Bodhan, pupilo de Pessuti, cogitado para interventor no PDT de Curitiba

Publicado em 27 setembro, 2013

Consórcio Pessuti/Fruet pode alçar Bohdan à  intervenção no PDT de Curitiba; será que o ex-governador também seguirá o caminho de seu pupilo, de olho na vice da ministra Gleisi Hoffmann?
Consórcio Pessuti/Fruet pode alçar Bohdan à  intervenção no PDT de Curitiba; será que o ex-governador também seguirá o caminho de seu pupilo, de olho na vice da ministra Gleisi Hoffmann?
Bohdan Mitcheko, conhecido como “a arma secreta” do prefeito Gustavo Fruet, poderá ser nomeado como interventor no PDT de Curitiba. O nome do pupilo do ex-governador Orlando Pessuti foi ventilado no Palácio 29 de Março — sede do executivo municipal — depois da renúncia do veterano Léo de Almeida Neves, conforme anunciou o hoje o colunista social Reinaldo Bessa, no jornal Gazeta do Povo.

O PDT curitibano é presidido pelo médico Haroldo Ferreira, mas Bohdan é fruto de um consórcio antigo existente entre Mac Donald, Fruet e Pessuti.

Há quem veja essa movimentação nos bastidores como ensaio para a migração do ex-governador no PDT. Ele estaria de olho na vice da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, candidata ao Palácio Iguaçu pelo PT.

Reinaldo Bessa – Gazeta do Povo

O ex-deputado Léo de Almeida Neves renunciou ao cargo de vice-presidente do PDT de Curitiba. A decisão foi comunicada ontem ao presidente em exercício da Comissão Executiva Provisória do partido no Paraná, Haroldo Ferreira, em caráter irrevogável. Entre os motivos alegados está a exclusão da militante Nardi Casanova como secretária executiva da sigla e da própria Comissão Provisória Municipal, sem que ele fosse consultado ou comunicado.

Comments are closed.