Por que a CPI dos Pedágios somente no apagar das luzes?

Diversas entidades e partidos políticos planejam um marcha, em agosto, para pressionar a instalação da CPI do Pedágio na Assembleia; a mãe de todas as CPIs tem o apoio da poderosa Fiep, que também defende a instalação do "Pedagiômetro" nas praças de arrecadação; no embate travado entre Luersen e Cheida, venceu o bom senso, ou seja, a abertura da comissão de inquérito para investigar a principal caixa-preta! no governo do tucano Beto Richa.

Diversas entidades e partidos políticos planejam um marcha, em agosto, para pressionar a instalação da CPI do Pedágio na Assembleia; a mãe de todas as CPIs tem o apoio da poderosa Fiep, que também defende a instalação do “Pedagiômetro” nas praças de arrecadação; no embate travado entre Luersen e Cheida, venceu o bom senso, ou seja, a abertura da comissão de inquérito para investigar a principal caixa-preta! no governo do tucano Beto Richa.

Vários setores bateram bumbo e soltaram foguetes ontem, em todo o Paraná, diante da notícia de que, finalmente, a Assembleia Legislativa do Paraná abriria a principal “caixa-preta” do governo do estado ao instalar a CPI do Pedágio.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), anunciou a contragosto que instalará a comissão de investigação no próximo dia 17 de julho — o último dia de sessão antes do recesso parlamentar.

Por que a CPI dos Pedágios somente no apagar das luzes? Só Deus sabe e o bruxo Chik Jeitoso não quis se manifestar sobre isso…

Não era somente o presidente da Assembleia que estava contra a CPI dos Pedágios. O governador Beto Richa (PSDB) também havia fincado ao afirmar a “desnecessidade” da comissão de inquérito.

à‰ certo que os deputados se sentiram pressionados nós últimos dias pelas ruas, invasão de praças de pedágio, protestos com fechamento de rodovias, cobrança do setor produtivo, ameaça de novas manifestações na Assembleia, enfim, tudo conspirou a favor da CPI.

Some-se a isso tudo o questionamento formal do deputado Nelson Luersen (PDT), que coletou 24 assinaturas para a abertura da CPI, acerca do recuo do colega Luiz Eduardo Cheida (PMDB), licenciado da Casa para exercer a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, que retirou a subscrição sem poder fazê-lo legalmente.

O pedetista havia levantado em plenário a ilegalidade na dupla função de Cheida, pois, argumentou na tribuna, se o deputado não tinha cadeira, não tinha como retirar. A resposta da mesa tem que ser por escrito, daí vamos avaliar as próximas medidas!, disse no final do mês passado Luersen, adiantando que formularia uma questão de ordem à  mesa executiva da Casa.

Como se vê, o bom senso e a vigilância de Nelson Luersen prevaleceram. Os tucanos e governistas não foram “bonzinhos” ao concordar com a CPI dos Pedágios. Pelo contrário. Foram entubados. Perderam a maioria política na Casa. Portanto, alvíssaras!

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. se houver seriedade na cpi com as pessoas certa que não tenha envolvimento com o poder publico vais aparecer muita sujeira agora tem deputado que e amigão das concessionario este não pode participar.

  2. TODOS ESTES COMENTARIO SÃO MUITO BOM MAS VIROU UMA SALADA DE FRUTAS .

  3. almentou o numero de caminhoes e automoveis e as estradas comtinuam as mesmas 50 anos atrás.Não gostaria de ser pessimista,mas só se alegram c/ esta cpi aques que não sabe de onde vem o dinheiro das campanhas milhonárias.(com certeza as consecionárias são os maiores colaboradores).

  4. Eu falei fogo de chão. churrasco nãoné , comer um franguinho com polenta la em santa felicidade e um vinho importado. depois fala de cpi,poruqe cpi não vai dar mais em pizza , pizza esta muito comum,mas um restaurante em santa felicidade, onde pobre não vai ta de bom tamanho. depois que encher a cara ai fala de cpi….

  5. ATÉ QUEN TEN PROBLEMA VIZOAL ESTA VENDO O TAMANHO DA FALTA DE VERGONHA QUE ESSES DEPUTADOS QUE SÃO CONTRA A CPI DOS PEDAGIOS QUEN NÃO VE QUE ELES ESTÃO LEVANDO O DELES NÃO CHEGA OS ELEVADOS SALARIOS QUE GANHAM AINDA TEN QUE LEVAR VANTAGEN NOS PEDAGIOS QUE AMBIÇÃO LOUCA VOCE DEPUTADO NÃO VE QUE TEN TANTO POBRESINHO QUE NÃO TEN NEN UMA BICICLETA E TA PAGANDO PEDAGIO NO FEIJÃO E E NO ARROS QUE COMPRA

  6. A cpi dos pedagios vai ser uma costelada fogo de chão ,la no batel.pizza e muito barato para comemorar, não vai darnada….

  7. CPI é engodo, uma maneira de enganar a população e dar um cala boca nos trouxa, as pessoas envolvida nessa cpi a maioria recebe dinheiro para fazer campanha eleitoral.

  8. Engraçado isso, TANTO barulho pela CPI dos pedagios que a gente sabe que não vai dar em NADA, até Hoje Nenhuma CPI deu em nada, porque não fazem o Mesmo barulho pro FRUTA abrir a Caixa Preta de Esgoto da URBS?????? Quanto a isso, Ninguem diz nada!!!!!!! Bando de gente demagoga.

