“Governo Beto Richa acabou”, decreta Requião

Pelo Twitter, o senador Roberto Requião, em dobradinha com o petista Tadeu Veneri, abre artilharia pesada contra o tucano Beto Richa, que, segundo o peemedebista, há somente "esperneios" por conta da farra de R$ 147 milhões na propaganda e decreta: "o governo Beto Richa acabou"; ouça o áudio.
Pelo Twitter, o senador Roberto Requião, em dobradinha com o petista Tadeu Veneri, abre artilharia pesada contra o tucano Beto Richa, que, segundo o peemedebista, há somente “esperneios” por conta da farra de R$ 147 milhões na propaganda e decreta: “o governo Beto Richa acabou”; ouça o áudio.
O senador Roberto Requião (PMDB), embalado pela última sondagem da Paraná Pesquisas para o governo do Paraná, que o coloca tecnicamente empatado com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), pelo Twitter, decretou: “Governo Beto Richa acabou, sua reeleição graças a Deus inviabilizada. Restam os esperneios publicitários e a terrível gastança com propaganda”.

Segundo Requião, os gastos de R$ 147 milhões promovidos pelo governador Beto Richa (PSDB) são responsáveis pelo endividamento do estado.

A animação do senador está respaldada nos números de Murilo Hidalgo, divulgados no domingo (18) pelo jornal Gazeta do Povo. A Paraná Pesquisas aponta que Richa tem 39%, Gleisi Hoffmann (PT) aparece com 24% tecnicamente empatada com Requião que tem 21%. Joel Malucelli (PSD) faz 2%.

Não é só Requião que abriu a pancadaria contra Richa esta semana. O filho dele, Maurício, pré-candidato a deputado estadual também desceu a borduna nos aliados do tucano na Assembleia Legislativa: “CPI dos pedágios da ALEP é mera farsa. Vai acabar dizendo que relatório do TC estava errado”, tuitou o Requiãozinho.

Ainda no Twitter, no perfil Cria Cuervo, espécie de alter ego de Requião, deu mais uma sabugada na área da Segurança Pública de Beto Richa: “Promotor do Gaeco na Globo: policial falava com ladrão, ladrão falava com empresário e este com policial. Na verdade, tudo ladrão. Pobre Paraná”.

Para fechar com chave de ouro, o senador Roberto Requião diz que também colocou em campo seu próprio instituto de pesquisa — o DataRex — para aferir a sondagem da Paraná Pesquisas. Segundo ele, foram convidados 900 mil pessoas a responder uma enquete sobre a sucessão paranaense. Há cenários com confrontos diretos entre Richa e Gleisi e de dele contra ambos num eventual segundo turno.

Ouça o senador Roberto Requião:

Comments are closed.