Por Esmael Morais

Veneri leva disputa interna do PT para o tapetão em Curitiba, acusam petistas

Publicado em 21/11/2013

Henrique Faustino, presidente eleito da zonal de Santa Felicidade, em Curitiba, acusa deputado Tadeu Veneri de levar disputa interna para o tapetão; segundo o vitorioso, no Dia de Zumbi dos Palmares, parlamentar questionou sua prestação de contas; "Trata-se do

Henrique Faustino, presidente eleito da zonal de Santa Felicidade, em Curitiba, acusa deputado Tadeu Veneri de levar disputa interna para o tapetão; segundo o vitorioso, no Dia de Zumbi dos Palmares, parlamentar questionou sua prestação de contas; “Trata-se do “Jus Sperniandi” (direito de espernear) dos derrotados”, ironiza o petista, que cobra coerência! da corrente Militância Socialista, de Veneri, pelo apoio ao candidato do grupo ligado ao deputado André Vargas.

A confusão é grande nas eleições internas do PT de Curitiba. Inconformados com o resultado adverso no primeiro turno das eleições do PT, no bairro Santa Felicidade, a corrente interna do partido Militância Socialista (MS), que tem como líder e ideólogo o deputado estadual Tadeu Veneri, entrou no dia de ontem (20) com pedido de cassação da candidatura de Henrique Faustino sob a alegação de falhas na prestação de contas.

Faustino, o vitorioso nas urnas no último dia 10, é homem de confiança do deputado federal à‚ngelo Vanhoni, da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB).

Na ocasião do primeiro turno, Veneri não conseguiu emplacar seu pupilo, Augusto Franco, no segundo turno da disputa pela presidência do PT da capital e ainda assistiu a queda da República Socialista de Santa Felicidade!, zonal tida até então, no PT, como solo sagrado tadeusista! onde eram considerados imbatíveis.

O presidente eleito da zonal, Henrique Faustino, afirma que não há problema na prestação de contas de sua campanha e que há uma tentativa de os tadeusistas! ganharem a disputa no tapetão.

Não há problema na prestação de contas. Eles foram derrotados nas urnas, a maioria dos filiados do partido naquela região entendeu que o projeto político daquele grupo estava esgotado e o resultado da eleição demonstra isso. Não vamos admitir que depois de terem recebido uma negativa nas urnas tentem ganhar a disputa no tapetão. No entanto, eu entendo que eles estão utilizando o “Jus Sperniandi” (direito de espernear)!.

Já o coordenador da campanha de Faustino, Arildo Marques, alfineta a MS por causa da posição tomada no segundo turno das eleições. O grupo de Tadeu Veneri resolveu apoiar a candidatura de Natalino Bastos, peixe! do deputado André Vargas.

Eram como a água e o óleo, agora estão todos juntos. O que os companheiros da MS têm que fazer é explicar para os petistas de Santa Felicidade qual foram à s razões que os levaram a fazer essa aliança, no mínimo esquisita, nesse segundo turno!.

No próximo domingo (24) haverá segundo turno para decidir quem será o presidente do PT de Curitiba. Disputam Zuca, ligado aos ministros Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann, e Natalino, do time do deputado federal André Vargas e do vereador Pedro Paulo.