16 de julho de 2013
por esmael
4 Comentários

“Quarta-feira de Cinzas da política”

Amanhã será o último dia de trabalho dos deputados estaduais, federais e senadores; férias parlamentares deixam clima de "Quarta de Cinzas" em Curitiba e Brasília, segundo observação de orelha seca do blog.

Amanhã será o último dia de trabalho dos deputados estaduais, federais e senadores; férias parlamentares deixam clima de “Quarta de Cinzas” em Curitiba e Brasília, segundo observação de orelha seca do blog.

Orelha seca envia mensagem ao blog informado que amanhã, quarta-feira (16), o clima será a “Quarta-feira de Cinzas” no Centro Cívico, em Curitiba, por causa do recesso parlamentar que começa nesta quinta-feira (17). Leia mais

16 de julho de 2013
por esmael
39 Comentários

Lula em artigo no The New York Times: “Manifestações no Brasil são resultado de sucessos”

do Brasil 247
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou, nesta terça-feira, por meio de artigo distribuído pelo jornal The New York Times, as manifestações que tomaram o Brasil nas últimas semanas. Em texto intitulado ‘A mensagem da juventude brasileira’ (leia tradução para o portugês abaixo), Lula diz que “as manifestações são em grande parte o resultado de sucessos sociais, econômicas e políticas” e cobra “profunda renovação” do PT.

“Na última década, o Brasil dobrou o número de estudantes universitários, muitos de famílias pobres. Nós reduzimos drasticamente a pobreza e a desigualdade. Estas são conquistas importantes, mas é completamente natural que os jovens, especialmente aqueles que estão obtendo coisas que seus pais nunca tiveram, desejem mais”, analisa Lula, que cita o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, ao dizer que “tem-se dito, e com razão, que enquanto a sociedade entrou na era digital, a política permaneceu analógica”.

Para o ex-presidente, “a boa notícia é que os jovens não estão conformistas, apáticos ou indiferentes à  vida pública”. “Mesmo aqueles que pensam que odeiam a política estão começando a participar”, diz. “A outra boa notícia é que a presidente Dilma Rousseff propôs um plebiscito para realizar as reformas políticas que são tão necessárias. Ela também propôs um compromisso nacional para a educação, saúde e transporte público, em que o governo federal iria fornecer apoio técnico e financeiro substancial para estados e municípios”, destaca o ex-presidente.

Leia o texto traduzido:

A mensagem da juventude brasileira

Os jovens, dedos rápidos em seus celulares, tomaram as ruas ao redor do mundo.

Parece mais fácil explicar esses protestos quando ocorrem em países não democráticos, como no Egito e na Tunísia, em 2011, ou em países onde a crise econômica aumentou o número de jovens desempregados para marcas assustadoras, como na Espanha e na Grécia, do que quando eles surgem em países com governos democráticos populares – como o Brasil, onde atualmente gozamos das menores taxas de desemprego da nossa história e de uma expansão sem precedentes dos direitos econômicos e sociais.

Muitos analistas atribuem os recentes protestos a uma rejeição da política. Eu acho que é precisamente o oposto: Eles refletem um esforço para aumentar o alcance da democracia, para incentivar as pessoas a participar mais plenamente.

Eu só posso falar com autoridade sobre o meu país, o Brasil, onde acho que as manifestações são em grande parte o resultado de sucessos sociais, econômicas e políticas. Na última década, o Brasil dobrou o número de estudantes universitários, muitos de famílias

16 de julho de 2013
por esmael
11 Comentários

“Pesquisa de opinião sem José Serra não vale”, diz diretor de instituto

Murilo Hidalgo afirma que sondagem CNT/MDA, sem nome do tucano José Serra, é inconsistente: pesquisa sem o nome do ex-governador paulista não vale!; o diretor-presidente da Paraná Pesquisa também destaca que Dilma parou de cair!. Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo.

Murilo Hidalgo afirma que sondagem CNT/MDA, sem nome do tucano José Serra, é inconsistente: pesquisa sem o nome do ex-governador paulista não vale!; o diretor-presidente da Paraná Pesquisa também destaca que Dilma parou de cair!. Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo.

