Veja essa: vereadores de Ponta Grossa têm veículos rastreados pela Câmara

Publicado em 5 novembro, 2013
Compartilhe agora!

Em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais, os veículos oficiais da Câmara Municipal são rastreados pelo presidente Aliel Machado (PCdoB), que ontem notificou sete vereadores que saíram do percurso informado; cada vez que um parlamentar abandona o roteiro pré-determinado o presidente Casa recebe um alerta pelo celular; também é feito o controle da conta de celular, cujo limite máximo é de R$ 400, se extrapolado o valor é descontado do salário dos vereadores; se a moda pega...
Em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais, os veículos oficiais da Câmara Municipal são rastreados pelo presidente Aliel Machado (PCdoB), que ontem notificou sete vereadores que saíram do percurso informado; cada vez que um parlamentar abandona o roteiro pré-determinado o presidente Casa recebe um alerta pelo celular; também é feito o controle da conta de celular, cujo limite máximo é de R$ 400, se extrapolado o valor é descontado do salário dos vereadores; se a moda pega…
via Blog do Johnny

O presidente da Câmara Municipal, vereador Aliel Machado (PCdoB), tem adotado um controle rígido da utilização da frota de veículos da Câmara Municipal e dos celulares pelos vereadores. Ontem, sete parlamentares foram notificados para prestar esclarecimentos sobre a utilização dos veículos que são rastreados há cerca de um mês.

Os vereadores devem informar sobre as paradas realizadas fora dos percursos descritos na solicitação da utilização dos veículos. As informações em breve estarão no Portal da Transparência da Casa.

Mesmo com a proibição do transporte de pacientes para tratamentos na Capital do Estado, alguns vereadores insistiam com a prática.

Nos bastidores, os parlamentares que usavam os veículos com a finalidade de transportar enfermos não estão nada satisfeitos com a medida. Caso a explicação da parada não seja satisfatória, Aliel através da Controladoria da Casa, promete requerer aos vereadores a devolução dos valores gastos com combustível e diárias.

O vereador Pastor Luiz Bertoldo se apressou em se explicar de uma viagem realizada com o vereador Pastor Ezequiel Bueno (ambos do PRB), afirmando que parou em locais distantes dos informados em seu trajeto devido à  falta de estacionamento na Capital do Estado.

Está aqui para justificar e é bom que isto aconteça para mostrar seriedade no trabalho que a gente faz e que não estamos utilizando combustível e o carro da Câmara de bobeira. Aqui mostra o quanto é importante a transparência!, afirmou o Pastor Bertoldo.

Já com celulares os vereadores podem gastar R$ 400,00 mensais. O excedente é descontado do salário dos parlamentares.

Compartilhe agora!

Comments are closed.