4 de julho de 2013
por Esmael Morais
32 Comentários

Pelamordedeus: Herói incensado por Veja é de extrema direita

do Brasil 247 Veja já teve mais critério ao selecionar entrevistados para suas “páginas amarelas”, ou, na verdade, é o contrário: agora sim é que Veja tem nitidamente um critério ideológico para eleger seus entrevistados. No caso, o “jovem” e “técnico de segurança do trabalho que vive de bicos e já trabalhou como camelô e dublê” Maycon Freitas, de 31 anos. Uma pesquisa básica no Facebook e nas mensagens de Twitter postadas pelo mesmo Maycon Freitas mostra que ele simpatiza com ideias típicas do nazifacismo, dissemina a homofobia e cultua a violência. Um perfil real que não aparece em uma linha sequer da entrevista publicada pela principal revista do Grupo Abril, feita por àlvaro Vale. Ali, Maycon surge como um líder forte e renovador, que detesta os partidos e os políticos, mas que renega a violência. Bem diferente do que ele realmente é, dito por si mesmo:

“Marcelo Freixo, vai dar meia hora de c… com o relógio parado e chupar um canavial de rola, seu filho da puta. Direitos humanos é o caralho, seu FROUXOOOOO!!!!!!”, postou ele, por exemplo, em sua página, a respeito do deputado estadual do Rio de Janeiro (abaixo).

Entre fotografias em que aparece ao lado da estrela Xuxa, da Rede Globo, Maycon postou a si próprio vestido como policial militar, de AR-15 na mão. Exolica-se: Maycon trabalhou sim como dublê, e isso foi para a Rede Globo, no programa Linha Direta, que explorava casos policiais de maneira romanceada..

Em poucas palavras, numa postagem anterior, ele definiu sua posição sobre direitos humanos, garantidos à  humanidade desde a Declaração Universal, de 1948:

“E vai tomar no c… quem é a favor de direitos humanos”, cravou Maycon, como se estivesse espetando uma baioneta no coração da democracia.

Foi esse “jovem” para o qual Veja desta semana, nas bancas, abriu sua seção considerada mais nobre, de três páginas.

Além de ser um rematado reacionário, que nitidamente não tem sintonia ideológica nenhuma com a grande maioria dos jovens, esses sim, universitários que saíram à s ruas de todo o País, Maycon é um louco incendiário. Exagero? Abaixo,uma de suas últimas postagens em sua página no facebook:

“Galera, tive uma ideia.
Que acham de eu chegar la no congresso em Brasilia, me acender e tacar fogo em geral?”, perguntou o entevistado de Veja. Não nas paginas amarelas, mas depois, em sua página no Face, depois que a entrevista o tornou famoso.

Ao abrir a revista para um personagem desse calibre, mesmo em nome da ideologia que defende, a revista Veja cometeu uma grande falha de apuração, tendo apresentado a seus leitores apenas uma parte !“ e a mais rósea delas !“ de um cidadão cuj Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
39 Comentários

“PT é um partido marxista na inspiração e cleptomaníaco na ação”, acusa líder de Richa

O país parou esta semana clamando pela redução do pedágio nas rodovias privatizadas. No Paraná, a tarifa é uma das mais caras do mundo e o serviço meia boca. Até o Tribunal Faz de Contas (TC) opinou pela redução no preço das tarifas. O Crea também fez relatório técnico e a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) pediu auditoria, pois acredita que se cobra muito mais do que vale. Há quem ache que R$ 1 estaria bem pago. Eu sou um deles. Nas redes sociais já corre uma campanha nesse sentindo. Hoje foram os caminhoneiros que pararam. Em agosto próximo, na Assembleia Legislativa, deverá ocorrer protesto muito mais amplo.

Nesta semana, o líder do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), no afã de atacar o PT e a presidenta Dilma Rousseff, até citou o nome do velho Karl Marx em vão. Segundo Chik Jeitoso, o bruxo que tem a capacidade de falar com aqueles que já se foram para o Além, o comunista vai aparecer todas as noites para puxar o tucano pelos pés. Olha que a macumba pega.

Em artigo de opinião, ao atacar o governo federal e o projeto de Plebiscito para a reforma política, Traiano acusou o PT de ser um partido marxista na inspiração e cleptomaníaco na ação.

“‘Tudo que é sólido se desmancha no ar’, frase de Marx, no Manifesto Comunista, é apropriada para definir a situação do governo do PT. Um partido marxista na inspiração e cleptomaníaco na ação”, diz um trecho do artigo, que publico a íntegra em seguida:

Espertezas a beira do abismo

por Ademar Traiano*

Alguém ouviu, nos protestos nas ruas de junho, multidões gritando: “Queremos voto em lista fechada para não saber quem vamos eleger!”, ou “queremos pagar do nosso bolso as campanhas dos políticos para dar mais dinheiro ao PT!”? Com certeza ninguém ouviu gritos ou viu cartazes com essas insanidades. Mas são esses brados imaginários que Dilma Rousseff e o PT fingiram escutar e pretendem atender com sua proposta de reforma política.

