23 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
24 Comentários

“Requião pode tirar Richa do segundo turno no Paraná”, prevê André Vargas

Em entrevista ao deputado Luiz Carlos Martins (PSD), na Rádio Banda B, nesta segunda (23), André Vargas previu que o governador Beto Richa pode ficar fora do segundo turno, caso Requião entre na disputa pelo Palácio Iguaçu em 2014; "Acredito que se Requião entrar podemos repetir Curitiba, na qual todos já garantiam o Ducci no segundo turno e tivemos Fruet e Ratinho!, afirmou o petista, referindo-se à s eleições de 2012.

Em entrevista ao deputado Luiz Carlos Martins (PSD), na Rádio Banda B, nesta segunda (23), André Vargas previu que o governador Beto Richa pode ficar fora do segundo turno, caso Requião entre na disputa pelo Palácio Iguaçu em 2014; “Acredito que se Requião entrar podemos repetir Curitiba, na qual todos já garantiam o Ducci no segundo turno e tivemos Fruet e Ratinho!, afirmou o petista, referindo-se à s eleições de 2012.

O deputado federal André Vargas, porta-voz da candidatura da ministra Gleisi Hoffmann, do PT, em entrevista ao radialista Luiz Carlos Martins, na Rádio Banda B, nesta segunda (23), falou que a presença do senador Roberto Requião (PMDB) na corrida pelo governo do Paraná torna a disputa imprevisível. Segundo o petista, o peemedebista pode até tirar o governador Beto Richa (PSDB) do segundo turno, como aconteceu em Curitiba nas eleições de 2012, quando o ex-prefeito Luciano Ducci (PSB), aliado do tucano, ficou para trás. ... 

Leia mais

23 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
10 Comentários

Justiça bloqueia conta de empresa de ônibus para garantir Natal de motoristas e cobradores em Curitiba

O juiz Kassius Stocco, do Tribunal Regional do Trabalho, concedeu liminar ao Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba (Sindimoc) bloqueando contas bancárias da empresa Orlando Bertoldi & Cia Ltda., Consórcio Pontual, no valor de R$ 650 mil, para garantir a quitação do 13!º salário e o adiantamento dos trabalhadores.

Semana passada, este blog anotou que o Sindicato das Empresas de Transporte Público de Curitiba (Setransp) colocou a faca no pescoço do prefeito Gustavo Fruet (PDT) neste final de ano. Alegando falta de dinheiro para honrar o 13!º salário de motoristas e cobradores. A entidade ameaçou parar a operação dos ônibus na Rede Integrada de Transporte (RIT), caso o prefeito não repassasse R$ 55 milhões à s empresas (clique aqui para relembrar).

As empresas estão fazendo rodízio na sacanagem contra os trabalhadores. Em determinado mês, empresa x! dá calote no vale; no mês seguinte, a empresa y! dá calote nos salários. Elas combinam a pilantragem para dificultar a unidade da categoria, mas vão cair do cavalo!, denunciou ontem (22) ao blog o vereador Rogério Campos (PSC), representante dos motoristas e cobradores na Câmara Municipal de Curitiba (clique aqui).

Com a decisão do magistrado do trabalho, motoristas e cobradores terão o Natal garantido com suas famílias. O Sindimoc comemora a decisão. Leia abaixo a íntegra da decisão judicial:

Poder Judiciário
Tribunal Regional do Trabalho da 9!ª Região
3!ª Vara do Trabalho de Maringá – PR

TRT 45784-2013-003-09-00-08

Sindimoc Sindicato dos Motoristas e Cobradores Nas Empresas de Transporte de Passageiros de Curitiba e Região Metropolitana, qualificado nos autos, propôs ação cautelar em face de Orlando Bertoldi & Cia Ltda., Consórcio Pontual, da mesma forma qualificados. Alegou que a primeira requerida, integrante do consórcio segundo requerido, não efetuou os pagamentos da segunda parcela de 13!º salário e adiantamento salarial de seus empregados no prazo legal. Pleiteou o arresto de valores através de BACENJUD de ambos os réus, no valor de R$ 750.000,00.
“O arresto é uma ação cautelar típica – espécie de tutela de urgência -, que tem por escopo a garantia da execução por quantia certa, pela apreensão de bens, viabilizando a futura penhora, mediante a demonstração plausível do fumus boni iuris (art. 814, inc. I, do CPC) e do periculum in mora (arts. 813 e 814, inc. II, do CPC – periculo di infruttuosità , Leia mais

