Baixa taxa de desemprego no país vitamina a reeleição de Dilma

Publicado em 21 novembro, 2013
Compartilhe agora!

da Agência Brasil

Por que Dilma Rousseff é favorita para vencer as eleições de 2014 já no primeiro turno? James Caville, estrategista político do ex-presidente Bill Clinton, responderia assim: à‰ a economia, estúpido!!; Dados do IBGE atesta que o país vive o pleno emprego, onde as taxas de desemprego mantêm-se estáveis em relação a outubro de 2012; mais uma boa notícia no front econômico: o àndice de Confiança da Indústria (ICI) registrou avanço de 0,7% em novembro deste ano, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV); terá alguma chance a oposição ou restará a ele fazer guerra de guerrilha em cima de temas moralistas, udenistas?
Por que Dilma Rousseff é favorita para vencer as eleições de 2014 já no primeiro turno? James Caville, estrategista político do ex-presidente Bill Clinton, responderia assim: à‰ a economia, estúpido!!; Dados do IBGE atesta que o país vive o pleno emprego, onde as taxas de desemprego mantêm-se estáveis em relação a outubro de 2012; mais uma boa notícia no front econômico: o àndice de Confiança da Indústria (ICI) registrou avanço de 0,7% em novembro deste ano, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV); terá alguma chance a oposição ou restará a ele fazer guerra de guerrilha em cima de temas moralistas, udenistas?
A taxa de desemprego ficou em 5,2% em outubro deste ano, segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada hoje (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a menor taxa desde dezembro de 2012, que havia sido de 4,6%.

O índice é também inferior ao registrado em outubro de 2012 (5,3%). Em setembro deste ano, a taxa havia sido de 5,4%. Os contingentes de pessoas empregadas (23,3 milhões de pessoas) e desempregadas (1,3 milhão) em outubro deste ano mantiveram-se praticamente estáveis em relação ao mês anterior e a outubro de 2012.

O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,9 milhões) ficou estável em relação a setembro, mas cresceu 3,6% na comparação com outubro do ano passado.

Entre as categorias profissionais, a única queda na oferta de postos de trabalho, na comparação com outubro de 2012, foi observada entre os serviços domésticos (-8,6% ou 127 mil postos de trabalho).

Compartilhe agora!

Comments are closed.