Só uma tentativa descarada de lograr o eleitor pode explicar a insistência em apresentar, como resposta eficaz aos protestos que abalaram o país, uma reforma política que o PT vem tentando emplacar faz muito tempo. E não emplaca pelo fato que o projeto está na contramão daquilo que o brasileiro quer e é uma afronta à queles que foram as ruas bradar contra Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

O PT que diz “sim” e “não” na reforma do secretariado de Fruet

Na reforma do secretariado, o Partido dos Trabalhadores deverá aumentar sua participação no governo Fruet, que pensa o futuro apoiado no aliado; partido tem dois nomes de peso para a Comunicação, os jornalistas Mário Milani e Gilmar Piolla, da Itaipu; ambos fazem doce!, mas não resistiriam a uma bela cantada do prefeito de Curitiba.

Na reforma do secretariado, o Partido dos Trabalhadores deverá aumentar sua participação no governo Fruet, que pensa o futuro apoiado no aliado; partido tem dois nomes de peso para a Comunicação, os jornalistas Mário Milani e Gilmar Piolla, da Itaipu; ambos fazem doce!, mas não resistiriam a uma bela cantada do prefeito de Curitiba.

Até as simpáticas capivaras do Parque Barigui sabem que com esse secretariado o prefeito Gustavo Fruet (PDT) não vai muito longe. Mas pela quantidade de pesquisas que o moço consumiu nos seis primeiros meses de gestão é de supor que pretende alçar os céus, que é o limite na política. ... 

Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
13 Comentários

Que tal um plebiscito para recriar a frota pública de ônibus em Curitiba?

Na década de 80, na prefeitura de Curitiba, Requião criou a frota pública que competia com as empresas privadas; na época, também se estipulou remuneração por quilômetro rodado, além de definir rotas e horários dos ônibus; plebiscito entre curitibanos pode dar força à  recriação do modelo e pôr fim ao monopólio familiar no setor; em tempos de CPI da Urbs, momento é propício para consultar população sobre a implantação do passe livre aos estudantes, sem restrições.

Na década de 80, na prefeitura de Curitiba, Requião criou a frota pública que competia com as empresas privadas; na época, também se estipulou remuneração por quilômetro rodado, além de definir rotas e horários dos ônibus; plebiscito entre curitibanos pode dar força à  recriação do modelo e pôr fim ao monopólio familiar no setor; em tempos de CPI da Urbs, momento é propício para consultar população sobre a implantação do passe livre aos estudantes, sem restrições.

O tema transporte público! veio para ficar em Curitiba, depois dessas manifestações de rua que sacudiram o país. Houve medidas paliativas da prefeitura, do governo federal e do estadual, que redundaram na redução do aumento da tarifa para R$ 2,70 (tinha subido em março de R$ R$ 2,60 para R$ 2,85), mas isso está longe de resolver o problema estrutural que o sistema apresenta. Uma das medidas para reduzir ainda mais o preço da passagem, implantar a tarifa zero a todos os estudantes (sem restrição de renda), e melhorar a qualidade do serviço, a meu ver, só seria possível com a recriação da frota pública de ônibus. ... 

Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Com apoio da RPC, 2 mil dizem que marcharão contra político no TC

Grupo RPC, cuja emissora de TV é afiliada à  Globo, estimula protesto contra políticos no Paraná; empresa familiar se posiciona contra deputados na disputa pelo Tribunal de Contas; pelas redes sociais, duas mil pessoas confirmaram presença, nesta quinta, em marcha nas ruas centrais da capital paranaense.

Grupo RPC, cuja emissora de TV é afiliada à  Globo, estimula protesto contra políticos no Paraná; empresa familiar se posiciona contra deputados na disputa pelo Tribunal de Contas; pelas redes sociais, duas mil pessoas confirmaram presença, nesta quinta, em marcha nas ruas centrais da capital paranaense.

O grupo de comunicação RPC, que reúne jornais e emissoras de rádio e tevê em todo o Paraná, deverá colocar força total em campo, nesta quinta-feira (4), a partir das 18 horas, quando uma marcha sairá da Praça Santos Andrade (UFPR), centro, rumo ao Centro Cívico, sede dos três poderes na capital paranaense. ... 

Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

Dilma sobre protestos: “Essas vozes devem nos orgulhar”

do Brasil 247 A presidente Dilma Rousseff foi recebida aos gritos de apoio e aplausos nesta quinta-feira 4, durante evento em Salvador. “Olê olê olé olá Dil-ma Dil-ma”, gritou o povo por cerca de um minuto, antes do discurso da presidente. Dilma participa, na capital da Bahia, da cerimônia de lançamento do Plano Safra Semiárido, que terá uma série de medidas para o fortalecimento da produção agrícola e pecuária na região.

Este é o primeiro evento público da presidente depois do início das manifestações populares no País. A presença da presidente diante do povo é uma tentativa de retomada da agenda positiva do governo federal diante das manifestações populares. Desde a última vez em que se expôs, na abertura da Copa das Confederações, em Brasília, a presidente realizou encontros com integrantes da sociedade civil e propôs um plebiscito para a reforma política.

Para quem apostou que a presidente se esconderia após os atos públicos que varreram ruas de centenas de cidades brasileiras, o movimento foi justamente o contrário: em seus discursos, Dilma sempre defendeu as manifestações pacíficas e garantiu estar ouvindo as “vozes das ruas”, sem “transigir com violência”, em referência aos diversos atos de vandalismo registrados.

Propostas e encontros com a sociedade

A fim de atender as principais reivindicações das ruas, como investimentos em saúde, educação, transporte e menos corrupção, Dilma Rousseff se encontrou com representantes do Movimento Passe Livre (MPL), que deu início aos protestos, de movimentos urbanos, do Movimento LGBT e estudantes, além de centrais sindicais. O próximo encontro será na sexta-feira 5, com movimentos sociais do campo.

O ministro-chefe da Secretaria-Geral, Gilberto Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
16 Comentários

Líderes da base apontam que Plebiscito não terá validade em 2014, diz Temer, que age como coveiro da proposta

da Agência Câmara

O vice-presidente da República, Michel Temer, acuado pelos caciques do PMDB, age agora como coveiro da proposta de Plebiscito para reforma política; ele diz, em nome dos líderes partidários, que consulta não teria efeito em 2014.

O vice-presidente da República, Michel Temer, acuado pelos caciques do PMDB, age agora como coveiro da proposta de Plebiscito para reforma política; ele diz, em nome dos líderes partidários, que consulta não teria efeito em 2014.

O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou que é um consenso entre os líderes da base aliada do governo na Câmara o fato de que o Plebiscito da reforma política não terá efeitos nas eleições de 2014. ... 

Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
115 Comentários

Contra Richa, você votaria em Gustavo Fruet para governador em 2014? Sim ou não?

Gustavo Fruet tem feito várias pesquisas e estuda cenário no Paraná; se a ministra Gleisi Hoffmann faltar na disputa pelo governo do estado, em 2014, o prefeito de Curitiba pode se apresentar contra o governador Beto Richa; se derrotar o tucano, a vice-prefeita petista Mirian Gonçalves assumiria a prefeitura.

Gustavo Fruet tem feito várias pesquisas e estuda cenário no Paraná; se a ministra Gleisi Hoffmann faltar na disputa pelo governo do estado, em 2014, o prefeito de Curitiba pode se apresentar contra o governador Beto Richa; se derrotar o tucano, a vice-prefeita petista Mirian Gonçalves assumiria a prefeitura.

O PT procura um plano B! caso naufrague o projeto de eleger a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, ao governo do Paraná em 2014. ... 

Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
29 Comentários

Richa fatura politicamente em cima de Dilma até na desgraça alheia

Os petistas estão desgostosos com o tucano Beto Richa, que no Paraná fatura politicamente em cima das ações do governo federal que enviou kits para minimizar sofrimento dos paranaenses atingidos pelas intensas chuvas dos últimos dias.

O governo Dilma mandou ao estado 2,5 mil cestas básicas, cobertores, kits de cozinha, cama, mesa e banho, e colchões! para os municípios mais castigados pelas enchentes. Entretanto, o tucano não faz questão de mencionar que a ajuda veio de Brasília.

Enquanto Richa se preocupa em faturar com a desgraça alheia, a Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional reconheceu situação de emergência em 21 municípios do Estado do Paraná. O decreto publicado hoje no Diário Oficial da União contempla as seguintes cidades:

1 Ampére
2 Boa Esperança do Iguaçu
3 Bom Jesus do Sul
4 Cafezal do Sul
5 Campina da Lagoa
6 Cantagalo
7 Chopinzinho
8 Colorado
9 Douradina
10 Engenheiro Beltrão
11 Guaporema
12 Ivaté
13 Maria Helena
14 Marquinho
15 Planaltina do Paraná
16 Santa Cruz de Monte Castelo
17 Santa Isabel do Ivaí
18 Santa Mônica
19 Santo Antônio do Sudoeste
20 União da Vitória
21 Vera Cruz do Oeste

Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
9 Comentários

Estudo propõe redução na tarifa de ônibus em Curitiba de R$ 2,70 para R$ 2,30

O professor Lafaiete Neves, da Universidade Federal e da FAE, autor do livro Movimento popular e Transporte Coletivo em Curitiba, em novo estudo divulgado nesta quinta-feira (4), afirma que a tarifa de ônibus na capital pode ser reduzida dos atuais R$ 2,70 para a casa de R$ 2,30 — se distorções na planilha de custos forem corrigidas.