23 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
42 Comentários

Fiasco no lançamento da “Operação Verão” nas praias do Paraná

por Marcelo Elísio, direto das praias – Caderno LitoralUma falácia o lançamento da Operação Verão pelo Governador Beto Richa. Em seu discurso diz o seguinte: Essa será, sem dúvida, a maior Operação Verão já realizada no Paraná!; Como assim?! O Discurso é um, a realidade é outra, quando escuto alguns políticos falarem à  impressão que tenho é de que não estamos falando do mesmo lugar, depois do que ouvi na tarde de sexta feira na Praça de Ipanema, cheguei à  conclusão de que não estamos falando mesmo…

O Governador fala da Operação Verão como se nada tivesse existido antes dele, como se outrora não existisse o “Viva o Verão”, que basicamente fazia o que é feito, entretanto com atividades de Esporte e Lazer na beira mar, Cultura com programação Musical e o Projeto Biblioteca na Areia. Esses projetos só permaneceram no seu primeiro ano de mandato para dar continuidade à s atividades iniciadas pelo governo anterior, ou seja, uma ação que crescia a cada ano foi extinta.

Outro que fez um discurso inflamado e parecia morar em outra galáxia, foi o Deputado Mauro Moraes (Presidente da Comissão de Segurança na Assembleia), falou de segurança publica como se ninguém soubesse das dividas do estado, de viaturas ficando pelo caminho por falta de combustível e da insatisfação da classe com as condições de trabalho.

O Público

Chamou atenção, pois era pouco, o que fez volume foi todo o aparato ou parte dele que ficou a mostra, dezenas de viaturas, alguns tratores, jet-skis e até um helicóptero ficou a mostra, ruas fechadas no entorno da praça e também todos os que vão trabalhar na Operação Verão, homens da Policia Militar, Civil, do Corpo de Bombeiros, Agentes da Saúde, e a equipe de Limpeza.

Cadê o deputado Alceu?

Uma situação me chamou atenção, o Deputado do Litoral! Alceu Maron Filho não esteve presente para fazer o uso da palavra, daí fui conversar com um amigo que entende de política pra me explicar isso, porque o Mauro Moraes, e o Alceu Maron não? à‰ porque o Mauro Moraes (661) teve mais votos em Pontal do que o Alceu (515) na ultima eleição, logo Mauro Moraes tem o “mando político” de Pontal. Entende?! Tipo gado.

Poste urinar no cachorro

Vocês já viram um poste urinar no cachorro, pois bem, isso mais ou menos aconteceu… no final quando já tinha ido quase todo mundo embora, o Bolo do Aniversário de 18 anos de Pontal já tinha acabado, a estrutura sendo desmontada, um cidadão foi questionar o Prefeito Edgar Rossi sobre a sua rua que não estava bem mantida pela prefeitura e que estava pior do que o ano passado!,(uma situação normal para um prefeito) este, estava pior do que o ano passado!, não pegou bem no orgulho do prefeito que levantou a voz para o cidadão, que espantado com a reação do prefeito continuou a questiona-lo, em algum tempo os assessores retardatár Leia mais

23 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
21 Comentários

Gustavo Fruet quebra o silêncio sobre 2014: “Eu vou apoiar Gleisi”

via Brasil 247“Eu vou apoiar Gleisi”. A declaração do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), carimba o apoio da legenda pedetista na capital à  candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), ao governo do Paraná em 2014. Segundo o gestor, em nível nacional, o partido deve optar se aliança com o Partido dos Trabalhadores e apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT), que tentará a reeleição. Fruet disse, ainda, que, para o Senado, o PDT apoiará o ex-senador Osmar Dias.

Em relação à s questões administrativas, um dos principais pontos abordados na entrevista concedida ao jornal Valor Econômico foi a possibilidade de redução das tarifas de ônibus em 12%. Questionado sobre se esta diminuição no preço das passagens seria viável, o prefeito foi taxativo: “Não. Agora não, nós já reduzimos este ano e foi a primeira vez na história que houve redução na tarifa técnica. Isso é possível desde que haja alternativa de financiamento”.

Leia a íntegra da entrevista concedida ao Valor Econômico:

“A tarifa de ônibus é nossa bomba relógio”

Quando assumiu a Prefeitura de Curitiba, no início de 2013, Gustavo Fruet (PDT) pediu à  população um tempo para colocar o caixa em dia. Mostrava goteiras nas escolas e janelas quebradas em postos de saúdes para segurar os clamores por aumentos de salários e novos investimentos e contava com a recém-conquistada popularidade das urnas para esticar o prazo – e o pagamento das dívidas – ao máximo.

