2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
14 Comentários

Sindicato dos Médicos processa petista no Paraná. Motivo: defendeu a importação de médicos cubanos

Comunista Mário Ferrari, presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná, sentiu-se caluniado ao ser chamado de "pelego! pelo petista Milton Alves (camiseta preta), ex-dirigente do PCdoB no estado, que defendeu em seu blog a importação de médicos cubanos; entidade sindical, filiada à  Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), pede na Justiça R$ 15 mil de indenização por dano moral, retirada da postagem e condenação criminal do ativista; à‰ censura!!, grita Alves, que avisa que recorrerá a OEA, se for preciso defender sua liberdade de expressão.

Comunista Mário Ferrari, presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná, sentiu-se caluniado ao ser chamado de “pelego! pelo petista Milton Alves (camiseta preta), ex-dirigente do PCdoB no estado, que defendeu em seu blog a importação de médicos cubanos; entidade sindical, filiada à  Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), pede na Justiça R$ 15 mil de indenização por dano moral, retirada da postagem e condenação criminal do ativista; à‰ censura!!, grita Alves, que avisa que recorrerá a OEA, se for preciso defender sua liberdade de expressão.

O ativista político Milton Alves, do PT, foi processado pelo Sindicato dos Médicos do Paraná (Simepar). Ele foi notificado pelo Oficial de Justiça na tarde desta quarta (2). ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
19 Comentários

Marina grava o vídeo do “adeus”; assista

do Brasil 247

Vídeo foi publicado no Youtube no começo da noite desta quarta; "mandamos as assinaturas em listas divididas em grupos de cem e em ordem alfabética. Foram 668 mil assinaturas entregues aos cartórios. A falta de parâmetro fez com que 95 mil assinaturas fossem invalidadas. Eram assinaturas de jovens que votarão pela primeira vez, de idosos que não são mais obrigados a votar ou de pessoas que se abstiveram ou justificaram seu voto nas eleições do ano passado e por isso os nomes destas pessoas não constavam no caderno das últimas eleições. Por isso foram invalidadas sem justificativa", afirma.

Vídeo foi publicado no Youtube no começo da noite desta quarta; “mandamos as assinaturas em listas divididas em grupos de cem e em ordem alfabética. Foram 668 mil assinaturas entregues aos cartórios. A falta de parâmetro fez com que 95 mil assinaturas fossem invalidadas. Eram assinaturas de jovens que votarão pela primeira vez, de idosos que não são mais obrigados a votar ou de pessoas que se abstiveram ou justificaram seu voto nas eleições do ano passado e por isso os nomes destas pessoas não constavam no caderno das últimas eleições. Por isso foram invalidadas sem justificativa”, afirma.

Depois de alguns artistas gravarem vídeos defendendo a criação da Rede Sustentabilidade, chegou a vez da própria criadora da legenda, a ex-senadora Marina Silva, recorrer ao Youtube, para fazer o último apelo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para que legalize a agremiação. A menos de 24 horas da sessão do pleno do Tribunal que analisará o pedido, a ministra tenta justificar, no vídeo de pouco mais de três minutos, publicado na noite desta quarta-feira (2), a anulação de 95 mil assinaturas pelos cartórios eleitorais. ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
16 Comentários

Hermas Brandão quer ser candidato a vice na chapa de Requião

Ex-conselheiro Hermas Brandão, no PSB, sonha em retomar projeto de ser vice de Requião, caso não dê certo disputará a Assembleia.

Ex-conselheiro Hermas Brandão, no PSB, sonha em retomar projeto de ser vice de Requião, caso não dê certo disputará a Assembleia.

Conta à‚ngelo Rigon, em seu blog, que o ex-deputado estadual Hermas Brandão (foto), ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, assinará ficha de filiação no PSB de Andirá. A assinatura acontecerá amanhã, naquela cidade do Norte Pioneiro.  ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
3 Comentários

Bobato jura que continua no PCdoB

Segundo o jornalista Rogério Bonato, parceiro deste blog na tríplice fronteira, o vereador comunista "moderado e dedicado" Nilton Bobato não sairá do PCdoB, como se especula nos bastidores da política; "Ficarei no partido e esta minha posição é definitiva!, jura o parlamentar, que presidiu a legenda vermelha no Paraná.