Murilo Hidalgo, diretor-presidente da Paraná Pesquisa, instituto que no começo do mês mostrou que o ex-governador José Serra é o candidato mais competitivo do PSDB, a pedido deste blog, analisou sondagem CNT/MDA divulgada hoje na qual a presidenta Dilma Rousseff aparece com 33,4% das intenções de voto. Leia mais

16 de julho de 2013
por esmael
19 Comentários

Dilma em PG: “Temos diálogo com os movimentos sociais”

do Brasil 247 Numa resposta à s críticas da oposição de que estaria distantes dos movimentos populares, a presidente Dilma Rousseff ressaltou nesta terça-feira, no Paraná, que “vivemos num país especial, em que temos diálogo com os movimentos sociais”. Em discurso na cidade de Ponta Grossa, onde esteve nesta terça-feira 16 para a entrega de unidades do programa Minha Casa Minha Vida e máquinas retroescavadeiras a prefeituras do Estado.

Nas últimas semanas, a presidente se reuniu com diversos representantes da sociedade, começando pelo Movimento Passe Livre, que deu início aos protestos que varreram várias cidades do País e reivindica melhorias no transporte público. Dilma também se encontrou com o movimento LGBT, grupos de moradia urbana, movimentos do campo, estudantes, centrais sindicais e povos indígenas.

Dilma disse acreditar que “o Brasil é um país que tem tudo para ser uma nação desenvolvida”, mas que “ao longo da história, nós muitas vezes perdemos essa chance”. A presidente afirmou, porém, ter “certeza que nós hoje temos todas as condições” e que agora “nós não perderemos essa oportunidade”, mas que para isso é preciso que as condições de vida de todos os brasileiros melhorem.

Ao falar do programa do governo federal Minha Casa Minha Vida, Dilma lembrou em seu discurso que antes, não se investia em moradia popular no País, segundo ela, “porque a conta não fechava”, uma vez que “as pessoas com mais necessidade” tinham que procurar por suas moradias “no chamado mercado”. “No Brasil, achava-se que o povo tinha que se virar”, criticou a presidente, citando em seguida os avanços dos últimos dez anos de governo do PT.

Entrega de casas e retroescavadeiras

A presidenta Dilma entregou, nesta terça-feira, 1.438 unidades dos residenciais Califórnia I, Califórnia II, Londres e Jardim Itapoá, construídos com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida em Ponta Grossa. Os empreendimentos são destinados a famílias com renda de até R$ 1,6 mil e receberam investimento de mais de R$ 74,5 milhões, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Segundo Dilma, o Minha Casa Minha Vida vai construir e entreg

16 de julho de 2013
por esmael
16 Comentários

Depois de torta na cara de depoente na CPI da Urbs, vereador tucano vira herói do MPL; assista ao vídeo

Depois de a estudante Luana Martins, integrante do Movimento Passe Livre (MPL), acertar uma torta de creme no rosto do engenheiro da Urbs, Luiz Fila, ontem à  tarde, durante depoimento na CPI da Câmara Municipal de Curitiba, houve princípio de tumultuo e ameaça de prisão aos manifestantes do grupo. Leia mais

16 de julho de 2013
por esmael
18 Comentários

CPI do Pedágio vai à  Fiep, que defende tarifa a R$ 1 no Paraná

Deputado Nelson Luersen, presidente da CPI do Pedágio, em reunião na Fiep, busca subsídios para os trabalhos de investigação; empresários cogitam levantar bandeira da tarifa única de R$ 1 em todas as praças de pedágio no Paraná.

Deputado Nelson Luersen, presidente da CPI do Pedágio, em reunião na Fiep, busca subsídios para os trabalhos de investigação; empresários cogitam levantar bandeira da tarifa única de R$ 1 em todas as praças de pedágio no Paraná.

O presidente da CPI do Pedágio, deputado Nelson Luersen (PDT), nesta terça-feira (16), reuniu-se com o setor produtivo para colher subsídio à  comissão de investigação das concessionárias instalada na Assembleia Legislativa do Paraná. Leia mais

16 de julho de 2013
por esmael
62 Comentários

PT comemora eleição de Fábio Camargo no Tribunal de Contas; veja

O deputado estadual Enio Verri, presidente do PT no Paraná, em seu site, comemorou derrota da RPC/Globo e a eleição de Fábio Camargo para o TC; só tem um problema nisso: o petista Tarso Cabral Violin, gabaritado técnica e politicamente, também concorria à  vaga de conselheiro; a bancada do partido se dividiu entre o filho do presidente do Tribunal de Justiça, Clayton Camargo, e o 1!º secretário da Assembleia, Plauto Miró; ou seja, colocou um pé em cada canoa.