Fruet e o restante dos políticos do país, porém, não contavam com as manifestações de junho que o obrigaram a reduzir tarifas de transportes e trazer a questão da mobilidade para o centro da discussão na capital paranaense. “Foi um sinal muito claro de critica à s prestações de serviço e ficou muito focado no preço da tarifa”, disse Fruet ao Valor.

Em resposta, o prefeito abriu o que chama de “caixa preta do transporte público”: colocou contas e documentos na internet, pediu auditorias e diminuiu o preço da passagem. O movimento culminou em uma CPI que concluiu pela necessidade de uma redução ainda maior, o que, para o prefeito, é inviável sem novas fontes de financiamento.

Fruet assumiu a Prefeitura de Curitiba com o maior déficit da história, que alcançou 10% das receitas correntes em 2012. O primeiro passo foi equacionar uma dívida de R$ 571 milhões da administração anterior, dos quais R$ 403 m Leia mais

23 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
24 Comentários

Colunista do “Blog do Esmael” é destaque nacional na defesa de Dilma

O advogado Marcelo Araújo, especialista em trânsito, colunista neste blog, onde escreve nas segundas, é destaque hoje (23) no jornal Folha de S. Paulo. Na reportagem, ele fala que o flagra do fotógrafo Ricardo Duarte, que registrou a presidenta Dilma Rousseff carregando o neto no banco de trás, sem a cadeirinha, não é suficiente para multá-la.

De acordo com Araújo, a infração só pode ser registrada por declaração de um agente de trânsito ou por um equipamento eletrônico (radar, por exemplo) “previamente regulamentado pelo Contran [Conselho Nacional de Trânsito]”.

Colunista do “Blog do Esmael” desde julho de 2013, Marcelo Araújo finaliza seus artigos sobre trânsito e mobilidade urbana com o bordão “de multa eu entendo!”. A seguir, leia a matéria no jornal Folha de S. Paulo:

Multa de trânsito a Dilma só poderia ser aplicada por radar ou agente, diz advogado

Fotografada com o neto de três anos no colo durante um trajeto de carro, sem a cadeirinha obrigatória para a criança, a presidente Dilma Rousseff só seria multada pela infração se tivesse sido flagrada por um radar ou por um agente de trânsito.

A cena foi registrada por fotógrafos em Porto Alegre nesta sexta-feira (20). A presidente deixava a casa da filha com o neto em um carro, sentada no banco de trás.

Transportar uma criança de até quatro anos sem a cadeirinha é considerado uma infração gravíssima, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro.

Mas, segundo o advogado Marcelo Araújo, especialista em trânsito e presidente da Comissão de Trânsito da OAB-PR (Ordem dos Advogados do Brasil), o flagra dos fotógrafos não é suficiente para implicar em penalidade.

Para começar, quem seria multado seria o motorista do carro, e não Dilma, que era passageira. Ele levaria sete pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 191,54. O veículo seria retido até a resolução da irregularidade.

Além disso, explica Araújo, a infração só pode ser registrada por declaração de um agente de trânsito ou por um equipamento eletrônico (radar, por exemplo) “previamente regulamentado pelo Contran [Conselho Nacional de Trânsito]”.

“Nem uma câmera de posto adiantaria”, comenta Araújo. A norma está no artigo 280 do Código de Trânsito Brasileiro.

Para ele, mesmo que houvesse o registro do fato por um radar, seria nece Leia mais

23 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
17 Comentários

32% dos brasileiros convidariam Dilma para almoçar em casa, diz pesquisa

O colunista Felipe Patury, da revista à‰poca, divulga na edição desta semana uma inusitada sondagem da Paraná Pesquisa, de Murilo Hidalgo, que afere o grau de confiança dos eleitores em relação aos candidatos à  presidência da República. Dilma Rousseff (PT), por exemplo, seria convidada por 32% dos brasileiros para almoçar em casa, enquanto Marina Silva (PSB) por 23%; José Serra (PSDB) por 12%; Aécio Neves (PSDB) por 10%; e apenas 4% convidariam Eduardo Campos (PSB) para bater um rango em casa.

Dilma vence em quase todos os quesitos, mas perde por 1% quando a pergunta é “Quem você chamaria para cuidar do seu filho pequeno?”. Marina teria a confiança de 30% e a presidenta de 29% dos brasileiros.

A Paraná pesquisas entrevistou 2.250 eleitores maiores de 16 anos em 158 municípios brasileiros entre os dias 03 e 07 de dezembro de 2013. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos.

