Em nota, presidente do PDT promete “enquadrar” lideranças que flertam com Richa

Haroldo Ferreira, presidente do PDT, em exercício, afirmou nesta terça que os infiéis serão enquadrados na convenção estadual do partido; segundo ele, são intrigas! ou fogo amigo! contra Osmar Dias; mesmo diante de declaração pública do prefeito de Matinhos, Eduardo Dalmora, e dos deputados Fernando Scanavaca e André Bueno, de que vão de Richa em 2014, além de confirmação do Palácio Iguaçu, o dirigente pedetista garante que as notícias sobre puladas de cerca! de correligionários não passam de fofocas!; será?

Haroldo Ferreira, presidente do PDT, em exercício, afirmou nesta terça que os infiéis serão enquadrados na convenção estadual do partido; segundo ele, são intrigas! ou fogo amigo! contra Osmar Dias; mesmo diante de declaração pública do prefeito de Matinhos, Eduardo Dalmora, e dos deputados Fernando Scanavaca e André Bueno, de que vão de Richa em 2014, além de confirmação do Palácio Iguaçu, o dirigente pedetista garante que as notícias sobre puladas de cerca! de correligionários não passam de fofocas!; será?

O presidente estadual do PDT em exercício, Haroldo Ferreira, em nota ao blog, afirmou que há precipitação nas cobranças por fidelidade no partido. Ele se refere à  recente adesão do prefeito de Matinhos, Eduardo Dalmora, ao projeto reeleitoral de Beto Richa (PSDB).

Oficialmente, aqui no estado, o PDT está na barca da ministra-chefe da Casa Civil Gleisi Hoffmann, do PT, que disputará o Palácio Iguaçu.

Além do prefeito do município do Litoral, 2 dos três deputados do partido na Assembleia amam mais Richa do que a própria dignidade.

O blog registrou ontem que o líder maior pedetista no estado, Osmar Dias, é vice-presidente do Banco do Brasil. No entanto, mesmo fazendo parte do governo Dilma, deixa seus correligionários pularem a cerca à  vontade rumo projeto de reeleição do tucano (clique aqui).

“As convenções estaduais serão realizadas apenas em meados do ano que vem. Tenhamos calma e tolerância com as fofocas”, diz um trecho da nota.

A seguir, a íntegra da nota de Haroldo Ferreira:

Prezado Esmael:

De fato, o Osmar Dias é o Presidente do PDT Paraná. Eu estou no exercício da Presidência, portanto, falo eu: A praxe é prefeitos receberem com deferência especial o Governador de Estado nos seus municípios. A praxe é os Deputados Estaduais buscarem recursos onde eles existem para suas regiões de origem e votarem na Assembléia Legislativa de acordo com os interesses legítimos das populações que representam, e de acordo com suas consciências desde que não firam o Estatuto Partidário e não contrariem decisões maiores e colegiadas do Partido. Estive recentemente em Campo Mourão, onde o Governador do Estado foi muito respeitoso e elogioso para com o Governo Federal e a Presidenta Dilma. Nem por isso se especulou que o mesmo tenha aderido ao PT. Portanto, esta matéria sobre o Osmar Dias e o PDT do Paraná nos parece muito mais intriga da oposição ou mesmo algum fogo amigo muito próprio de épocas pré-eleitorais. As convenções estaduais serão realizadas apenas em meados do ano que vem. Tenhamos calma e tolerância com as fofocas.

Abraço fraterno, Haroldo Ferreira, Médico, Ex-Deputado, Presidente em Exercício do PDT Paraná.

Comentários encerrados.