PCdoB forma consórcio político com Kassab no Paraná

Conexão entre partidos e lideranças políticas de Foz e Pato Branco revela o surgimento do consórcio "comuno-kassabista" no Paraná; a operação consiste em vários acordos brancos e tácitos, que facilitariam a eleição de Chico Brasileiro, ex-PCdoB, deputado federal do PSD; o movimento também visa eleger o empresário patobranquense Robson Cantu; o arranjo! tem a chancela do ex-ministro Alceni Guerra.

Conexão entre partidos e lideranças políticas de Foz e Pato Branco revela o surgimento do consórcio “comuno-kassabista” no Paraná; a operação consiste em vários acordos brancos e tácitos, que facilitariam a eleição de Chico Brasileiro, ex-PCdoB, deputado federal do PSD; o movimento também visa eleger o empresário patobranquense Robson Cantu; o arranjo! tem a chancela do ex-ministro Alceni Guerra.

Uma conexão entre Pato Branco, no Sudoeste, e Foz do Iguaçu, no Oeste, explica de certa maneira o modus operandi do consórcio formado entre o PCdoB e o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, no Paraná. A esse “grande entendimento” chama-se nos bastidores da política paranaense como consórcio “comuno-kassabista”.

Nesta sexta (13), o ex-prefeito paulistano desembarca na tríplice fronteira para filiar na agremiação suas duas recentes aquisições: 1- o ex-vice-prefeito de Foz, Chico Brasileiro; e 2- o empresário Robson Cantu, ex-membro do PSDB de Pato Branco, que foi defenestrado do partido em 2012 em nome do apoio ao atual prefeito Augustinho Zucchi (PDT).

O intrincado jogo de xadrez só é possível ser compreendido com muita atenção do leitor.

Chico Brasileiro, servidor da saúde pública iguaçuense, foi candidato a prefeito da cidade, em 2012, quando conquistou 63 mil votos. Depois de 30 anos de militância partidária, presidiu dois anos o PCdoB do Paraná. Agora trocou a legenda vermelha para disputar uma cadeira a deputado federal pelo PSD de Kassab e abandonou a CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil), braço sindical dos comunistas, pela UGT (União Geral dos Trabalhadores), braço sindical do partido no estado dos deputados Eduardo Sciarra e Ney Leprevost.

Em Foz, muito provavelmente, Chico terá “apoio branco” do prefeito Reni Pereira (PSB) — que o derrotou nas urnas — e dobrará com o único deputado federal da cidade, Professor Sérgio (PSC), suplente de Ratinho Júnior (PSC), que vai concorrer no ano que vem à  Assembleia Legislativa do Paraná. A engenharia política também comportaria uma “dobradinha branca” com o vereador Nilton Bobato (PCdoB), ex-presidente tampão do partido, que foi defenestrado pela direção nacional e cedeu lugar para Ricardo Gomyde.

Robson Cantu fora preterido na disputa da prefeitura patobranquense pelos tucanos a mando do governador Beto Richa e do presidente da Assembleia, Valdir Rossoni. A retirada do empresário do páreo possibilitou a vitória de Zucchinho sobre William Machado (PMDB), apoiado pelo ex-vereador e ex-presidente estadual do PCdoB.

Cantu é candidato a deputado estadual pelo PSD e, muito provavelmente, dobrará com Chico Brasileiro. Tanto é que ambos serão filiados ao novo partido no mesmo evento e na mesma canetada de Kassab, neste final de semana, em Foz.

O empresário Robson Cantu é tio do único vereador do PCdoB em Pato Branco, Rafael Cantu.

O PSD tem como principal operador político o ex-ministro Alceni Guerra, que é de Pato Branco.

Para encaixar todas essas peças no xadrez político da conexão Pato Branco-Foz, Guerra teve que expurgar do partido Guto Silva, subchefe da Casa Civil, que disputará vaga de deputado estadual agora pelo PSC de Ratinho Jr.

25 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Eu moro em Francisco Beltrão mas não voto em nenhum dos candidatos daqui da cidade, esses aqui já são políticos profissionais e eu não voto nessa corja. Conheci o Guto Silva na campanha passada e gostei muito dele, aqui em casa meus pais que são professores da rede estadual conhecem os pais do Guto e pelo que falam sempre são muito gente fina, uns queridos e por causa disso votei na vez passada e vou votar outra vez nele se sair candidato e não importa o partido o que importa é a pessoa.

  2. Bem em política deve se ter posição, e nunca trair a quem se deve respeito, ao Pedro Guerra é uma vitória pois não traiu ninguém e nunca o fará, e sim o sudoeste precisa de posição firme e de alguém que realmente defenda nossos interesses, chegou a hora o caminho está trilhado

    • Verdade eu mesmo nunca ouvi falar que o Pedro Guerra tenha traido alguém, mesmo porque o que ouço dele e do seu pai é que não pagam as contas, de resto dizem ser gente boa. kkkkkkkkkkkkkkkk

  3. esse guto silva é um piá de nada. se vendeu pro zuquinho e agora iria trair o nosso eterno ministro Alceni “bicicleta”guerra.

