Pleno emprego no Brasil: taxa cai para 5,3% em agosto

Publicado em 26 setembro, 2013
Compartilhe agora!

da Agência Brasil

IBGE acaba de divulgar a taxa de desemprego em agosto: 5,3%, num dos menores níveis da série histórica; analistas de mercado previam que a desocupação seria mantida nos mesmos níveis de julho (5,6%); volta das contratações sinaliza retomada da confiança empresarial e dos investimentos; renda do trabalhador também cresceu; boas notícias para a presidente Dilma.
IBGE acaba de divulgar a taxa de desemprego em agosto: 5,3%, num dos menores níveis da série histórica; analistas de mercado previam que a desocupação seria mantida nos mesmos níveis de julho (5,6%); volta das contratações sinaliza retomada da confiança empresarial e dos investimentos; renda do trabalhador também cresceu; boas notícias para a presidente Dilma.
A taxa de desemprego caiu para 5,3% em agosto deste ano, depois de ficar em 5,6% em julho. Em relação a agosto de 2012, no entanto, a taxa manteve-se estável. O dado foi divulgado hoje (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em sua Pesquisa Mensal de Emprego (PME). à‰ a menor taxa desde dezembro, que havia sido 4,6%.

Segundo o IBGE, a população desocupada caiu 6% em relação a julho, alcançando 1,3 milhão de pessoas nas seis regiões metropolitanas pesquisadas. Já a população ocupada manteve-se estável em 23,2 milhões de pessoas, o que mostra que não houve aumento na geração de postos de trabalho entre os dois meses. Em relação a agosto de 2012, no entanto, foram criados 273 mil empregos.

O número de trabalhadores com carteira assinada ficou em 11,7 milhões, o mesmo de julho, e 3,1% maior do que agosto do ano passado.

Compartilhe agora!

Comments are closed.