Segundo o jornalista Rogério Bonato, parceiro deste blog na tríplice fronteira, o vereador comunista “moderado e dedicado” Nilton Bobato não sairá do PCdoB, como se especula nos bastidores da política; “Ficarei no partido e esta minha posição é definitiva!, jura o parlamentar, que presidiu a legenda vermelha no Paraná.

O jornalista Rogério Bonato, parceiro deste blog na tríplice fronteira, em seu blog, registra que o vereador iguaçuense Nilton Bobato, ex-presidente estadual do PCdoB, não vai entrar na “dança partidária”. O moço jura que rejeita o clima de troca-troca comum nessa época vésperas eleitorais. Leia o texto: ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
20 Comentários

Fruet embarca sexta para Nova Iorque

Prefeito Gustavo Fruet embarca para Nova Iorque na sexta, sozinho, e, para economizar diária, dizem que ficará hospedado no apartamento que a vice Mirian Gonçalves tem na cidade estadunidense; convite da viagem partiu do prefeito nova-iorquino Bloomberg, uma espécie de Jaime Lerner dos EUA.

Prefeito Gustavo Fruet embarca para Nova Iorque na sexta, sozinho, e, para economizar diária, dizem que ficará hospedado no apartamento que a vice Mirian Gonçalves tem na cidade estadunidense; convite da viagem partiu do prefeito nova-iorquino Bloomberg, uma espécie de Jaime Lerner dos EUA.

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), embarca nesta sexta (4) para Nova Iorque. Ficará longe do troca-troca partidário, que se encerrará no sábado (5).  ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
64 Comentários

Requião diz que professores eram mais felizes em seu governo

O senador Roberto Requião (PMDB) escolheu a comparação como método para provar, segundo ele, que seu governo foi melhor do que está sendo o de Beto Richa (PSDB) para a educação pública. Para o ex-governador, os professores eram muito mais felizes na sua gestão.

Requião observa que os professores da rede estadual de ensino do Paraná estão na expectativa pelo pagamento, na próxima sexta-feira (04), da folha complementar para dar início à  amortização de quase R$ 50 milhões de dívida aos professores e funcionários da educação. O pagamento deveria ter ocorrido no último dia 13 de setembro, mas não aconteceu.

O senador recorda que priorizou no seu mandato como governador (2003-2010) a área da educação, “ao contrário do que acontece agora, no atual administração”. Requião disse elevou para 30% os gastos do orçamento com educação e conseguiu modernizar o ensino e corrigir distorções salariais históricas.

Com os aumentos propiciados, continua o peemedebista, um professor da rede estadual de ensino, em início de carreira e com jornada de 40 horas semanais, conquistou remuneração básica 160% superior à  remuneração do governo Lerner.

Em 2010, último ano da gestão, Requião lembra que a remuneração básica de um professor recém-contratado era de R$ 2.001,78 (sendo R$ 1.549,70 de vencimento + R$ 452,08 de auxílio transporte). Ao final de carreira, pode chegar a remuneração básica de R$ 5.918,85 (sendo R$ 5.396,77 de vencimento + R$ 452,08 auxílio transporte), mais vantagens pessoais, como adicional por tempo de serviço.

Ameaça de greve

Caso o governador Beto Richa não pague os valores prometidos, os educadores ameaçam montar acampamento em frente ao Palácio Iguaçu, nos dias 7 a 9 de outubro, e haverá greve por tempo determinado, nos dias 10 e 11. As recepções ao governador durante os seus compromissos em todo o Estado estão mantidas.