O deputado estadual Enio Verri, presidente do PT no Paraná, em seu site, comemorou derrota da RPC/Globo e a eleição de Fábio Camargo para o TC; só tem um problema nisso: o petista Tarso Cabral Violin, gabaritado técnica e politicamente, também concorria à  vaga de conselheiro; a bancada do partido se dividiu entre o filho do presidente do Tribunal de Justiça, Clayton Camargo, e o 1!º secretário da Assembleia, Plauto Miró; ou seja, colocou um pé em cada canoa.

O presidente do PT no Paraná, deputado Enio Verri, na manhã desta terça-feira (16), estampou em seu site oficial matéria comemorando a vitória do colega de parlamento, Fábio Camargo (PTB), na disputa pelo Tribunal de Contas do Estado (TC). Leia mais

16 de julho de 2013
por esmael
23 Comentários

Dilma tem 33,4% dos votos, diz pesquisa CNT/MDA

do Brasil 247
A presidente Dilma Rousseff é a candidata à  presidência da República em 2014 de 33,4% dos eleitores brasileiros, segundo o último levantamento realizado pelo instituto MDA a pedido da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgado na manhã desta terça-feira 16. A pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 10 de julho com 2.002 pessoas !“ portanto, depois da onda de manifestações que tomou o País !“ em 134 municípios de 20 Estados das cinco regiões.

Segundo a mostra, a presidente lidera o ranking de candidatos, que tem em segundo lugar a ex-ministra Marina Silva, do Rede Sustentabilidade, com 20,7% dos votos. Completam a lista o senador mineiro Aécio Neves, do PSDB, com 15,2%, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, com 7,4% da preferência. Em um dos cenários, Marina venceria Aécio no segundo turno, com 35,6% dos votos, contra 23,3% do tucano.

A presidente Dilma Rousseff venceria os três opositores no segundo turno, como mostra o levantamento. Contra Marina Silva, a vitória seria de 38,2% contra 30,5% da ex-senadora. Se disputasse contra Aécio Neves, a petista sairia vitoriosa com 39,6% dos votos, enquanto o tucano teria 26,2%. A vitória contra Campos, da base aliada do governo, seria a de maior vantagem: 42,1% x 17,7%.

Avaliação do governo

As manifestações populares que tomaram as ruas em todo o país continuam cobrando seu preço do governo da presidente Dilma Rousseff, que viu sua avaliação positiva despencar para 31,3% neste mês, ante 54,2% em junho, mostrou pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira.

Segundo o levantamento do instituto MDA, 38,7% veem o governo como regular, ante 35,6% no mês passado. Já a avaliação negativa mais do que triplicou, passando a 29,5%, ante 9%. A margem de erro da pesquisa é de 2,2%.

O desempenho pessoal da presidenta foi avaliado como positivo por 49,3% dos entrevistados. O dado mostra queda, em comparação a última pesquisa quando o percentual foi de 73,7%. No total, 47,3% desaprovam a gestão de Dilma. Em junho, os que desaprovavam

16 de julho de 2013
por esmael
87 Comentários

Médicos cubanos apresentam vacina contra câncer de pulmão; é essa turma que Dilma quer importar…

do Opera Mundi

Sucessivas vitórias de Cuba na área da medicina coloca por terra questionamento da qualidade de seus médicos; apresentação de vacina contra câncer de pulmão reforça intenção de Dilma importar profissionais da saúde da ilha caribenha.

Sucessivas vitórias de Cuba na área da medicina coloca por terra questionamento da qualidade de seus médicos; apresentação de vacina contra câncer de pulmão reforça intenção de Dilma importar profissionais da saúde da ilha caribenha.

O lançamento oficial da segunda vacina contra o câncer de pulmão, desenvolvida e registrada por autoridades sanitárias de Cuba, foi realizada na última sexta-feira (14/07) em Buenos Aires e terá continuação na próxima sexta-feira (28) em Córdoba, também na Argentina Leia mais

16 de julho de 2013
por admin
14 Comentários

Em Ponta Grossa, junto com Gleisi, Dilma entrega hoje moradias do Minha Casa, Minha Vida e equipamentos do PAC 2

A presidenta Dilma Rousseff estará em Ponta Grossa amanhã (16), a partir das 11 horas, para a entrega de 1.438 unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida. Acompanhada da ministra Gleisi Hoffmann, da Casa Civil, Dilma também vai entregar máquinas do PAC 2 para 42 municípios do estado.

