Genoino sofre princípio de enfarte e é transferido para o Incor

Publicado em 21 novembro, 2013

do Brasil 247

Diretor do presídio da Papuda determinou há poucos instantes que o deputado José Genoino seja submetido a um exame do coração, após suspeita de infarto, e a transferência dele para o Instituto do Coração de Brasília; a informação foi obtida em primeira mão por 247; o juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Ademar Silva de Vasconcelos, seguiu para o local; enquanto isso, defesa aguarda decisão do ministro Joaquim Barbosa sobre pedido para que o parlamentar cumpra pena em casa; crise de grandes proporções à  vista.
Diretor do presídio da Papuda determinou há poucos instantes que o deputado José Genoino seja submetido a um exame do coração, após suspeita de infarto, e a transferência dele para o Instituto do Coração de Brasília; a informação foi obtida em primeira mão por 247; o juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Ademar Silva de Vasconcelos, seguiu para o local; enquanto isso, defesa aguarda decisão do ministro Joaquim Barbosa sobre pedido para que o parlamentar cumpra pena em casa; crise de grandes proporções à  vista.
O deputado licenciado José Genoino (PT-SP) acaba de ser transferido do Complexo da Papuda, onde está preso desde sábado 16, para o Instituto do Coração em Brasília, segundo informações obtidas pelo 247.

A transferência ocorreu depois que o diretor do presídio solicitou que Genoino fosse submetido a um eletrocardiograma, após suspeita de infarto na manhã desta quinta-feira. O próprio diretor determinou o encaminhamento do petista para o Incor na capital. O juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Ademar Silva de Vasconcelos, segue para o local.

Pedido de prisão domiciliar para Genoino, em razão de seu estado de saúde, foi feito ao presidente do STF, Joaquim Barbosa, na segunda-feira 18, pelos advogados do ex-presidente do PT. Ontem, no intervalo da sessão plenária do Supremo, Barbosa prometeu decidir “logo” sobre o caso, mas não havia feito nenhum despacho até 14h desta quinta 21.

O estado de saúde do parlamentar “é bastante delicado e inspira cuidados”, segundo seu advogado, Luiz Fernando Pacheco, com base em laudo do IML. Pacheco informou que ontem Genoino passou mal novamente, depois de um eletrocardiograma apontar “alterações”. O documento descreve a cirurgia cardíaca que Genoino fez quando retirou parte da artéria aorta e a recomendação de uma série de medicamentos que precisam ser tomados.

Ainda nesta quarta-feira 20, a presidente Dilma Rousseff declarou que mudar o regime de prisão de Genoino era “uma questão humanitária”, lembrando saber que o estado de saúde do parlamentar é delicado. A mulher de Genoino, Rioko, e a filha, Miruna, insistiram, diante do Complexo da Papuda, nos últimos dias, sobre a necessidade de cuidados médicos para ele.

Comments are closed.