Lula diz que Dilma é uma extraordinária candidata para eleição de 2014

Compartilhe agora!

Via O Estado de São Paulo

Lula nega ser candidato a presidente e defende a reeleição de Dilma.
Lula nega ser candidato a presidente e defende a reeleição de Dilma.
O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva rompeu o silêncio de mais de um mês, negou a intenção de ser candidato a um novo mandato e defendeu enfaticamente a reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014. Eu tenho candidata a presidente da República. A companheira Dilma é uma extraordinária presidenta, uma extraordinária candidata e não vejo ninguém com as qualidades dela para assumir a Presidência desse País!, disse Lula, após uma palestra em São Bernardo do Campo, São Paulo. Ele disse que, apesar do momento político delicado, com a perda da popularidade da presidente, é necessário julgar o governante pelos quatro anos de mandato e pelas coisas que prometeu e cumpriu.

Tenho certeza que Dilma está dentro do que prometeu fazer e vai fazer muito mais!, avaliou. Indagado sobre a influência pessoal em uma reforma ministerial, Lula disse que não daria palpite e avaliou que Dilma tem total controle sobre o governo. Somente Dilma pode chamar e tirar ministro; já terminou meu mandato e só posso torcer por ela!, avaliou. Lula admitiu que todos ficaram surpresos com a capacidade de mobilização que teve o Brasil com a onda de protestos no País iniciada em maio.

Protestos demonstram que povo está ávido a querer participar da vida do País!, afirmou. O ex-presidente usou a saúde, uma das pautas dos protestos, para criticar a derrubada da Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF) durante o segundo mandato dele como presidente. Alguns políticos que agora estão na oposição acabaram com a CPMF e tiraram R$ 350 bilhões da saúde!, no período iniciado no segundo mandato dele até os dois anos e meio do de Dilma.

Compartilhe agora!

Comments are closed.