Ocupação da Rede Globo ao vivo

Neste exato momento manifestantes protestam em frente à  sede da Rede Globo, no Jardim Botânico, Zona Sul, Rio de Janeiro.

O movimento #OcupaRedeGlobo é um ato público contra a cartelização da mídia no país.

Convocado pelas organizações da sociedade civil Fale-Rio, Cidadania Sim! Pig nunca mais e Barão de Itararé, o ato público também inclui a realização da Assembleia Temática Democratização da Mídia, que tratará das medidas populares a serem adotadas contra o cartel midiático liderado pela emissora fundada por Roberto Marinho, aliado de primeira hora do golpe de Estado aplicado por militares, em 1964, contra o regime democrático brasileiro.

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. rede GLOBO É CULPADA PELA ROUBALHEIRA DO PAIS

    REDE GLOBO É CULPADA PELA DESASTRADA ATUAÇÃO DO PT NO COMANDO DO PAIS, NA SAUDE, EDUCAÇAO, SEGURANÇA, INFRAESTRUTURA, ROUBALHEIRA,
    MENSALEIROS.

  2. Métodos infalíveis: desliguem a TV e abram um livro; mudem de canal; não comprem os produtos anunciados no veículo que os desgosta.
    O resto é papo furado de político criticado pelos jornalistas.

  3. a plim plim é nossa !!

  4. Ocupação da Rede Globo ao vivo
    CARAMBA!! To procurando em todos aos canais, internet, e não consigo encontraR nada… ABRE AÍ PRA NOS ESMAEL!!!! Tbm quero ver não seja egoísta .

  5. Ocupação da Rede Globo ao vivo

  6. Na Inglaterra, foi descoberta a conexão entre um esquema criminoso de grampos ilegais, que envolvia policiais e jornalistas do News of the World, de Rupert Murdoch. Jornalistas e policiais foram presos e o jornal foi fechado. Esse episódio desencadeou uma nova regulamentação para a mídia inglesa. Foi criado um órgão externo para fiscalizar a atividade de jornais, revistas e demais meios de comunicação.
    No Brasil apesar dos absurdos existentes na Grande Mídia, regulamentação é associada a censura. A Operação Monte Carlo da Polícia Federal, revelou a organização criminosa do bicheiro Carlos Cachoeira e sua influência com os meios de comunicação. Especializado em todo tipo de interceptações, muitas vezes ilegais e clandestinas, o grupo de Cachoeira possuía um braço forte na grande mídia, cuja peça mais forte era Policarpo Júnior um repórter da revista Veja. Aqui o desfecho das investigações foi bem diferente, Policarpo não foi convocado pela CPI do caso Cachoeira, embora o relatório da PF tenha citado o nome de vários jornalistas, nenhum foi indiciado, dando a impressão que a imprensa é intocável e não precisa cumprir a Lei como o cidadão comum.

  7. Para quem não sabe, vou indicar novamente a leitura de “A história secreta da Rede Globo” de autoria de Daniel Herz. O livro fala sobre as relações que Roberto Marinho, dono da Rede Globo, mantinha com a ditadura militar, além dos procedimentos ilegais que levaram à estruturação da emissora. Este livro, foi uma das fontes de inspiração para o documentário britânico “Beyond Citizen Kane (Muito Além do Cidadão Kane, no Brasil)” com exibição proibida no Brasil mas que você pode assistir gratuitamente http://www.youtube.com/watch?v=049U7TjOjSA. Conheça a suja história desse rede de televisão…

    Mas assim, que dá o poder a essa rede é você, ligando seu televisor e sintonizando neles… Por isso faça diferente, mude de canal, desligue a TV, vá conversar com seus amigos, leia um livro… O poder na verdade é seu…

  8. Além de boicotar a programação deste monstro, todos os dias, será preciso forçar este governo a tomar uma atitude a favor da nação. Chega de fazer omelete em seus programas e achar que está tudo bem…

  9. VAMOS FAZER O MESMO NA GAZETA DO LULADRAO…

  10. Felizmente, a população não aceita mais a opinião da grande imprensa como uma verdade absoluta, aos poucos estamos questionando as matérias, os comentários e as notícias divulgados pelos veículos de comunicação.
    Todo cidadão consciente sabe que a Velha Mídia é monopolizada pela elite conservadora que não aceita mudanças, muito menos políticas sociais voltadas para os mais pobres e, tem como um dos principais financiadores, o poder público através dos nossos impostos.
    A imprensa possui interesses econômicos, ideológicos, políticos, sociais e culturais. Portanto, não procede as suas atividades de forma parcial, informações são omitidas e fatos distorcidos, por razões que não tem haver com o interesse público e sim com a manutenção das estruturas econômicas e de poder.
    Regulamentação da Mídia não é censura, todos temos que respeitar a Lei, inclusive a imprensa, as calúnias, as difamações, as distorções e os relacionamentos promíscuos, como o da Revista Veja com o ex- senador Demóstenes e o bicheiro Carlinhos Cachoeira, são exemplos do que não deve ser permitido.
    Outra questão que tem que ser discutida, é a DEMOCRATIZAÇÃO dos meios de comunicação, não é correto a oligarquia da imprensa, um número reduzido de famílias controlando os grandes impérios da comunicação no Brasil. É inconcebível um nº pequeno de barões da mídia monopolizando a informação em nosso país, fazendo uma verdadeira lavagem cerebral na cabeça dos menos avisados, dos ignorantes, dos alienados, dos analfabetos funcionais.
    Nosso país precisa radicalizar nesse campo, proporcionando “a cada tribo”, a cada partido político, a cada instituição, a cada cidadão a possibilidade de transmitir a sua mensagem. Como dizia o ex- governador Leonel Brizola: “a população precisa dizer Não, um Não rotundo que está contido no peito”, sufocando a diversidade de opinião tão saudável à DEMOCRACIA ““ chega de monopólios e golpismos advindos da falta de democracia na imprensa brasileira!

  11. TÔ Dentro!!
    Apoio o movimento, afinal foi a própria Rede Globo que impulsionou as manifestações.