Pelo Facebook, manifestantes pedem reforço na ocupação da Câmara de Curitiba

Compartilhe agora!

Letícia Camargo, uma das idealizadoras do movimento de ocupação da Câmara, pelo Facebook, pede reforço para ato político à s 18 horas; ontem à  noite, manifestantes degustaram pizzas no plenário do legislativo municipal; protesto é pela anulação de licitação de empresas de ônibus, redução da tarifa e criação da frota pública municipal; será que os manifestantes deixarão o prédio hoje?
Letícia Camargo, uma das idealizadoras do movimento de ocupação da Câmara, pelo Facebook, pede reforço para ato político à s 18 horas; ontem à  noite, manifestantes degustaram pizzas no plenário do legislativo municipal; protesto é pela anulação de licitação de empresas de ônibus, redução da tarifa e criação da frota pública municipal; será que os manifestantes deixarão o prédio hoje?
Os integrantes da Frente de Luta pelo Transporte estão convocando reforço à  ocupação da Câmara Municipal de Curitiba, que está tomada por 40 pessoas desde o início da noite de ontem (15).

“Chamamos todos para um ato hoje, à s 18 horas, em frente à  Câmara. Chamem seus amigos, agora é a hora de fazer a luta crescer!”, convocam pelo Facebook. Cerca de 170 internautas já responderam positivamente ao convite.

Pela manhã, um dos líderes da ocupação, Bernardo Pilotto, falava em deixar o prédio por volta do meio dia. Depois se falou em 17 horas. Agora tem novo protesto em frente à  Câmara.

Letícia Camargo, uma das idealizadoras do movimento, pelas redes sociais, faz apelo para que reforço chegue à  ocupação. “Pessoal urgente, por favor COMPARTILHA!”, pede a moça.

O movimento exige que o prefeito Gustavo Fruet (PDT) anule a licitação que escolheu as empresas que operam as linhas de ônibus de Curitiba. Também pede redução da tarifa, criação da frota pública municipal e passe livre aos estudantes.

Compartilhe agora!

Comments are closed.