Leia a íntegra do texto da revista à‰poca com os respectivos números:

Nova avaliação dos presidenciáveis: quem é o melhor amigo, gerente, babá, advogado e vizinho

O instituto Paraná Pesquisas recorreu a questionário incomum para medir a eleitor sobre a confiança, a empatia, a percepção de competência, de intimidade e o sentimento de serem representado pelos presidenciáveis. A presidente Dilma Rousseff se sai melhor nas questões que representam intimidade (convidaria para ir à  sua casa), competência (administraria sua empresa) e representação (defenderia seu direito). Marina Silva, do PSB, lidera no quesito confiança (cuidaria de seu filho). O tucano José Serra lidera a rejeição (vizinho a evitar). Os resultados de Aécio Neves, do PSDB, e, sobretudo, de Eduardo Campos, PSB, devem ser relativizados, porque eles são menos conhecidos. Foram ouvidas 2.250 pessoas em todo país no início deste mês. Veja a pesquisa completa aqui. Abaixo, os principais resultados.

Quem você convidaria para almoçar em sua casa?
Dilma: 32%
Marinha: 23%
Serra: 12%
Aécio: 10%
Eduardo: 4%

Quem você escolheria para administrar a sua empresa?
Dilma: 29%
Leia mais

23 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
27 Comentários

“Eu quero Ratinho Júnior disputando o governo do Paraná”, pede vereador de Curitiba

Tropa de choque do secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, aos poucos, se levanta para pedir candidatura própria do PSC ao governo do Paraná; nesta segunda (23), o vereador de Curitiba, Rogério Campos, afirmou que deseja ver o partido disputando o Palácio Iguaçu; Mesmo não vencendo em 2014, Ratinho se consolidaria como um nome para a sucessão do prefeito Gustavo Fruet (PDT) em 2016!, analisa o parlamentar; ato contínuo, na manhã de hoje, a bancada do Jornal da Massa reivindicou a colocação do nome de Ratinho Júnior nas sondagens dos institutos de pesquisas; secretário está prestes a romper com o governador Beto Richa, que não cumpriu a promessa de vitaminar a pasta com R$ 300 milhões para investimentos e obras.

Tropa de choque do secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, aos poucos, se levanta para pedir candidatura própria do PSC ao governo do Paraná; nesta segunda (23), o vereador de Curitiba, Rogério Campos, afirmou que deseja ver o partido disputando o Palácio Iguaçu; Mesmo não vencendo em 2014, Ratinho se consolidaria como um nome para a sucessão do prefeito Gustavo Fruet (PDT) em 2016!, analisa o parlamentar; ato contínuo, na manhã de hoje, a bancada do Jornal da Massa reivindicou a colocação do nome de Ratinho Júnior nas sondagens dos institutos de pesquisas; secretário está prestes a romper com o governador Beto Richa, que não cumpriu a promessa de vitaminar a pasta com R$ 300 milhões para investimentos e obras.

O vereador Rogério Campos (PSC), de Curitiba, defende que o partido lance a candidatura de Ratinho Júnior ao governo do Paraná em 2014. Segundo o parlamentar, a disputa pelo Palácio Iguaçu não só ficaria emocionante como as chances de vitória seriam concretas.  ... 

Leia mais

23 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
18 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Vó Gertrudes foi o mico do 1!º ano da gestão Fruet”

Marcelo Araújo, em sua última coluna de 2013, avalia que o mico do ano ficou com a campanha de trânsito Vó Gertrudes!, do prefeito Gustavo Fruet; em balanço, especialista em trânsito recorda da tentativa de fraude no envio de 60 mil multas; das irregularidades no veículo inventado por Jaime Lerner; da vergonhosa licitação dos radares e da consequente indústria da multa na capital; do abandono dos agentes de trânsito; Nesse ano Curitiba está menos iluminada, mais esburacada, menos sinalizada e por antecipação já tomamos conhecimento que o Executivo não vê com bons olhos receber jogos da Copa!, criticou o colunista, que ao final reafirma: de multa eu entendo!!; leia o texto.

Marcelo Araújo, em sua última coluna de 2013, avalia que o mico do ano ficou com a campanha de trânsito Vó Gertrudes!, do prefeito Gustavo Fruet; em balanço, especialista em trânsito recorda da tentativa de fraude no envio de 60 mil multas; das irregularidades no veículo inventado por Jaime Lerner; da vergonhosa licitação dos radares e da consequente indústria da multa na capital; do abandono dos agentes de trânsito; Nesse ano Curitiba está menos iluminada, mais esburacada, menos sinalizada e por antecipação já tomamos conhecimento que o Executivo não vê com bons olhos receber jogos da Copa!, criticou o colunista, que ao final reafirma: de multa eu entendo!!; leia o texto.

por Marcelo Araújo* ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo