11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
32 Comentários

Vem aí nova eleição para conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná

Deputado Valdir Rossoni, presidente da Assembleia, à  luz da decisão da 3!ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, que anulou eleição do conselheiro Fábio Camargo, deverá convocar nova escolha para o Tribunal de Contas do Estado; Plauto Miró, que ficou em segundo lugar na disputa de 15 de julho, avisa que já entrou em aquecimento e, a julgar pelo movimento das nuvens, é o franco favorito para o cargo com apoio do Palácio Iguaçu.

Deputado Valdir Rossoni, presidente da Assembleia, à  luz da decisão da 3!ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, que anulou eleição do conselheiro Fábio Camargo, deverá convocar nova escolha para o Tribunal de Contas do Estado; Plauto Miró, que ficou em segundo lugar na disputa de 15 de julho, avisa que já entrou em aquecimento e, a julgar pelo movimento das nuvens, é o franco favorito para o cargo com apoio do Palácio Iguaçu.

O juiz Roger Vinícius Pires de Camargo Oliveira, da 3!ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, anulou a eleição de Fábio Camargo para conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR). Ainda cabe recurso à  decisão. ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
9 Comentários

De olho em 2014, André Vargas começa “costear o alambrado” de Requião

 Orelha seca deste blog flagrou o deputado André Vargas, nesta quarta (11), costeando o alambrado pronto para pular a cerca do senador Roberto Requião, que se prepara para disputar o governo do Paraná; encontro entre petista e o senador testemunhado pelo sobrinho, deputado João Arruda, e o filho, Maurício Requião, coincide com especulações na frente política, inclusive no PT, de que a ministra vai pipocar! da disputa com Richa; vice-presidente da Câmara, bem como o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, e o diretor-geral de Itaipu, Jorge Samek, são sondados para a vice do senador peemedebista.


Orelha seca deste blog flagrou o deputado André Vargas, nesta quarta (11), costeando o alambrado pronto para pular a cerca do senador Roberto Requião, que se prepara para disputar o governo do Paraná; encontro entre petista e o senador testemunhado pelo sobrinho, deputado João Arruda, e o filho, Maurício Requião, coincide com especulações na frente política, inclusive no PT, de que a ministra vai pipocar! da disputa com Richa; vice-presidente da Câmara, bem como o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, e o diretor-geral de Itaipu, Jorge Samek, são sondados para a vice do senador peemedebista.

O deputado federal André Vargas, vice-presidente da Câmara, começou hoje a “costear o alambrado” do senador Roberto Requião. Pelo jeito faceiro que apresentava durante visita ao candidato do PMDB ao governo do Paraná, o petista está pronto para pular a cerca.  ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
33 Comentários

Petistas mandam fotos que comprovariam que Beto Richa é “chupim” do governo federal; confira

A guerra pela paternidade de 115 ônibus distribuídos ontem pelo governador Beto Richa (PSDB), em frente ao Palácio Iguaçu, chegou hoje aos municípios do interior do Paraná. Furiosos, os petistas enviaram ao blog fotos que comprovariam que os veículos foram adquiridos com recursos do governo federal.

Richa mandou fixar nos ônibus distribuídos para as APAES um adesivo grande dizendo a seguinte frase: “Veículo adquirido com recursos economizados da Assembléia Legislativa do Paraná”. Essa iniciativa tirou a tropa do sério a tropa que reza pela cartilha da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao Palácio Iguaçu.

O deputado estadual e presidente do PT, Enio Verri, em discurso na tribuna da Assembleia, já havia criticado o tucano por mentir agir como “chupim” no caso dos ônibus (clique aqui).

A entrega dos veículos é mais um evento que o governo Richa gasta dinheiro com aparelho de som, com a tenda para a sombra, e sai falando o que não é verdade!, criticou.

Chupim é um pássaro que vive na região Sul do país e é conhecido pelo habito de colocar seus ovos no ninho de outras aves para que as mesmas possam chocá-los, criá-los e alimentá-los como filhotes. Por isso acabou virando sinônimo de aproveitador no mundo da política.

Confiram as fotos (clique nas imagens para ampliar):

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
24 Comentários

93% dos eleitores brasileiros nem aí com prisão de réus no mensalão, diz pesquisa

do Brasil 247 A maioria da população brasileira não acredita que a conclusão do julgamento da Ação Penal 470 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e as prisões dos principais réus condenados contribuirão efetivamente para que se diminuam os casos de corrupção do País. A constatação é tirada de uma mostra do Instituto Paraná Pesquisas divulgada nesta quarta-feira 11.

De acordo com o levantamento, feito entre os dias 3 e 7 de dezembro a partir de pesquisas com 2.250 brasileiros em todas as regiões do País, 57% não vê influência das prisões em eventuais próximos casos de corrupção contra 36% que acreditam que sim, o julgamento do chamado ‘mensalão’ e a ida para cadeia de nomes emblemáticos como José Dirceu, José Genoino, Marcos Valério e Valdemar Costa Neto pode inibir novos escândalos.

Visto por muitos críticos, inclusive juristas, como um “espetáculo midiático”, uma vez que foi transmitido na íntegra em tevê aberta para todo o Brasil, o julgamento da AP 470 também não influenciará, de acordo com a pesquisa, o voto dos brasileiros nas eleições de 2014. Depois das prisões, 93% responderam que não mudaram sua intenção de voto para o próximo pleito, enquanto apenas 6,5% se disseram influenciados.

O sentimento de Justiça também não foi comum em toda a população brasileira que viu os condenados indo para a cadeia nas últimas semanas. Dos entrevistados, 20% responderam que passaram a acreditar menos na Justiça depois da conclusão do julgamento. Em resposta sobre o mesmo assunto, 38% disseram que passaram a acreditar mais e 39% continuam acreditando no poder judiciário da mesma forma.

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
31 Comentários

“Que respeito é esse, Beto Richa?”, questiona Requião; ouça o áudio

Senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan "Estado de respeito" adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, ao aplicar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias; Mas que respeito é esse que não honra compromisso com professores, que paralisa a construção de hospitais? O governador respeita a saúde dos paranaenses?!, criticou; ouça o áudio.

Senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan “Estado de respeito” adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, ao aplicar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias; Mas que respeito é esse que não honra compromisso com professores, que paralisa a construção de hospitais? O governador respeita a saúde dos paranaenses?!, criticou; ouça o áudio.

O senador Roberto Requião (PMDB), em novo pronunciamento radiofônico, nesta quarta (11), ironiza o slogan “Estado de respeito” adotado pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo o parlamentar, o tucano desrespeita os paranaenses ao liquidar políticas públicas, dar calote em professores e autorizar o pedágio mais caro do mundo nas rodovias. ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
49 Comentários

O banquete na “Ilha Fiscal” de Richa

Beto Richa ofereceu um banquete no Palácio Iguaçu, ontem à  noite, a seleto grupo, que se assemelhou ao baile da Ilha Fiscal -- a última grande festa antes da queda da monarquia com a Proclamação da República Brasileira em 15 de novembro de 1889; festerê tucano foi marcado pela extravagância e luxo; custo da orgia pantagruélica daria para pagar os devidos aos professores e botar gasolina nas viaturas da PM.

Beto Richa ofereceu um banquete no Palácio Iguaçu, ontem à  noite, a seleto grupo, que se assemelhou ao baile da Ilha Fiscal — a última grande festa antes da queda da monarquia com a Proclamação da República Brasileira em 15 de novembro de 1889; festerê tucano foi marcado pela extravagância e luxo; custo da orgia pantagruélica daria para pagar os devidos aos professores e botar gasolina nas viaturas da PM.

O exímio fotógrafo Orlando Kissner captou ontem à  noite, no Palácio Iguaçu, jantar de final de ano entre deputados, secretários e o casal Fernando e Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
4 Comentários

Jefferson, especialista em caixa 2, pede “bom senso” ao Supremo

do Brasil 247Não dá para não dizer que o ex-deputado Roberto Jefferson não ser atrevido. Mesmo na condição de culpado pela Ação Penal 470, após ter confessado o recebimento de R$ 4 milhões, em nome do PTB, pelo esquema de caixa 2, ele está distribuindo conselhos ao Supremo Tribunal Federal por meio de seu blog.

“Que prevaleça o bom senso” é a nota que ele postou na manhã desta quarta-feira 11, procurando dirigir-se aos juízes horas antes de ter início a sessão plenária para deliberar sobre o modelo de financiamento de campanhas eleitorais.

Especialista em caixa 2, como ele mesmo demonstrou em suas confissões ao STF, Jefferson defende, é claro, a manutenção do modelo atual, pelo qual os partidos podem prover suas campanhas com recursos públicos e, também, privados. Está em análise no tribunal a mudança para que o financiamento público se torne a única fonte de receita nas eleições. A iniciativa é da Ordem dos Advogados do Brasil, que considera a mudança fundamental para a melhor separação entre a classe política e os interesses de grandes grupos econômicos.

Na nota postada em seu blog — Jefferson aguarda em seu sítio o decreto de prisão que o STF ainda não emitiu contra ele -, faz a introdução tradicional do “sem entrar no mérito” para demonstrar uma sincera preocupação com o destino das eleições de 2014 e o ânimo dos eleitores em financiar os candidatos. Um perfeito advogado da própria causa!