A APP-Sindicato também está elaborando um estudo sobre o cabimento de ação judicial para cobrar do governo, com juros, o atrasado das promoções e progressões. A dívida é composta por valores relativos à  implementação do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN) do magistério, ao pagamento de promoções e progressões de carreira que se acumulam há mais de u Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
4 Comentários

Bernardo volta atrás e agora vê com bons olhos fusão das teles

Há uma semana, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que Vivo e TIM não poderia atuar juntas no mercado brasileiro (clique aqui para relembrar). Ele discorria sobre a concentração de empresas no mercado de telefonia, pois, disse na oportunidade que a fusão diminui a concorrência. Um grupo não pode controlar duas empresas desse porte no país, tem impedimento na legislação. Na hora que formalizar isso, eles vão receber um prazo para fazer a venda da empresa!.

Pois bem, agora parece que Bernardo vê com bons olhos essa mesma fusão que criticou semana passada. Veja matéria na Agência Brasil:

Nova empresa de telecomunicações terá capital com maioria brasileira, diz Paulo Bernardo

da Agência Brasil
O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse hoje (2) que, mesmo com a fusão entre a Portugal Telecom e Oi/Brasil Telecom, a maior parte de capital da empresa será brasileiro, e que, até o momento, não vê nenhum tipo de problema! na fusão entre elas.

Há alguns anos, o governo brasileiro incentivou mudança as regras do setor, com o objetivo de criar uma empresa nacional de grande porte, com o objetivo de fortalecer a concorrência na área de telecomunicações.

A maioria do capital será brasileiro, se somarmos [as participações do] BNDES mais fundos de pensão e investidores privados!, disse o ministro, após participar de audiência no Senado pela manhã. Paulo Bernardo disse que ainda não teve tempo para analisar o fato relevante divulgado nessa madrugada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Vamos examinar e avaliar o que eles estão anunciando!, acrescentou.

De acordo com Paulo Bernardo, o BNDES foi consultado, bem como os fundos, sobre se queriam aumentar a participação, mas não houve interesse!. No entanto, a participação acionária brasileira aderiu á parte do acordo anterior, que previa aporte de R$ 2 bilhões para pagamento de dívidas e investimentos.

Para o ministro, a fusão será positiva. Não vejo grandes problemas. Eles fizeram o comunicado via CVM e parece que houve coletiva de imprensa em Londres. Ontem me ligaram. Parece que [a empresa] têm planos de fazer uma grande capitalização e grandes investimentos. Mas precisamos ainda ver o que disseram na conferência [de imprensa, em Londres] e examinar. Vamos chamar a direção [da empresa] para saber melhor os planos. Acho que será positivo!.

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
9 Comentários

Osmar Dias pode disputar a Câmara

Segundo o Blog do Johnny, de Ponta Grossa, o empresário Márcio Pauliki flerta com o PSDB, de Valdir Rossoni, com o intuito de pressionar Osmar a definir-se já pelo Senado, vice ou Câmara; a tendência é que o irmão de àlvaro cozinhe o galo até junho de 2014.

Segundo o Blog do Johnny, de Ponta Grossa, o empresário Márcio Pauliki flerta com o PSDB, de Valdir Rossoni, com o intuito de pressionar Osmar a definir-se já pelo Senado, vice ou Câmara; a tendência é que o irmão de àlvaro cozinhe o galo até junho de 2014.

O vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, presidente estadual do PDT, poderá disputar uma cadeira na Câmara Federal. Esta é a expectativa — e aposta — de boa parte da frente política paranaense depois que seu irmão, senador àlvaro Dias, ser lançado à  reeleição pelo colega de ninho e de Senado, Aécio Neves, e pelo governador Beto Richa no último final de semana. ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
18 Comentários

Tudo em família: “Leitão Vesgo” vai comandar o PROS no Paraná

Ricardo Barros, conhecido como "Leitão Vesgo", que mama numa teta de olho noutra, além de dirigir o PP, vai comandar o PROS e PHS no Paraná; secretário de Estado da Indústria e Comércio torce o nariz para a reeleição do chefe Beto Richa; a mulher, deputada Cida Borghetti saiu ontem à  noite do PP para presidir o novo partido e o irmão, ex-prefeito de Maringá, vai concorrer ao Palácio Iguaçu; ficou tudo em família.

