo Beto Richa; assista ao vídeo

Publicado em 6 dezembro, 2013
Compartilhe agora!

Tal o pai político Jaime Lerner, o governador Beto Richa privilegia os interesses das pedageiras no Paraná; no entanto, moradores de Umuarama e Cianorte, na região Noroeste, em audiência pública realizada ontem (5), rejeitaram os termos do programa "Meu Pedágio, Minha Vida" do governador do PSDB; a tarifa do pedágio no estado é a mais caro do mundo, segundo entidades técnicas e do mundo produtivo; em um universo paralelo, na Assembleia Legislativa, tem uma CPI "investigando" as concessionárias embora seus membros sejam feitos de patetas pelo Palácio Iguaçu; haverá reação ou os deputados continuarão lenientes mesmo com a explícita reprovação da população ao roubágio? Assista ao vídeo.
Tal o pai político Jaime Lerner, o governador Beto Richa privilegia os interesses das pedageiras no Paraná; no entanto, moradores de Umuarama e Cianorte, na região Noroeste, em audiência pública realizada ontem (5), rejeitaram os termos do programa “Meu Pedágio, Minha Vida” do governador do PSDB; a tarifa do pedágio no estado é a mais caro do mundo, segundo entidades técnicas e do mundo produtivo; em um universo paralelo, na Assembleia Legislativa, tem uma CPI “investigando” as concessionárias embora seus membros sejam feitos de patetas pelo Palácio Iguaçu; haverá reação ou os deputados continuarão lenientes mesmo com a explícita reprovação da população ao roubágio? Assista ao vídeo.
Moradores dos municípios de Cianorte e Umuarama, no Noroeste do Paraná, em audiências públicas realizadas ontem (5), rejeitaram o programa “Meu Pedágio, Minha Vida”, do governo Beto Richa (PSDB), que prevê mais quatro praças de pedágio na região.

O governo tucano tem mostrado uma rapidez impressionante quando o assunto é defender os interesses das pedageiras. O mesmo apetite não é visto na oferta de serviços, como na segurança e na saúde, e no andamento de obras fundamentais à  população paranaense.

Richa quer mais 4 praças de pedágio no trecho da PR-323 entre Maringá e Francisco Alves. Cada um custará R$ 4,50 para o usuário da rodovia.

Na audiência pública, os moradores consideraram o preço do pedágio muito caro e desconfiados do programa “Meu Pedágio, Minha Vida” do governador Beto Richa. A promessa é que a duplicação do trecho comece em 2014 e termine em 2018.

Com o reajuste autorizado no último domingo (1) pelo governador do PSDB, o Paraná tem o pedágio mais caro do mundo (clique aqui para relembrar). Esse aumento nas tarifas ocorreu debaixo do nariz da Assembleia Legislativa, que tem uma CPI para “investigar” a máfia do pedágio no estado.

Será que os deputados estão sendo lenientes com as concessionárias e o pedágio mais caro do mundo ou estão sendo feitos de patetas pelo governador?

Assista à  reportagem da RPCTV:

Compartilhe agora!

Comments are closed.