Veja essa: Batman (Francischini) deixa o mundo do crime para ser sindicalista

Publicado em 29 setembro, 2013
Compartilhe agora!

Deputado Francischini, conhecido como Batman, pelo mandato que fez focado no mundo do crime, agora busca uma nova roupagem; chefe do Solidariedade no Paraná, o ex-tucano filiou na nova sigla pesos-pesados do sindicalismo, neste domingo, como o presidente da Força Sindical, o Nelsão, e Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos; também ingressou no partido Ariosvaldo Rocha (Ari), presidente do Sindicato dos Comerciários de Curitiba.
Deputado Francischini, conhecido como Batman, pelo mandato que fez focado no mundo do crime, agora busca uma nova roupagem; chefe do Solidariedade no Paraná, o ex-tucano filiou na nova sigla pesos-pesados do sindicalismo, neste domingo, como o presidente da Força Sindical, o Nelsão, e Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos; também ingressou no partido Ariosvaldo Rocha (Ari), presidente do Sindicato dos Comerciários de Curitiba.
O presidente estadual do Solidariedade, Fernando Francischini, informa que as principais lideranças sindicais que compõem a diretoria da Força Sindical no Paraná e na Grande Curitiba ingressaram neste domingo (29) no novo partido.

Dentre os sindicalistas estão Sérgio Butka, presidente do poderoso Sindicato dos Metalúrgicos; Nelson Silva de Souza, mais conhecido como Nelsão da Força!, presidente estadual da Força Sindical; e Ariosvaldo Rocha (Ari), presidente do Sindicato dos Comerciários de Curitiba.

O Solidariedade também colocou na alça da mira os sindicalistas “expurgados” do PCdoB. Nos bastidores, a nova legenda busca cooptar militantes da CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil), seção paranaense. O partido briga por esse espólio comunista com o PSD, que tem a UGT (União Geral dos Trabalhadores) como braço sindical.

Francischini tem mudado seu foco de mandato na Câmara. Se antes era o Batman, o justiceiro contra o crime, agora ele tem levantado bandeiras trabalhistas. Há coisa de duas semanas, na Assembleia Legislativa do Paraná, durante evento contra as terceirizações, o parlamentar fez discurso mais à  esquerda do que os deputados do PT.

Compartilhe agora!

Comments are closed.