Abaixo, a nota de Roberto Jefferson:

Que prevaleça o bom senso

Supremo deve julgar hoje ação movida pela OAB, sob inspiração petista, questionando artigos da lei que autoriza a doação de recursos de pessoas físicas e jurídicas nas campanhas eleitorais. Sem entrar no mérito, caso o pleno do STF considere as doações privadas inconstitucionais, como ficarão as eleições de 2014? Mais grave ainda: o contribuinte, que já paga o horário eleitoral no rádio e TV e o Fundo Partidário, vai querer bancar o santinho e o carro de som dos candidatos? Francamente. Creio no bom senso dos ministros de nossa mais alta Corte.

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Falta dinheiro para gasolina na PM, mas sobra verba para Richa telefonar desejando Feliz Natal

Telefonemas de Beto Richa desejando Feliz Natal! a eleitores paranaenses geram protestos nas redes sociais; governo tucano enfrenta a maior crise financeira que se tem notícias da história do estado; viaturas da PM não têm combustível para rodar, telefones das policias até foram cortados, obras paralisadas, calote em servidores públicos e fornecedores, enfim, o caos administrativo provocado pelo "choque de gestão"; se falta dinheiro para a gasolina da PM e para cumprir acordos salariais com os professores e educadores, sobra verba para telefonar nas vésperas das eleições de 2014?

Telefonemas de Beto Richa desejando Feliz Natal! a eleitores paranaenses geram protestos nas redes sociais; governo tucano enfrenta a maior crise financeira que se tem notícias da história do estado; viaturas da PM não têm combustível para rodar, telefones das policias até foram cortados, obras paralisadas, calote em servidores públicos e fornecedores, enfim, o caos administrativo provocado pelo “choque de gestão”; se falta dinheiro para a gasolina da PM e para cumprir acordos salariais com os professores e educadores, sobra verba para telefonar nas vésperas das eleições de 2014?

Moradores dos quatro quantos do Paraná estão sendo surpreendidos por telefonemas do governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, desejando-lhes Feliz Natal. ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
20 Comentários

A estranha ausência de Gleisi Hoffmann

Nos bastidores da política, inclusive do PT, crescem rumores de que Gleisi não disputará o governo do Paraná em 2014; ausência da ministra em evento do PAC 2, ontem, em Brasília, que anunciou 15 Centros de Iniciação ao Esporte no estado, reforçou a hipótese do pipoco!; "Plano B" de petistas inclui a vice na chapa de Roberto Requião; prefeito de Pinhais e presidente da Assomec (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba), Luizão Goulart, é lembrado para a tarefa, bem como o deputado André Vargas, que jura preferir o Senado; com a estranha ausência de Gleisi na agenda positiva, que beneficiou municípios paranaenses com investimentos de até R$ 3 milhões em cada um deles, Ricardo Gomyde, do Ministério do Esporte, e o prefeito de Pinhais faturaram politicamente ao lado dos ministros Aldo Rebelo (Esporte) e Miriam Belchior (Planejamento).

Nos bastidores da política, inclusive do PT, crescem rumores de que Gleisi não disputará o governo do Paraná em 2014; ausência da ministra em evento do PAC 2, ontem, em Brasília, que anunciou 15 Centros de Iniciação ao Esporte no estado, reforçou a hipótese do pipoco!; “Plano B” de petistas inclui a vice na chapa de Roberto Requião; prefeito de Pinhais e presidente da Assomec (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba), Luizão Goulart, é lembrado para a tarefa, bem como o deputado André Vargas, que jura preferir o Senado; com a estranha ausência de Gleisi na agenda positiva, que beneficiou municípios paranaenses com investimentos de até R$ 3 milhões em cada um deles, Ricardo Gomyde, do Ministério do Esporte, e o prefeito de Pinhais faturaram politicamente ao lado dos ministros Aldo Rebelo (Esporte) e Miriam Belchior (Planejamento).

Sem a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu, o Ministério do Esporte anunciou ontem, em Brasília, a lista de 14 municípios paranaenses que serão beneficiados com a construção de 15 Centros de Iniciação ao Esporte (CIE).  ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
19 Comentários

A verdade de João Paulo encara hoje as mentiras de Joaquim Barbosa

do Brasil 247
Está marcado para as 17h desta quarta-feira 11 um pronunciamento histórico na Câmara dos Deputados. Um dos ex-presidentes da Casa, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), fará o lançamento da revista “A verdade, nada mais que a verdade” (baixe aqui, o tempo médio de download é de cinco minutos), em que contesta, ponto por ponto, os argumentos apresentados pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, na condução da Ação Penal 470.

Condenado por peculato e formação de quadrilha, João Paulo irá apresentar documentos que não foram aceitos no julgamento. Entre eles, os contratos de publicidade que foram firmados e as auditorias internas, que provaram sua legalidade. João Paulo Cunha também contesta frases que foram ditas textualmente por Joaquim Barbosa no julgamento, como, por exemplo, a de que foi ele quem contratou serviços de publicidade pela Câmara !“ na verdade, isso foi feito pelo antecessor Aécio Neves, hoje candidato à  presidência da República pelo PSDB.

Leia, abaixo, algumas acusações feitas por Joaquim Barbosa e as provas documentais apresentadas por João Paulo Cunha, que não foram aceitas pelo presidente do STF e faça, aqui, o download da publicação completa:

ACUSAà‡àƒO

O ministro-relator do STF, Joaquim Barbosa, afirma, no seu voto condenatório, que o Deputado João Paulo Cunha decidiu contratar uma agência de publicidade para a Câmara dos Deputados. Esta afirmação é correta?

A VERDADE

Não! Pois a Câmara dos Deputados já mantinha, desde o ano 2001, um contrato de publicidade com a agência Denison. Esse contrato foi assinado pela administração anterior do presidente Aécio Neves.

Em 26 de Dezembro de 2002, esse contrato foi prorrogado. Portanto, quando João Paulo tomou posse, na presidência da Câmara, em fevereiro de 2003, o contrato de publicidade estava em vigor e em plena vigência.

ACUSAà‡àƒO

Segundo o ministro-relator, a decisão de abrir uma nova licitação foi, efetivamente, tomada pelo réu João Paulo Cunha!. Procede essa afirmação?

A VERDADE

Não! Legalmente, a Câmara não poderia realizar uma nova prorrogação do contrato de publicidade em vigor com a Denison. Então, a Secretaria de Comunicação (SECOM) da Câmara dos Deputados, através de seu Diretor, solicitou a abertura de uma nova licitação.

ACUSAà‡àƒO

O ministro Joaquim Barbosa conduz as acusações para induzir que foi o Deputado João Paulo Cunha quem assinou o contrato de publicidade da Camara dos Deputados. Esse contrato foi assinado pelo Deputado João Paulo Cunha?

A VERDADE

Não! O contrato foi assinado pela própria administração da Câmara dos Deputados, representada pelo seu Diretor Geral. O Edital para a licitação foi aprovado pelo núcleo jurídico da Assessoria Técnica Leia mais

11 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
66 Comentários

Coluna do Ademar Traiano: “Lula, o Barba, era informante do Dops”

Ademar Traiano, principal ideólogo do governo Beto Richa e um dos generais da campanha de Aécio Neves na região Sul, em sua coluna desta quarta, reverbera lançamento do "livro-bomba" de Romeu Tuma Filho pela revista Veja: "Sobre o informante Lula, de codinome 'Barba', Tuma Filho é taxativo: 'O Lula era informante do meu pai no Dops'", escreveu o parlamentar do PSDB, ao acusar o PT de perseguir adversários políticos produzindo dossiês falsos; colunista também volta a repetir, como se fosse um mantra, que ministros paranaenses, dentre os quais Gleisi Hoffmann, agem contra o Paraná no quesito repasses de verbas federais; coloca novamente o jornal Gazeta do Povo, do grupo RPC, no colo dos petistas; Traiano destaca ainda que o governo tucano, do qual ele é líder na Assembleia Legislativa do Paraná, é superior administrativa e moralmente ao de Dilma cuja contribuição maior recebida do PT teria sido o mensalão; leia o texto.

Ademar Traiano, principal ideólogo do governo Beto Richa e um dos generais da campanha de Aécio Neves na região Sul, em sua coluna desta quarta, reverbera lançamento do “livro-bomba” de Romeu Tuma Filho pela revista Veja: “Sobre o informante Lula, de codinome ‘Barba’, Tuma Filho é taxativo: ‘O Lula era informante do meu pai no Dops'”, escreveu o parlamentar do PSDB, ao acusar o PT de perseguir adversários políticos produzindo dossiês falsos; colunista também volta a repetir, como se fosse um mantra, que ministros paranaenses, dentre os quais Gleisi Hoffmann, agem contra o Paraná no quesito repasses de verbas federais; coloca novamente o jornal Gazeta do Povo, do grupo RPC, no colo dos petistas; Traiano destaca ainda que o governo tucano, do qual ele é líder na Assembleia Legislativa do Paraná, é superior administrativa e moralmente ao de Dilma cuja contribuição maior recebida do PT teria sido o mensalão; leia o texto.

por Ademar Traiano* ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2019. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo