Folha confirma “cibertucanos” dentro do Palácio Iguaçu

Jornal Folha de S. Paulo confirma existência de

Jornal Folha de S. Paulo confirma existência de “cibertucanos”, dentro do Palácio Iguaçu, que teriam missão de criar dezenas de perfis falsos (fakes) nas redes sociais para atacar os adversários políticos do governador Beto Richa; os alvos seriam Gleisi e Requião; Justiça Eleitoral do Paraná mandou o Facebook retirar do ar páginas com ataques à  petista e ao partido.

Dois meses e meio depois deste blog registrar em primeiríssima mão que “cibertucanos” instalados dentro do Palácio Iguaçu, sede do governo do Paraná, tinham missão de disparar tiros! contra a ministra Gleisi Hoffmann (clique aqui para relembrar), pré-candidata a governadora pelo PT, eis que o jornal Folha de S. Paulo, edição desta quarta, confirma a história prospectada pelo blogueiro Johnny Willian, parceiro desta página no Caderno Ponta Grossa.

Perdigueiros seguiram as pegadas na internet até chegar à  equipe de comunicação do governador Beto Richa (PSDB), que estaria fazendo da máquina pública um comitê de difamação contra a petista e também do senador Roberto Requião (PMDB). Não se trata de uma iniciativa isolada, mas de uma política do tucanato.

Segundo a Folha, a Justiça Eleitoral do Paraná obrigou o Facebook a tirar do ar perfil falso com ataques à  ministra Gleisi Hoffmann e ao PT do Paraná.

Comentários encerrados.