  9. Cara essa turma NÃO quer investigar o pedagio pq eles estão enrroscado até o pescoço com essa turma.
    Rossino Traira Bebeto todos.
    ele vão é colocar algum laranja na relatoria e outro na presidencia só pra ingles ver e tudo acabara em pizza.
    Não foi o que o Rossoni falou que na outra cpi pagaram propina pra sair um relatorio laranja. vc acha que não vai acontecer denovo???

  10. Acredito que será mais uma pizza tudo isso, é só pra fazer média com o povo..

  11. O governador fala, fala e só endivida o estado. Notícia de outubro de 2012: “Beto Richa manda reduzir em 20% os gastos do Governo do Paraná”. Dizia a matéria que “Novas contratações estão proibidas em todos os órgãos da administração”. E segue a notícia “O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), assinou um decreto que determina corte de 20% nas despesas do Estado, a partir de 1º de novembro. Com a medida, o governo espera economizar R$ 180 milhões e fechar o ano dentro das previsões orçamentárias, pagando tudo que foi contratado. Além disso, o ato foi justificado como uma forma da administração estadual corresponder a Lei de Responsabilidade Fiscal, que determina equilibro entre arrecadação e despesas. A economia deve ocorrer nos gastos com água, energia elétrica, telefonia, combustíveis, materiais para escritório e limpeza, diárias e passagens, serviços terceirizados e manutenção de bens móveis e imóveis. As despesas com pessoal também deverão ser foco de cortes. De acordo com o decreto, datado em 19 de outubro, todos os órgãos vinculados ao Governo do Paraná, terão que diminuir despesas com pessoal e encargos, em especial, com contratações”. Nada disso aconteceu e veja o que saiu nos jornais este ano “Receita do PR aumenta 13%. Mas gasto sobe 20% e rombo chega a R$ 100 mi”.

  12. “FORA BETO RICHA EM 2014 O POVO VAI PEDAGIAR VOCÊ!”

    Esmael e demais a “velha mídia” paranaense com quem na mesma tem expressão e trás opinião está tendo orgasmos e espasmos. Não importa se esta CPI DOS PEDÁGIOS, vai ser controlada pela esquerda ou pela extrema direita! O que importa que vai abrir mesmo que timidamente um fórum de debate sobre esta maldição que está nas estradas do Paraná! Ou seja, demorou para o governo estadual regido pela extrema direita através do PSDB com sua péssima imagem entre a maioria da população de origem humilde e trabalhadora do Paraná, “tomar chá de semancol!”
    O fenômeno desta “boa vontade” ocorreu em um mês. Entre 1º e 30 de junho, onde dezenas de milhares de paranaenses de todos os estratos sociais, de todas as faixas etárias, de todas as regiões do Paraná, de repente descobriram que tinham a força para tirar “a tampa do túmulo e verem a sacanagem e a podridão financeira” que são estes pedágios fonte de renda das campanhas eleitorais dos “demotucanos”. (Resumindo:”É certo que os deputados se sentiram pressionados nós últimos dias pelas ruas, invasão de praças de pedágio, protestos com fechamento de rodovias, cobrança do setor produtivo, ameaça de novas manifestações na Assembleia, enfim, tudo conspirou a favor da CPI”). Os acontecimentos do mês passado causaram divisão entre a extrema direita direita no Paraná, ou seja, uma parte dela tornou-se linha auxiliar da oposição com a qual vem fazendo coro nos ataques ao (des) governo de Beto Richa. Culpa desta implicância da população do Paraná com as empresas de pedágio é porque a lógica dos neoliberais “demotucanos” é se afastar dos movimentos sociais, dos sindicatos e da imprensa “alternativa” e se isolar em gabinetes, para gerenciar este “assalto nas estradas”.
    Tanto é que nos protestos um dos mais importantes motivos conforme estava escrito num cartaz dentre muitos era, “Fora Beto Richa em 2014 o povo vai pedagiar você,” ajudou gerar violência extremada e mais desmoralização do governo “betorichiano” em frente ao Palácio Iguaçu! O que é pior para extrema direita dos “demotucanos” é que esse tema dos pedágios não dá para fazer distinção ideológica a fim de promover marchas pela redução do preço ou extinção dos mesmos!
    E aqui o PSDB (anda levando cassete da RPC e afiliados) do Paraná não está igual ao PSDB paulista, que conta com a proteção da imprensa local, ou seja, está há 20 anos no governo do Estado e continua com alta aprovação, apesar do desastre em que São Paulo mergulhou. Tudo por conta de uma mídia que atribui ao governo federal a responsabilidade do governo estadual.
    Aqui esta estratégia não colou e não cola!
    Então se preparem “tucanalhas” para a “chuva ácida com canivetes!”

  13. Caramba, pra essa petezada do mensalão nada tá bom, tudo é o governador o culpado, se a girafa do zoológico aparecer morta foi ele quem mandou matar.
    poderiam falar um pouquinho das manobras do irmão do Requião , Eduardo junto as manobras no porto, MPF investiga Eduardo Requião por suspeita de lavagem de dinheiro e ocultação de bens, e aí como fica a gazeta tá inventando ? gostaria de saber a verdade….

    • Se voce aparecer com as pregas arrebentadas ,foi o governador,tudo é o governador ne´fio,digo flavio luis.

  14. Esmael essa é uma “caixa preta” não só do Beto, mas também do Requião e do Lerner. É só botar a turma do DER explicar porque nos 16 anos que se passaram investimentos não foram feitos conforme dito no relatório do TCE e esses três governadores nada fizeram de concreto contra as concessionárias.
    O contrato é tão bem feito que se realmente tivessemos governo as concessões já teriam sido cassadas.