Com o objetivo de investir na parceria com os municípios para a execução de obras estruturantes, o Ministério do Desenvolvimento Agrário dá sequência à s entregas de máquinas no Paraná. 42 municípios com menos de 50 mil habitantes serão contemplados com retroescavadeiras (veja lista abaixo). Recentemente, 102 municípios das regiões Norte e Noroeste do estado receberam 154 equipamentos.

As 1,4 mil unidades habitacionais são situadas no Jardim Califórnia 1 e 2, em Ponta Grossa. No total, o governo federal investiu R$ 80 milhões na construção das moradias por meio do Minha Casa Minha Vida, um dos maiores empreendimentos do programa no interior do Paraná.

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores no Paraná, deputado Enio Verri, comemorou a melhora na qualidade de vida da população paranaense com a implementação de programas desenvolvidos pelo governo federal. à‰ uma importante conquista aos paranaenses. Com o apoio da ministra Gleisi e do governo federal, são oferecidas oportunidades que, efetivamente, irão mudar as condições sociais das famílias.!

Relação de Mu

16 de julho de 2013
por esmael
30 Comentários

Jaime Lerner pode ser o primeiro a ser convocado pela CPI do Pedágio

O deputado estadual Tercilio Turini (PPS) quer a participação de representantes da sociedade organizada na CPI do Pedágio e defende a convocação do ex-governador Jaime Lerner (1995!“1999 e 1999!“2003) como primeira pessoa a prestar esclarecimentos na comissão de inquérito que iniciou hoje os trabalhos na Assembleia Legislativa do Paraná.

Lerner é considerado pai do pedágio no estado e pai político do atual governador Beto Richa (PSDB), defensor intransigente das privatizações ocorridas naquela época e da inquebrantabilidade dos contratados com as concessionárias.

Ao saber da possibilidade de Lerner ser convocado pela CPI, o senador Roberto Requião (PMDB) fez chegar à  Assembleia Legislativa que também gostaria de ser ouvido pela CPI sobre os pedágios. A questão é: será que a maioria governista, na comissão de investigação, terá peito para convidar o ex-governador peemedebista que cunhou a célebre frase “abaixa ou acaba”?

Turini também solicitou aos membros da CPI que tornem públicas informações sobre os contratos com as concessionárias, aditivos assinados pelo governo do Estado, forma de gerenciamento, obras previstas e realizadas e outros dados relacionados ao pedágio nas estradas paranaenses.

Para Turini, a CPI do Pedágio deve ser encarada como uma conquista e por isso precisa garantir toda transparência em seus atos e investigações, na análise de dados e documentos, na propositura de soluções, na reparação de erros e na punição de responsáveis, se assim se fizer necessário.

Representantes da classe produtiva, do Ministério Público, de entidades de classe e dos usuários de rodovias certamente têm muito a colaborar. Com a participação e o acompanhamento desses segmentos, a CPI ganha força e amplia o debate, estabelece canal direto com a população e resguarda a tão desejada publicização das informações!, afirma.

No documento protocolado na CPI, o deputado solicita à  Assembleia Legislativa que convide formalmente as seguintes entidades: Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil, Associação Comercial do Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Organização das Cooperativas (Ocepar), Federação da Agricultura (Faep), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetaep), Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens !“ Londrina e Região e Federação das Empresas de Transporte de Cargas.

Sobre a solicitação para a CPI convocar Jaime Lerner, o deputado Tercilio Turini argumenta que foi o ex-governador quem decidiu pela implantação do pedágio nas rodovias do Paraná, celebrou os contratos de concessão com as empresas concessionárias, autorizou termos aditivos e também a quebra unilateral dos contratos.

