Por Esmael Morais

Bobato jura que continua no PCdoB

Publicado em 02/10/2013

Segundo o jornalista Rogério Bonato, parceiro deste blog na tríplice fronteira, o vereador comunista "moderado e dedicado" Nilton Bobato não sairá do PCdoB, como se especula nos bastidores da política; "Ficarei no partido e esta minha posição é definitiva!, jura o parlamentar, que presidiu a legenda vermelha no Paraná.

Segundo o jornalista Rogério Bonato, parceiro deste blog na tríplice fronteira, o vereador comunista “moderado e dedicado” Nilton Bobato não sairá do PCdoB, como se especula nos bastidores da política; “Ficarei no partido e esta minha posição é definitiva!, jura o parlamentar, que presidiu a legenda vermelha no Paraná.

O jornalista Rogério Bonato, parceiro deste blog na tríplice fronteira, em seu blog, registra que o vereador iguaçuense Nilton Bobato, ex-presidente estadual do PCdoB, não vai entrar na “dança partidária”. O moço jura que rejeita o clima de troca-troca comum nessa época vésperas eleitorais. Leia o texto:

Bobato não deixa o aparelho!!¦

Nilton Bobato é um comunista moderado e dedicado. Tem rezado a cartilha do PC do B direitinho e é um dos principais nomes do partido no Paraná; foi um dos artífices da candidatura de Chico Brasileiro para suceder Paulo Mac Donald Ghisi, em empreitada que !“ sabemos !“ não deu certo. Antes foi um ativo militante em favor das causas governistas em Foz; alguém firme! na bancada, como diria o ex-prefeito Paulo Mac. Apesar da derrota de Chico, Nilton conseguiu se manter no Legislativo. Tornou-se praticamente a única voz de oposição na Câmara Municipal, com Reni Pereira na prefeitura.

Na atual arrumação das mesas partidárias, surgiu a informação de que o vereador deixaria o PC do B. Houve relativa especulação sobre sua ida para outros três partidos e, como sempre, tiros no escuro, tentativas de indução e o joguete natural praticado pela esfera política e os fuxiqueiros de plantão.

Pois bem, depois que inventaram o telefone, bastou uma discada e menos de um minuto para ouvir dele o seguinte: Não faz o menor sentido eu deixar o PC do B. Sou fiel a sigla, batalhei muito pelo partido, comungo de muitos de amigos nele e sairia por qual motivo? Sair não faria o mínimo sentido. Ficarei no PC do B e esta minha posição é definitiva!.