Ricardo Barros, conhecido como “Leitão Vesgo”, que mama numa teta de olho noutra, além de dirigir o PP, vai comandar o PROS e PHS no Paraná; secretário de Estado da Indústria e Comércio torce o nariz para a reeleição do chefe Beto Richa; a mulher, deputada Cida Borghetti saiu ontem à  noite do PP para presidir o novo partido e o irmão, ex-prefeito de Maringá, vai concorrer ao Palácio Iguaçu; ficou tudo em família.

O secretário da Indústria e Comércio do Paraná, Ricardo Barros, será o comandante-em-chefe do PROS (Partido Republicano da Ordem Social) no Paraná. Ele não sairá do PP, sigla que dirige, mas designou sua esposa, deputada federal Cida Borghetti (PP), para liderar a nova legenda no estado. ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
43 Comentários

Coluna do Traiano: “Comédia de erros até nas privatizações de Gleisi”

Ademar Traiano, líder de Beto Richa na Assembleia, garante que o governo tucano é eficiente e rotula o governo federal de medíocre; segundo o colunista, a ministra Gleisi promove uma comédia de erros até nas privatizações; o deputado bate na tecla que o governo do Paraná é perseguido pelos petistas, mas, mesmo assim, de acordo com ele, o estado recebeu R$ 25 bi em investimentos que geraram 150 mil empregos em 33 meses de choque de gestão!; leia a coluna.

Ademar Traiano, líder de Beto Richa na Assembleia, garante que o governo tucano é eficiente e rotula o governo federal de medíocre; segundo o colunista, a ministra Gleisi promove uma comédia de erros até nas privatizações; o deputado bate na tecla que o governo do Paraná é perseguido pelos petistas, mas, mesmo assim, de acordo com ele, o estado recebeu R$ 25 bi em investimentos que geraram 150 mil empregos em 33 meses de choque de gestão!; leia a coluna.

por Ademar Traiano* ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

Ministério Público: A culpa é toda sua, Marina, não dos cartórios eleitorais

do Brasil 247
Ontem foi a vez de José Serra que, diante da realidade, desistiu de deixar o PSDB e, salvo um imprevisto com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), estará fora da sucessão presidencial em 2014.

Amanhã, ao que tudo indica, será a vez de Marina Silva, que terá negado, pelo Tribunal Superior Eleitoral, o registro de sua Rede Sustentabilidade, ficando também excluída desse jogo.

De quem é a culpa? Da ex-senadora Marina !“ e de ninguém mais. à‰ o que sustenta o procurador Eugênio Aragão, do Ministério Público, que rejeitou, em seu parecer, o pedido da Rede.

“Uma firma deixa de ser reconhecida pelo simples fato de não haver correspondência entre as assinaturas apresentadas. Não seria razoável cobrar dos cartórios eleitorais discriminação individualizada sobre o porquê de cada uma dessas 98.000 assinaturas não terem sido reconhecidas e contabilizadas. Provar a autenticidade das assinaturas é ônus do partido e não dos cartórios”, diz o parecer (leia aqui a íntegra).

Marina declarou ontem “confiar em Deus”, mas, aparentemente, essa batalha já está perdida. Na Folha, o colunista Igor Gielow lembra que um partido não se cria com 500 mil curtidas no Facebook (leia aqui). Em Veja, Reinaldo Azevedo afirma que, se o TSE seguir a lei, a Rede não poderá ser criada (leia aqui). No Globo, Merval Pereira avisa que é hora de um “plano B” e sugere que o PPS, de Roberto Freire talvez seja uma alternativa melhor do que o PEN, que já ofereceu à  ex-senadora o comando total da legenda !“ além da própria mudança de nome.

A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente tem sido enfática ao afirmar que não tem “plano B”. Nas 24 horas que antecedem a decisão do TSE, ela tem se reunido com apoiadores políticos e financeiros em Brasília, numa corrente final. Ontem, quem desembarcou na capital federal foi Neca Setúbal, uma das herdeiras do Itaú e também fundadora da Rede.

Mas o jogo parece perdido. E a culpa, como disse o procurador Aragão, não é dos cartórios.

Leia mais