“Defendemos que as isenções e gratuidades são um direito estabelecido em lei, porém, não concordamos que o usuário pagante seja onerado por estas concessões. Quem concede as isenções e gratuidades deve custear as mesmas”, ressalta.

Segundo Lafaiete, que realizou as análise em conjunto dom o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), SindiUrbano (Sindicato dos Trabalhadores na Urbs) e Sindicato dos Engenheiros (Senge), “são distorções históricas porque o sistema de cálculo não é atualizado desde a década de 1980”.

O professor apresentou esse relatório, fruto de quatro meses de estudo, na Plenária Popular de Transportes. Leia a íntegra do documento:

MOBILIZAà‡à•ES POPULARES EXIGEM MUDANà‡AS URGENTES!

Os representantes do DIEESE e da Plenária Popular de Transportes (SINDIURBANO-PR, SENGE-PR e demais entidades sindicais, populares e estudantis) participantes da Comissão de Análise da Tarifa do Sistema de Transporte Coletivo de Passageiros do Município de Curitiba, que trabalharam durante quatro meses, analisando a metodologia e os parâmetros para o Cálculo Tarifário, destacam:

Entendemos que a metodologia e os parâmetros do cálculo tarifário apresentam distorções históricas, que oneram muito a tarifa do transporte coletivo da Rede Integrada de Transporte de Curitiba e Região Metropolitana, que não foram atualizados desde a década de 1980 e não foram corrigidos para realização do processo licitatório. Por isso, a nece Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
3 Comentários

Brasil considera que houve ruptura da ordem democrática no Egito, que já tem presidente interino

da Agência BrasilA deposição do presidente do Egito, Mouhamed Mursi, é tratada pelo Brasil como ruptura da ordem democrática!. Mursi foi destituído do poder ontem (3) pelas Forças Armadas e no lugar dele foi nomeado o presidente da Suprema Corte, Adly Mansour. O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Tovar da Silva Nunes, reiterou à  Agência Brasil que houve ruptura! e negou a possibilidade de fechar a embaixada brasileira no país.

Trata se de uma clara ruptura da ordem democrática devido à  destituição de um presidente democraticamente eleito [Mursi] e à  suspensão da Constituição!, disse o porta-voz. Segundo ele, o chanceler Antonio Patriota acompanha os acontecimentos no Egito por intermédio da embaixada brasileira, do Ministério das Relações Exteriores e da Secretaria de Estado do país.

Tovar rebateu a possibilidade, no momento, de fechar a Embaixada do Brasil no Egito, diferentemente do que determinaram os governos dos Estados Unidos e de Israel. No momento, não se considera necessário!, ressaltou.

Ao ser perguntado se há mudanças no futuro das relações do Brasil com o Egito, o porta-voz disse que ainda é cedo para fazer a avaliação sobre mudanças. Ainda não se pode falar em mudança das relaçõ Leia mais

4 de julho de 2013
por Esmael Morais
17 Comentários

Governador Beto Richa temia prisão do Homem da Sogra Fantasma!

Beto Richa fez ouvidos moucos à s vozes nas ruas, que pediram o fim da corrupção e mais transparência na coisa pública; nomeação de Ezequias Moreira, o Homem da Sogra, é uma afronta ao desejo de milhares cidadãos que protestaram não só pela redução de 20 centavos! na tarifa de ônibus; nesta sexta, no luxuoso bairro Ecoville, em Curitiba, haverá protesto contra a controversa nomeação feita pelo governador tucano.

Beto Richa fez ouvidos moucos à s vozes nas ruas, que pediram o fim da corrupção e mais transparência na coisa pública; nomeação de Ezequias Moreira, o Homem da Sogra, é uma afronta ao desejo de milhares cidadãos que protestaram não só pela redução de 20 centavos! na tarifa de ônibus; nesta sexta, no luxuoso bairro Ecoville, em Curitiba, haverá protesto contra a controversa nomeação feita pelo governador tucano.

Fontes do Palácio Iguaçu, sede do executivo estadual, dizem que o governador Beto Richa (PSDB) nomeou o ex-diretor da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná), Ezequias Moreira, como secretário Especial do Cerimonial, no último dia 19, porque temia sentença final que o mandasse para a prisão. ... 

Leia mais