Abaixo, a relação de dados e informações requisitadas pelo deputado Tercilio Turini à  CPI do Pedágio:

– quais as obrigações das concessionárias nos contratos iniciais firmados com o Governo do Estado do Paraná;

– quais alterações contratuais foram feitas com os termos aditivos assinados posteriormente;

– quem elaborou, quem assinou os aditivos contratuais e quais as datas de assinaturas;

– os cronogramas de obras e demais obrigações das concessionárias constam dos contratos de concessão;

– apresentar cronogramas de obras previstas na ocasião da assinatura dos contratos de concessão;

– quais obras previstas nos contratos iniciais foram retiradas nas assinaturas dos termos aditivos;

– quanto era a frota de veículos no Paraná na época da assinatura dos contratos e quanto é hoje;

– quantos veículos passam diariamente e mensalmente em cada praça de pedágio instalada no Paraná, inclusive nas cancelas do serviço Via Fácil;

– quais os critérios que nortearam a definição dos preços das tarifas de pedágio em cada praça de arrecadação;

– qual a atual situação de cada uma das ações judiciais impetradas contra o pedágio nas rodovias;

– quem autorizou as concessionárias a utilizar o serviço Via Fácil nas praças de arrecadação de pedágio;

– qual o percentual de usuários que utiliza o serviço Via Fácil;

– qual a participação do serviço Via Fácil no total arrecadado com pedágio pelas c

16 de julho de 2013
por esmael
9 Comentários

FHC abraça de vez a liberação da maconha

do Brasil 247 Em artigo publicado nesta terça-feira, no Globo, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defende de forma enfática a descriminalização da maconha, nos moldes propostos pelo Uruguai. Leia abaixo:

Apoiando o Uruguai na regulação da maconha – FERNANDO HENRIQUE CARDOSO

A proposta de regulação que se discute no país não parece centrar esforços na geração de lucros, mas na promoção da saúde e segurança públicas

Há dois anos, em minha qualidade de presidente da Comissão Global de Política sobre Drogas, realizei um chamado público pela descriminalização do consumo de drogas e pela experimentação com modelos de regulação legal. Eu e meus colegas fizemos este chamado a partir do reconhecimento de que o proibicionismo fracassou em muitos níveis. Por tempo demais, o modelo repressivo implicou o desperdício de recursos públicos inestimáveis, que pouco resultado proporcionou para a segurança e a saúde públicas.

Assim, apoiamos a busca de modelos de regulação legal porque acreditamos que reduzirão o poder do crime organizado e ajudarão a proteger a saúde e a segurança das pessoas. Por este motivo, acho que a proposta do Uruguai de regular a maconha é digna de consideração.

Uma série de fatores leva a concluir sobre a necessidade de um controle regulatório no Uruguai e em muitas outras localidades do mundo. Um fato relevante é que, no modelo repressivo, os usuários estão vinculados ao mercado criminoso. Essas pessoas são efetivamente conduzidas a um mercado ilícito que não impede a venda de drogas a menores de idade, não se preocupa com indivíduos que desenvolvem o uso problemático ou certifica a qualidade sanitária da substância, envolvendo a cadeia de uso em um contexto de violência e delinquência.

Estes são apenas alguns dos riscos para as pessoas que fazem uso de maconha. Porém, o próprio mercado gera preocupações adicionais.

O lucro deste mercado susten

16 de julho de 2013
por esmael
28 Comentários

Derrota da RPC/Globo revela poder de Alexandre Curi nos bastidores da Assembleia

Requião e Alexandre Curi se uniram semana passada em chapa única na convenção municipal do PMDB de Curitiba; senador coloca-se como candidato ao governo do Paraná em 2014; entretanto, o deputado também defende apoio do partido à  reeleição do tucano Beto Richa; Curi explica esse malabarismo político: à‰ a unidade dos contrários!; vitória na eleição do TC, que terá Fábio Camargo como novo conselheiro, significa o relançamento do neto de Aníbal Curi no grande jogo político do estado. (Foto: Jader Rocha).

Requião e Alexandre Curi se uniram semana passada em chapa única na convenção municipal do PMDB de Curitiba; senador coloca-se como candidato ao governo do Paraná em 2014; entretanto, o deputado também defende apoio do partido à  reeleição do tucano Beto Richa; Curi explica esse malabarismo político: à‰ a unidade dos contrários!; vitória na eleição do TC, que terá Fábio Camargo como novo conselheiro, significa o relançamento do neto de Aníbal Curi no grande jogo político do estado. (Foto: Jader Rocha).

Eu sempre defendi a extinção desses tribunais intermediários — como o de Contas e Eleitoral — que custam os tubos e apresentam pouca lisura e resultado duvidoso. Também sou contra a campanha que a Gazeta do Povo faz contra políticos. A última foi mais um ato de despolitização para resolver seu problema umbilical, de interesse familiar e econômico. Leia mais