Polícia Civil protesta contra morte de agente fechando avenida mais movimentada de Curitiba; assista

Revoltados com a morte de Marcos Gogola, investigador e superintendente da Delegacia de Polícia Civil do município de Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba, nesta noite (5), agentes atravessaram viaturas da corporação em parte da Avenida Visconde de Guarapuava, Centro, uma das mais movimentadas da capital paranaense.

De acordo com o Sinclapol (Sindicato das Classes dos Policiais Civis do Paraná). o investigador morto hoje pela manhã atuava em pleno desvio de função na guarda e condução de presos.

O incidente também feriu o carcereiro conhecido como “Chiquito”, socorrido em estado grave, com risco de morte.

Depois de trancarem a Avenida, por volta das 20 horas, os policiais civis saíram em carreata com as sirenes ligadas.

Os vídeos acima foram gravados pelo leitor/colaborador Marcelo Sampaio, coordenador de Marketing & Mídias do PTC (Partido Trabalhista Cristão).

Comments are closed.