Estudantes de Maringá ocupam prédio “invadido” pelo Ministério Público

Publicado em 9 setembro, 2013
Compartilhe agora!

Segundo jornalista e blogueiro à‚ngelo Rigon, parceiro deste blog, estudantes ocuparam na manhã de hoje sua sede histórica em Maringá; o local foi tomado pelo Ministério Público, que vinha se recusando compartilhar o imóvel com a UMES; assista aos vídeos.
Segundo jornalista e blogueiro à‚ngelo Rigon, parceiro deste blog, estudantes ocuparam na manhã de hoje sua sede histórica em Maringá; o local foi tomado pelo Ministério Público, que vinha se recusando compartilhar o imóvel com a UMES; assista aos vídeos.
Conta o jornalista à‚ngelo Rigon, em seu blog, que um grupo de estudantes ocupou na manhã desta segunda (9) o prédio que durante anos abrigou a União Maringaense dos Estudantes Secundaristas (Umes), na avenida Cerro Azul, Zona 2 da cidade de Maringá. São pelo menos doze estudantes, que vinham há algum tempo negociando com o Ministério Público o compartilhamento do prédio; o MP não se mostrou sensível à  campanha, lançada em julho nas redes sociais (veja os vídeos abaixo).

O número de ocupantes deve aumentar no decorrer desta segunda-feira. Construída nos anos 50, a sede foi doada pela Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, em 2006, ao Ministério Público, depois de várias tentativas de regularização pelo movimento estudantil.

57 anos de história transformados em estacionamento!, diz um cartaz colocado na frente do imóvel.

O MP alega que não daria para compartilhar porque o local abrigaria a Vara da Infância e da Juventude, que por sua vez considera o espaço muito pequeno. A ocupação não tem prazo para terminar, e pode ser vista como uma tentativa de tentar abrir negociações. A partir das 17h30 terá início uma programação cultural, com teatro e música.

Assista ao vídeo sobre o preparativo da ocupação:

Campanha 1:

Campanha 2:

Compartilhe agora!

Comments are closed.