    • Se esse Guto Silva saiu de perto do ministro bicicleteiro já estou gostando dele, porque se aliar a um tipo daqueles é o mesmo que cavar a sepultura prematura na politica.

  4. Grande Guto Silva!
    Larajna que se vende por cargo, cargo pra família toda inclusive.
    Ninguem te conhece no Sudoeste.
    De possível candidato a prefeito será agora um excelente síndico de condomínio.
    Se achou maior que todos e no fundo nunca foi nada!
    Danou-se palerma!

  5. Em Maringá vamos ficar independes da turma de oportunistas de Curitiba. Nem a turma dos Ratos (Manfredini, Zenir, Zequinha, Bobato) e nem a turma do Beto com Gomyde, Joel etc..) E agora a turma do Ceni que se vendeu para o tal Cantú. Não sobra ninguém, Esmael?

    Luke, um velho e triste militante, desde da época da TLO

  6. Ué, mas não era esse Chico Brasileiro que o Manfredini dizia ser a essência do PCdoB do Paraná? E aí Manfra? Uma vergonha esta saída pela direita. Assim que são. Quanto mais sectários e “radicais”, mais caminham rumo aos PSD’s da vida.

  7. Aqui em pato branco todo mundo fala que o guto Silva vendeu a prefeitura pro zucchi e pro beto pra ser deputado

    • E aqui em Curitiba falam que o Robson Cantu desistiu do acordo onde ele seria o vice do Zuchinho porque não chegaram no valor que ele queria. Politica é assim mesmo quem tem boca fala, mesmo que possa ser só merda. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Não concordo com suas palavras duras Robson Cantu que aqui aparece como Rob, estes comentários maldosos só são ouvidos da boca de vocês que são inimigos do rapaz, até pq na cidade ele é muito bem visto e querido da população. No bairro que eu moro nunca ouvi uma pessoa falar mal do Guto Silva e muito pelo contrário só ouço coisas boas dele ainda mais agora que está ajudando a nossa cidade trazendo recursos com o governador e o Casagrande. Alias pq você não fala mal tb do Casagrande que não quis sair prefeito de Pato Branco, pq se saísse tb ganharia do Zucchi. Não entendo até agora o pq de você odiar o Guto Silva e não os outros que não quiseram disputar com o atual alcaide. Quando você falar mal de alguém fale por você mesmo use só o teu nome, falar do desejo do povo é uma coisa que você e o teu grupo não sabem o que significa.

  8. And more….

    O Guto Silva não foi expurgado, ele saiu por que bem quis do PSD, pela saúde política dele. Isso depois da comunistaiada e os Guerras entraram e tentaram mexer no partido.

    Guto Silva dobra com o Secretário Edson Casagrande.

    • Pelo que eu saiba o Dr. Alceni Guerra é vice presidente estadual do partido desde que ele existe. Não entendi o comentário de mexer no partido na região dele. Agora que o Guto saiu do partido por que quis é verdade. Ficou sem espaço.

      • Ficou sem espaço? Não entendi a colocação ja que o sudoestino Guto Silva tem hoje muito mais seguidores no PSD do que o tal Alceni Guerra, esse ja não tem mais vida politica na região e se saisse candidato a alguma coisa, se pudesse é claro ja que o TRE nao permite que ele seja candidato, naõ faria 10 mil votos no sudoeste.

      • Esse Alceni Guerra ainda insiste em fazer política? Ele já deveria estar longe dela, principalmente depois de sua aliança catastrófica com o ex governador do Distrito Federal José Arruda. Será que o filho é igual ao pai? kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Ele vai mesmo com o Casagrande?? Não sei se deveria!!!! Admiro muito o Casagrande, ele é um empresário da mais alta qualidade, porém tenho minhas duvidas como político… Dinheiro não resolve tudo!!!! O povo que políticos que trabalhem para o bem do povo…

  9. Prezado blogueiro: Tenho que concordar com suas colocações. Agora,ver o Chico largar o marxismo não tem preço… Com a palavra o Zenir Teixeira da CTB.

  10. Esmael “A retirada do empresário do páreo possibilitou a vitória de Zucchinho sobre o William Machado (PMDB)”

  11. Interessante o raciocínio do “mancebo de Califórnia – PR”, Esmael Moraes.

  12. É… Aqui em Maringá ficamos tristes. O Chico que atacava os outros e se dizia mais comunista que qualquer um, hein? E agora Manfredini? E agora, Zequinha? Nem uma palavra sobre esta aliança da turma de Foz e de Pato Branco com o Beto Richa? Silêncio????????????

  13. Esmael,

    Realmente, a convivência com o Ratinho mexeu com a cabeça dos comunas. E lelê…